Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

quinta-feira, 28 de maio de 2015

OFICINA TECNICAS DO TEATRO DO OPRIMIDO neste final de semana em Vitória - Com Tereza Briggs - Curso gratuito

Nesta Sexta, sábado e Domingo: OFICINA TEATRO DO OPRIMIDO
em Vitória

Foto de Licia Marcelino.

Informações sobre local :

29/05 18h às 21h - LOCAL MUSEU DO NEGRO - MUCANE
30/05 09 às 17h - a definir ( Provável na UFES)
31/05 9 as 13h Local MUSEU DO NEGRO MUCANE

No Domingo, a partir das 11 h será encenada a peça produzida na Oficina.
 Será aberto ao público em geral e convidados dos participantes da Oficina.


Tereza Briggs, A teatróloga brasileira, radicada em Londres, tida como a 
discípula de Boal estará em Vitória dias 29, 30 e 31 de maio para uma
 oficina de Técnicas do Teatro do Oprimido

Oficina gratuita, com certificado. 
Vagas limitadas
Data, Local e Hora
29/05 - 18 às 21h - Museu do Negro
30/05 - 09 às 17h - UFES Goiabeiras
31/05 - 09 às 13h - museu do Negro

Tel para contato: (27) 999339196 / 997451268

saiba mais: https://www.facebook.com/events/437782276400038/

Para participar desta oficina basta enviar um e-mail para 
 profissão, contato e bairro onde mora.
Lembrando que não há taxa alguma pra se inscrever!
Bora lá... Chamas os amigos!

Dirigente sindical é desfiliada no meio a uma greve de 95% de adesão.

Em meio a uma greve de 95% de adesão - coisa que tem d´cadas não acontecia no Brasil - a Dirigente sindical do SEPE é desfiliada arbitrariamente.

VAMOS NADAR DE BRAÇADA? Sim, juntos somos trabalhadores
Norma Dias, estamos com vc. REPRESENTA pois você nos representa



Bomba!!!
Fui desfiliada do SEPE/Campos... No contracheque de abril, aparece o desconto em nome do SEPE, em maio não!!! Verifique seus contracheques! Filiação ao SEPE é um processo democrático! Filia-se e desfilia-se quando for de nossa vontade. E NÃO FOI DE MINHA VONTADE ME DESFILIAR DO MEU SINDICATO!!! , Frederico Rangel, Fabio Ribeiro, é com vocês. Respondam ai!!!

Bjs

Carta da Associação capixaba de Solidariedade a Cuba - Com Videos e Fotos

Associação Capixaba de solidariedade a Cuba pronta para Recife.
São Paulo, 26 de maio-
Membros Associação Cultural José Martí (ACJM) no Espírito Santos, com o apoio da Casa da América Latina “Liberdade e Solidariedade” – (CALLES), Cebrapaz/ES e Namy Chequer, vereador pelo PCdoB e presidente da Câmara Municipal de Vitória; foi realizado no auditório do Sindicato dos Estivadores, em Vitória, Espírito Santo, o capítulo capixaba da XXII Convenção Nacional de Solidariedade a Cuba, que será realizada entre 4 e 6 de Junho, em Recife,  PE.
Com a presença de políticos, intelectuais, jornalistas, blogueiros, artistas, professores universitários, portuários e petroleiros, todos membros da ACJM,  foi realizado o debate sobre Cuba e as questões que serão apresentadas em Recife.
A apresentação do evento foi feita por Claudio Machado, vice presidente da CALLES , coordenador do Núcleo Barão de Itararé ES e membro da direção estadual do Partido Comunista do Brasil (PCdoB). Claudio destacou que “ao mesmo tempo em que reafirmamos nossa solidariedade a Cuba contra o ataque imperialista, devemos também agradecer ao povo cubano por ter sido capaz de resistir por tantas décadas a este ataque, jamais retrocedendo do caminho do socialismo”.
O presidente estadual do PCdoB, Ronaldo Barboza e o Secretário estadual de Organização, Anderson Falcão fizeram uma saudação à Cuba e ao povo cubano, reafirmando a solidariedade do Partido Comunista do Brasil à causa cubana e sua luta pelo fim do bloqueio e contra as investidas imperialistas.
Na sua intervenção, o vereador Namy Chequer enfatizou a importância da solidariedade internacional a Cuba, mas frisou que a luta do povo cubano serve de exemplo para todos os povos que lutam pela sua emancipação.
Perly Cipriano militante histórico e membro da direção estadual do Partido dos Trabalhadores, falou sobre a vitoriosa revolução cubana, e destacou que a ilha é um exemplo humanitário para os povos latino-americanos e para o mundo.
Fernanda Tardim, presidenta da CALLES, salientou a importância de lutar contra os ataques da mídia conservadora, que atinge Cuba sistematicamente. Citou como exemplo o ataque desferido por um dos jornais do Espírito Santo, que dois dias antes do evento fez mentirosas acusações contra cuba e seu governo, com o claro objetivo de prejudicar a realização do capítulo capixaba da XXII Convenção de Solidariedade a Cuba.
Em resposta a essa manobra, a Coordenadora do CEBRAPAZ no Espírito Santo, Mônica Simões, preparou e apresentou um painel mostrando que o único lugar onde se violam os direitos humanos em Cuba, é na Base Naval Norte Americana de Guantânamo.
Na seqüência, Marluzio Dantas, diretor do ACJM/ES, apresentou o relatório sobre a libertação dos Cinco e a importância do apoio do movimento de solidariedade internacional nesta batalha. Ele enfatizou os novos desafios do movimento e destacou a importância de se desenvolver ações em apoio ao fim do bloqueio.
Destacando outras questões, Lucilia Soares, membro da CALLES e diretora da Clipper Turismo, fez uma exposição sobre a vocação turística de Cuba. Com o convite "viva la história desde el presente”, falou sobre rica história da ilha, suas tradições e cultura, mostrando como é possível combinar o turismo de sol e praia com turismo e eventos.(Clique aqui e assista)
Wilson Coelho, historiador e teatrólogo, falou sobre a cultura em Cuba e a influencia revolucionária desta na América Latina enquanto o Dr. Fiorot, Medico, dirigente municipal do PCdoB  falou sobre previsto no artigo 282 do Código Penal, sobre exercicio das profissões de médico, dentista e farmaceuticos
Um momento especial foi a intervenção do médico cubano Raydel Rojas Pedroso, que relatou algumas das experiências de médicos cubanos ligados ao Programa Mais Médicos no estado do Espirito Santos. Falando Raydel destacou os princípios que regem a formação de um médico cubano, sublinhando o papel humanitário desse serviço e a dedicação desses profissionais. Ele acrescentou que "Cuba tem uma longa e reconhecida tradição na cooperação internacional e foi essa tradição que motivou os médicos cubanos a virem ao Brasil para oferecerem o melhor deles ao povo brasileiro”. ( clique aqui e assista a integra)https://lh4.googleusercontent.com/8dsr3VSgLeXanduqwJrrZxHY3SKGHxWd4Q37J08XbZgRp5Rp2xh25YXfrvJeDpGyCUxWLoChUp1X4eWA4yr82db9GmHbM6DJohOhLeUeg4IVdxPxRC7zqAMT5Wfzo18Hg9NBxXo4erDlSZ8
O evento concluiu com a Carta Capixaba de Solidariedade a Cuba, que reafirma o compromisso de continuar a defender a ilha socialista contra as manobras de seus inimigos.

(ConsulCuba São Paulo)

Asociación Capixaba de solidaridad a Cuba lista para Recife.
Sao Paulo, 26 de mayo- Miembros de la Asociación Cultural José Martí en Espíritu Santo, con apoyo de la Casa América Latina, “Libertad y Solidaridad” -  (CALLES), Cebrapaz ES y el gabinete del  Namy Checquer, vereador por el PcdoB y presidente de la Camara Municipal de Vitoria ,   celebraron en el auditorio del Sindicato de los Estibadores de Vitoria, el capítulo capixaba de la XX Convención Nacional de Solidaridad a Cuba, que tendrá lugar entre el 4 y el 6 de junio próximo.
Con presencia de políticos, intelectuales, periodistas, blogueros, artistas, profesores, universitarios, portuarios y petroleros, todos miembros de la ACJM, se condujo el debate sobre Cuba y los temas que serán presentados en Recife.  
La presentación del evento fué conducida por Claudio Machado, vice presidente de la CALLES, coordinador del Nucleo Barão de Itararé ES y miembro de la dirección estadual del Partido Comunista del Brasil ) PcdoB.  Destacó que “al mismo tiempo en que reafirmamos nuestra solidariedad a Cuba contra el ataque imperialista, debemos agradecer al pueblo cubano  por haber sido capaz de resistir por décadas a esto ataque, jamás retrocedendo del camiño del socialismo”.
El presidente estadual del PcdoB, Ronaldo Barboza y el secretário estadual de la Organización, Anderson Falcão  saludaran a Cuba y al pueblo cubano, reafirmando la solidariedad del Partido Comunista del Brasil a la causa cubana y la luta por el fin del bloqueo  y contra las investidas imperialistas.
En su intervención , el vereador Namy Chequer enfatizó la importancia de la solidariedad internacional a Cuba, destacando   que la luta del pueblo cubano sirve de ejemplo para todos los pueblos que luchan por su emancipación.
Perly Cipriano histórico militante y miembro del Partido de los Trabajadores, disertó sobre la vitoriosa revolução cubana  destacando el ejemplo humanitario para los pueblos latino-americanos y para el mundo.
Fernanda Tardim, presidenta da CALLES, destacó  la importancia del enfrentamiento al ataque mediático, al que Cuba se enfrenta sistemáticamente. Citando el ejemplo tácito que lo tuvieron en el marco preparatorio a la Convención de Solidariedad  con un medio local de derecha.
En  respuesta a esta maniobra de descrédito al gobierno cubano, la coordinadora del CEBRAPAZ en el Espiritu Santo , Monica Simões, presentó el panel sobre la Basa Naval de EE.UU en Guantánamo, único lugar de Cuba donde se violan los derechos humanos.
En secuencia, Marluzio Dantas, directivo de la ACJM ES, presentó el informe sobre la liberación de los Cinco y lo que representó el apoyo del movimiento de solidaridad internacional en esta batalla. Enfatizó en los nuevos desafíos del movimiento e hizo un llamado a coordinar acciones a favor al levantamiento del bloqueo.
Resaltando otros temas de Cuba, Lucilia Soares, miembro de la directiva, presentó el producto turístico cubano. Con la invitación “viva la historia desde el presente” la directora de Clipper Turismo,  destacó la rica historia de la Isla y como pude combinarse el turismo de sol y playa al turismo de ciudad y eventos, reportando el conocimiento de las tradiciones y cultura cubana. (Haga clic y asista)
Wilson Coelho, historiador y teatrologo ,  disertó sobre la cultura en Cuba y la influencia revolucionária de esta en la America Latina. Por su vez el Dr Fiorot, médico, dirigente provincial del PcdoB explanó el previsto en en artigo 282 del Código Penal, sobre el ejercicio de la profesion de los medicos, dentistas y farmaceuticos.
Momento especial fue la intervención del médico cubano Raydel Rojas Pedroso, que relató algunas de las experiencias de los galenos cubanos vinculados al Programa Mais Médicos en el estado de Espíritu Santos.  En su intervención Raydel destacó los principios que rigen la formación de un médico cubano, destacando el sentido humanitario, de servicio y de consagración de estos profesionales.  Agregó que “Cuba tiene una larga y reconocida carrera en la cooperación internacional y fue esta línea la que hizo que los galenos cubanos llegaron a Brasil y ofrecieran lo mejor de ellos al pueblo brasileño”. (Haga clic y asista integral)
El evento concluyó con la Carta Capixaba de Solidaridad a Cuba donde se reafirma el compromiso a seguir defendiendo  a la isla socialista ante las maniobras de sus enemigos.
Artigo da comissão Organização ES ( ACJM-ES, CEBRAPAZ, CALLES, Mandato Vereador Namy, Barão de Itararé - ES)

(ConsulCuba Sao Paulo)

terça-feira, 26 de maio de 2015

A OPÇÃO PREFERENCIAL DE DILMA & LEVY É PELOS RICAÇOS

Está na edição de hoje (3ª feira, 26) da Folha de S. Paulo:

"Se fosse aplicado um Imposto sobre Grandes Fortunas (IGF) aos 200 mil contribuintes mais ricos do país, como tem defendido a bancada do PT no Congresso, o governo poderia arrecadar até R$ 6 bilhões por ano, segundo estudo feito no Senado a pedido da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR).

O valor é semelhante à economia que o governo pretende obter, por exemplo, com a revisão das normas para a concessão do seguro-desemprego, uma das principais medidas do pacote fiscal.

Segundo a Folha apurou, o IGF, previsto na Constituição de 1988 mas nunca instituído, estava entre as medidas preparadas pela equipe do ex-ministro Guido Mantega (Fazenda) para depois das eleições de 2014. Levy, no entanto, é contra o IGF, por considerá-lo ineficiente.

Diante da forte repercussão negativa da revisão dos direitos trabalhistas e previdenciários, os congressistas do PT passaram a exigir da Fazenda um projeto para taxar o 'andar de cima'.

...De acordo com o trabalho da consultoria do Senado, o tributo tem eficácia controversa. Na Europa ocidental, só Bélgica, Portugal e Reino Unido nunca o adotaram. O Reino Unido, contudo, assim como os EUA, tem uma carga de até 40% sobre heranças.

Na América do Sul, Uruguai, Argentina e Colômbia também contam com o IGF.

...Para chegar ao valor de até R$ 6 bilhões, os consultores do Senado se basearam em declarações de IR das pessoas físicas de 2013 e num relatório do banco Credit Suisse sobre a riqueza mundial.

Segundo o Credit Suisse, o 0,2% mais rico da população brasileira, cerca de 221 mil contribuintes, detinham em 2013 mais de US$ 1 milhão, o que corresponderia hoje a pouco mais de R$ 3 milhões.

Se fosse aplicada sobre essa base mínima uma alíquota de 1,5%, chegaria-se a algo próximo a R$ 10 bilhões.

Os técnicos do Senado ressaltaram, porém, que fatores como transferência de recursos para outros países e imóveis declarados abaixo do mercado poderiam diminuir drasticamente esse número.

A pedido da Folha, dois economistas avaliaram os cálculos do Senado e concluíram que o valor de R$ 6 bilhões é factível, apesar da precariedade dos dados disponíveis no Brasil..."

Ou seja, fica comprovado pela enésima vez que as grandes decisões econômicas são tomadas em base política. Ministros neoliberais como o Joaquim Levy preferem tosquiar os 52 milhões de trabalhadores do mercado formal e os 33 milhões de aposentados e pensionistas do que arrancar um tiquinho de grana dos 221 mil privilegiados que a têm em demasia. 

Isto diz tudo sobre a política econômica de Dilma.2: a opção preferencial pelos abastados, mandando às urtigas os 85 milhões de brasileiros que não possuem US$ 1 milhão declarados.

E que, carentes de advogados hábeis e outras facilidades propiciadas pela boa fortuna, são incapazes de manter longe das garras do Fisco cerca de 40% de seus bens, como os ricaços conseguem com um pé nas costas. 

Já pensaram se, além de impor-lhes uma alíquota de 1,5%, a Receita aplicasse pesadas multas a quem há muito tempo sonega muita grana declarando imóveis abaixo do valor de mercado? Aí, seguramente, se chegaria a um valor maior ainda do que o governo obterá garfando os pobres e os remediados

E a presidenta Dilma não precisaria estar desonrando suas solenes promessas de campanha. Lembram daquela frase lapidar dela, "lei de férias, 13º, fundo de garantia, hora-extra, isso não mudo nem que a vaca tussa"? Pois é, a coitada da ruminante está se arrebentando de tossir...

Salta aos olhos que a presidenta Dilma prefere agradar aos 0,2% de apaniguados que controlam a grande imprensa e a maioria dos políticos, pois sabe que deles, em última análise, depende sua permanência ou não no Palácio do Planalto até o final do mandato.

E Levy continua defendendo os interesses que sempre defendeu --em posições subalternas, ressalte-se, seja no Fundo Monetário Internacional, seja no Bradesco.

Está longe de ser um Milton Friedman (o principal conselheiro econômico do ex-presidente estadunidense Ronald Reagan), tem mais o perfil de subcarimbador interino da equipe do Friedman. O rótulo de 'Chicago boy' lhe cai às mil maravilhas...


OUTROS TEXTOS RECENTES DO BLOGUE NÁUFRAGO DA UTOPIA (clique p/ abrir):

XXII conferencia Solidariedade a Cuba - Etapa ES - TURISMO EM CUBA LUCILIA ASSIS

Equador: Jorge Glas, Vicepresidente de la República denunció acto de corrupción

Alianza PAIS y el Gobierno de la Revolución Ciudadana
 le dicen cero tolerancia a la corrupción!

En rueda de prensa este lunes, 25 de mayo del 2015, el compañero, 
Jorge Glas,  Vicepresidente de la República  denunció ante la 
opinión pública un presunto acto de corrupción. “Esperanza Galván
Asambleísta de Alianza PAIS de la Provincia de Esmeraldas a
 nombre del  Vicepresidente Glas, solicitó $800 mil dólares a 
Miguel Salvatierra, gerente de la Empresa de Agua Potable de 
Esmeraldas. Este dinero, según se observa en los videos, fue 
entregado a Walter de la Torre también detenido para investigaciones 
por parte de la Fiscalía” indicó el mandatario
El compañero Jorge Glass agregó: “Con dolor pero con firmeza los corruptos 
a la cárcel, y si son traidores, según sea el caso, con mucha más fuerza. 
Estoy  solicitando al Movimiento  Alianza PAIS la inmediata expulsión de 
estos dos militantes traidores del proceso político revolucionario y de Alianza PAIS.
 Y, a  la  Asamblea Nacional  proceda a la expulsión de la Asambleísta Esperanza Galván”.
Envió un mensaje tranquilizador a la militancia: “Tendremos cero tolerancia con
 la corrupción que es un cáncer social. Vamos a luchar desde todas las instancias 
del Gobierno nacional para erradicar la corrupción venga de donde venga. 
Los recursos del pueblos son sagrados. En este caso se han tomado el 
nombre del Vicepresidente.”
Los presuntos hechos de corrupción se habrían realizado fuera de las
 actividades de Asambleísta por lo que no tendría inmunidad parlamentaria.
 El Sr. Vicepresidente Jorge Glas indicó que tres personas se encuentran 
detenidas para investigaciones y luego de la formulación de cargo, de 
considerarlo el Fiscal General de la Nación se solicitará prisión preventiva.  
El Comité de Ética del Movimiento Alianza PAIS esta tarde a las 17h30 en la 
sede principal en Quito en la Av. De los Shyris  se pronunciará sobre este tema.
Saludos cordiales a mis dilectos ami@s cibernautas!
Atte.- 
Fernando Yépez Rivas

Uma reflexão sobre a lei do “Assédio Ideológico”.


Por 
Cesar Mangolin
Tramita na Câmara dos Deputados um projeto de lei de um deputado do PSDB que procura tipificar um novo crime: o assédio ideológico.
Segundo o projeto do deputado bicudo e obtuso, pegaria até cadeia aquele professor que ensinasse os estudantes a partir de doutrinas e não de ciência, ou ainda, o professor doutrinador e não aquele que apresenta, de maneira imparcial, todas as possibilidades de explicação e todas as correntes de pensamento, para que os estudantes pudessem, livremente, escolher como pensar.
Três observações apenas:
1.º -  É óbvio que sua excelência tucana chama de doutrinador qualquer professor marxista, ou o que ele entende por isso. Afinal estudar Marx dá muito trabalho. Conheço muita gente que se apresenta como marxista e faz apenas um belo discurso liberal. Muito mais ainda, gente que nunca leu uma página de Marx e fala com tom de entendedor que sua teoria está superada, ou que suas previsões não deram certo, como se Marx tivesse gasto tempo com previsões e fosse um vidente com bola de cristal e não um homem de ciência...
2.º - Com a experiência que já carrego no ensino superior, tenho certeza de que é impossível -- para qualquer professor, em qualquer disciplina -- passar de maneira adequada por uma corrente de pensamento apenas, sem vulgarizá-la, quanto mais percorrer todas elas... Todavia, ainda que isso fosse possível, o processo de construção do conhecimento não corresponde necessariamente ao ato de "passar" para estudantes todas ou algumas correntes de pensamento de um tema qualquer... Embora praticada largamente, a educação bancária (que "deposita" conhecimento pronto na cabeça de estudantes - como chamava Paulo  Freire) não é capaz de construir conhecimento algum, nem a praticada por professores revolucionários, nem a praticada por professores conservadores e por apologetas da ordem, que constituem largamente a maioria dessa infeliz categoria. Tampouco, estão, como regra, os estudantes realmente interessados em construírem conhecimento, mesmo na faculdade... Compelidos aos bancos do ensino superior pela necessidade de emprego e pelo aumento das exigências de certificação escolar por parte das empresas, os estudantes e professores portam-se, no geral, como pessoas que cumprem protocolos e esforçam-se em provas, para garantir que sua permanência por ali seja a mínima necessária. Chamei isso de exclusão prorrogada (conceito emprestado de Pierre Bourdieu) e o fenômeno de "sobrecertificação" num artigo de poucos anos atrás (quem quiser dar uma olhada, segue o link do artigo:  https://cesarmangolin.files.wordpress.com/2010/02/mangolin-sobrecertificac3a7c3a3o-e-expansc3a3o-o-ensino-superior-brasileiro-e-a-exclusc3a3o-prorrogada-de-pierre-bourdieu.pdf ).
3.º - A ilusão da imparcialidade pode levar a dois caminhos: o primeiro é o do dogmatismo próprio do positivismo, de que a ciência é verdadeira, neutra e imparcial; o segundo é o do relativismo teórico, próprio da moda "pós-moderna". No primeiro caso, o caminho é tratar a sociedade capitalista e o império da técnica como o último estágio do desenvolvimento das sociedades humanas que basta apenas aprimorar e colocar em ordem para ser perfeito; no segundo caso, temos a instauração do irracionalismo, pura e simplesmente. Presente já na "filosofia espontânea" do senso comum, derivado do individualismo próprio da sociedade burguesa, tratar a verdade subjetivamente, havendo como critério único o que cada um quer "achar", ou o "olhar" particular e individual, parece até avançado e modernoso para muita gente que tem preguiça de estudar. Nos dois casos, temos instrumentos poderosos para auxiliarem a reprodução da ordem burguesa: o primeiro, porque a afirma como única verdade e resultado de inexorável processo da evolução histórica; o segundo, porque torna impossível pensar a sociedade existente como estrutura, porque nega o conhecimento objetivo e impede pensar em transformações concretas de conjunto.
É, na humilde opinião deste que escreve, um conjunto de besteiras esse projeto de lei, próprio de tucano reacionário que pretende pegar carona na onda conservadora, que tem permitido que as pessoas coloquem para fora seus preconceitos e suas mesquinharias de maneira cada vez mais agressiva. Não acredito que o tal projeto se torne lei, mas assusta, sem dúvida, que apareça algo desse tipo.
Sou contra, evidentemente, uma loucura dessas, porque sei a quais interesses serve e quais seriam os penalizados.
Mas seria até curioso, se levássemos isso a sério, imaginar que estariam proibidos os que, de fato, doutrinam e vendem ilusões nas salas de aula. Tenho certeza absoluta de que os marxistas não formam a maioria dos professores. Antes fosse. Nosso quadro é formado por gente que, por sua vez, foi formada por professores que propagam ilusões sobre a sociedade burguesa. Ilusões mesmo, porque carecem de qualquer fundamento científico, ou do seu princípio básico, o postulado da objetividade. É inegável, para qualquer um que tenha gasto o tempo necessário para estudar (e não é pouco tempo...), que Marx foi o único pensador capaz de, a partir do postulado da objetividade, portanto, cientificamente, analisar e descrever o metabolismo e a anatomia do capitalismo, fazendo, ao mesmo tempo, a crítica das teorias econômicas que partiam de pressupostos falsos e ideológicos, como  o antropologismo idealista e o indivíduo. Não é por acaso que O Capital tem como subtítulo a "crítica da economia política", que não tem como objetivo construir outra versão da economia política, mas a de demonstrar suas falácias, seus equívocos e sua distância do que se pode considerar ciência...
Portanto, poderíamos imaginar, levando uma lei dessas a sério, que a maior parte dos professores estaria ferrada... Eles vendem ilusões nas salas de aula. Defendem que a sociedade na qual vivemos é um conjunto de relações individuais mercantis, vantajosas reciprocamente; afirmam que vivemos numa sociedade que permite a mobilidade social e possibilita a qualquer um ser o que quiser, dependendo apenas de sua vontade e de sua dedicação; defendem a meritocracia como princípio organizador das posições de indivíduos que vivem, objetivamente, em condições essencialmente desiguais; culpabilizam as vítimas excluídas do acesso aos gêneros necessários para manterem a vida; defendem um sistema que mata centenas de milhares todos os dias pela fome, pela violência urbana, pela guerra; fazem com que todos acreditem que tomar a vida como sendo apenas o trabalho é o caminho para a emancipação; convencem que a vida bovina e honesta é o ideal; fazem com que os trabalhadores se tornem egoístas e vejam seus pares como concorrentes, não como companheiros; fazem com que lutem por sua própria escravidão, como se lutassem pela liberdade; com que se rastejem sonhando com as alturas, satisfeitos por estarem no caminho correto, enquanto comem a poeira do chão...
É isso que fazem os professores, como regra. A educação formal sempre foi um poderoso instrumento de reprodução da ordem, não de sua transformação. Vai continuar assim, para a frustração de educadores bem intencionados que alimentam ilusões com sua ação. Os professores são os agentes diretos da exclusão conformada, não os que podem levar à libertação.
Nosso deputado bicudo deveria tomar cuidado com o que propõe: se levarmos a sério tal lei, as salas de aula terão de ser quase todas fechadas. Não porque os professores sejam todos marxistas, como diz gente histérica por aí. Mas, porque são, em sua maioria, doutrinadores e vendedores de ilusões acerca da ordem capitalista, formadores de carneiros, criadores de fantasias, ratificadores das nossas desgraças...



Comentários:

Que reflexão maravilhosa do César Mangolin!
Mais que desmascarar o idiota do parlamentar tucano
 (só poderia ser um, o mais
 servil do sistema que as próprias vítimas do nefasto capitalismo!),
 é o seu necessário esclarecimento sobre a pobreza e a alienação 
que graça em praticamente todas as instituições de ensino deste 
país (e da maioria dos demais do campo), em todos os graus, 
do pré-primário ao pós doutorado, infelizmente. 
Por isso mesmo, temos que nos congratular com os verdadeiros
 heróis que conseguem escapar dessas jaulas enfadonhas e dos 
círculos "acadêmicos" formados pelas elites subservientes aos 
ditames de sua ordem da ganância, esperteza, falsa moralidade
 e deformidade intelectual!
Paulo Freire foi (e continua sendo para quem realmente quer
 continuar a aprender de verdade) primoroso em suas observações 
sobre o tipo de educação vigente no mundo da economia de
 mercado apodrecido em que estamos atolados!
E, como diz a cultura popular: "um imbecil sempre encontra outro
 maior que ele, que o admira!" (logo veremos quantos deles darão
 seu voto favorável a tamanha excrescência parlamentar)
Saludos marxistas-leninistas!
Safrany

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Uma palavra com o autor: FRANCISCO AURELIO no Teatro SESC


"Wilson Coêlho Pinto"

Relato emocionante do MÉDICO CUBANO RAYDEL ROJA PEDROSO





No ES, o Médico Cubano Raydel Roja Pedroso, fez um interessante relato da vida 

em Cuba e de sua relação com o Brasil na 22ª Convenção Capixaba de Solidariedade 

a Cuba, etapa ES, no domingo ( 24/05/2014 ).



Por isto e por toda a ajuda e exemplo humanitário que Cuba nos deu e dá, retratado nas palavras emocionadas do médico e coordenador dos médicos no ES que pedimos:



Mais Médicos cubanos!