Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Paulo Rocha encara os tucanos: Seus métodos colocam em cheque a democracia


GOLPE NÃO
Paulo Rocha encara os tucanos: Seus métodos colocam em cheque a democracia
Muito além do debate sobre o direito de a oposição pedir ou não o impeachment de uma presidenta legitimamente eleita, é fundamental refletir sobre os métodos que vêm sendo utilizados pelo PSDB e seus aliados para desestabilizar o governo – e as consequências dessas ações para o País. O alerta é do senador Paulo Rocha (PT-PA), que no acalorado debate em plenário, na tarde desta terça-feira (5), chamou os tucanos a uma reflexão sobre a necessidade de preservar a ordem democrática tão duramente conquistada pelos brasileiros.
“O que questiono aqui são os métodos que estão sendo usados”, afirmou Rocha, dirigindo-se a Aécio Neves (PSDB-MG), candidato derrotado na disputa presidencial de 2014. “A presidenta Dilma ganhou as eleições. Depois disso, infelizmente, companheiro, não foi com essa fala mansa de agora que você se portou após o resultado”, cobrou o senador petista.
Paulo Rocha enumerou – e cobrou cara a cara com a bancada tucana – a sucessão de atitudes da oposição contra o resultado democrático das eleições. Novamente dirigindo-se a Aécio, o petista lembrou que o tucano disse ter perdido para “organização criminosa”, se referindo à derrota no pleito presidencial de 2014. “Depois, colocou em xeque o resultado eleitoral, levantando suspeitas sobre o pleito presidencial”, disse.
De pé no plenário, ainda encarando Aécio Neves e a bancada tucana – a quem chamou o tempo todo de “companheiros” e colegas” e a quem se dirigiu com a voz firme, mas cortês –, Rocha prosseguiu: “Seu líder do PSDB [Cássio Cunha Lima], diuturnamente, acusa o PT de corrupto, de ladrão. Estabeleceu-se um processo de debate político usando inclusive informações mentirosas”. O petista se dirigiu então, a Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), “companheiro de tantas lutas”, e cobrou a acusação feita pelo tucano paulista ao filho do ex-presidente Lula, baseando-se em uma matéria de jornal já desmentida.
Paulo Rocha convidou os tucanos a explicarem os encontros secretos com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha – acossado pela revelação de suas contas bancárias na Suíça –, para “organizar” o impeachment de Dilma e advertiu que os “métodos usados no processo de fazer oposição” ao PT incluem “colocar em cheque a própria democracia que todos nós lutamos para consolidar”. E finalizou: “Falo isso, Aécio Neves, assim, de frente, porque venho de um julgamento, do julgamento do mensalão”.
O senador paraense foi julgado pelo Supremo Tribunal Federal na Ação Penal 470 e foi absolvido de todas as acusações. Ele, porém, não escamoteou os erros cometidos pelo PT no uso do caixa 2 para as finanças de campanha e na aceitação do financiamento empresarial para sustentar candidaturas. Mas rechaçou o artifício de criminalizar apenas o PT – que lutou para acabar com a contribuição de empresas às campanhas – pelas mazelas do sistema eleitoral.
“Olha só, Aécio: vocês estão querendo dizer que o dinheiro que saiu do mesmo caixa – da Odebrecht, da Andrade Gutierrez, da UTC, de todos que financiam campanha neste País –, para o PT, para a Dilma, é sujo. E o dinheiro que saiu do mesmo caixa para você não é sujo? É isso que querem colocar no processo do debate político. Não, nós não aceitamos isso!”, afirmou Paulo Rocha.

Um comentário:

  1. A OPOSIÇÃO PODE SER UMA BOA ALTERNATIVA

    A oposição pode ser boa,
    Se faz críticas construtivas e se aponta melhores caminhos,
    E se ela própria é uma boa alternativa,
    Se é honesta e luta por um país melhor.

    Um bom sistema tem que ter oposição.
    A oposição possibilita alternância,
    Evita vícios de um tempo muito longo no poder,
    Aponta novos projetos, outras soluções.

    A oposição no Brasil já foi boa
    Quando a oposição era feita principalmente pelo PT e pelo PDT de Brizola,
    Havia uma oposição que apontava os erros,
    Que fiscalizava com seriedade,
    Que tinha uma proposta,
    Que tinha força das cores dos cara-pintadas e da alegria,
    Que disputava nas urnas, ainda que com pouco dinheiro,
    Com a rede globo e toda mídia contra,
    A oposição não espalhava o caos,
    Buscava alianças coerentes,
    Não chafurdava na lama,
    Não tinha contas na Suíça,
    Defendia os eleitores e povo brasileiro.

    Assim a oposição chegou ao poder
    E no poder mudou a cara do Brasil.

    A oposição de hoje, diz uma coisa e faz outra,
    Se diz democrata e defende o atrasado golpismo,
    Desestrutura a democracia,
    Quer o quanto pior melhor,
    Quer o poder para fazer voltar ao velho e superado modelo.

    A oposição do velho e moribundo DEM
    E incompetente PSDB de Aecio, Serra e Alckmim
    Governa mal São Paulo, governou mal Minas,
    Esconde os malfeitos embaixo do tapete,
    Impede a instalação de CPIS nos próprios estados,
    Remove delegados que queiram investigar,
    Não deixa a própria polícia ou MP apurar nada contra o próprio governo.
    É corrupta e se diz contra a corrupção,
    É hipócrita, recebe gordas propinas,
    Tem TRENSALÃO, MENSALÃO MINEIRO,
    Tem velhas raposas, com o nome de Agripino,(sepulcro) Caiado,
    Aluizio Ferreira Nunes, Cássio Cunha Lima, Eduardo Cunha,
    Tem contas na Suíça e Lista de Furnas,
    Respondem ou estão na iminência de responder por crimes de corrupção,
    Não tem moral para apontar erros.
    Nos estados e municípios, onde governam não fazem aquilo que pregam.

    Ah, se existisse algo melhor, uma melhor oposição,
    Eu não teria nenhuma dificuldade em ser contra,
    É até bom, fácil e confortável atirar pedras.
    Como eu gostaria de escolher algo melhor,
    Mas não há melhores propostas,
    Melhor, por hora, é continuar o caminho que temos,
    Avançar na diminuição das diferenças e injustiças,
    Melhorar mais os programas sociais,
    Investir mais na educação e saúde,
    Unir mais os socialistas de esquerda,
    Nos tornar em algo parecido com os países nórdicos,
    Ser oposição, hoje, é ser governo,
    É defender DILMA, LULA, o PT, as reformas,
    É ser contra 500 anos de história de atraso,
    Vida digna para todos,
    Mudar o que for preciso, por dentro!

    ResponderExcluir