Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas. Clique na imagem acima.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Policia Federal é Suspeita de Golpe na Lava Jato " Caiu a mascara"

Encaminhado por Guto


terça-feira, 29 de setembro de 2015


Policia Federal é Suspeita de Golpe na Lava Jato

                  " Caiu a mascara"


O site Limpinho e Cheiroso, trouxe esta semana
 uma matéria que coloca sob suspeita os delegados
 da Policia Federal que conduzem a operação Lava Jata. 

Sob o titulo  "Lava-jato: Delegados da PF acreditavam
 que o golpe iria dar certo", o site revela que os
 delegados são " anti-Ptistas, militantes e radicais que
 se opõem ao governo de Dilma Rousseff e 
ao ex-presidente Lula. 


Revela ainda o site, que no período eleitoral, 
delegados da Polícia Federal (PF) usaram as redes
 sociais para elogiar Aécio Neves, candidato do PSDB 
à Presidência, e para atacar o ex-presidente
 Luiz Inácio Lula da Silva e a presidenta Dilma Rousseff,
 que disputava a reeleição, bem como a replicar
 conteúdos críticos aos petistas.

As denuncias trazidas a publico pelo site que 
tem como base as informações do Jornal o Estado 
de São Paulo e o Site Viomundo, deixam sob suspeita
 toda a operação Lava Jato e seu real interesse 
politico  em prejudicar o Governo Dilma, reforçando
 uma campanha de ódio contra o 
Partido dos Trabalhadores, o que caracteriza claramente
 um golpe.

O que causa perplexidade, é o fato dos Delegados terem 
manifestado publicamente suas posições politicas 
Anti-ptistas, o que deixa explicado porque os nomes de
 membros do PSDB nunca aparecem em suas apurações.

Com mais esta bomba lançada pelo site
 Limpinho e Cheiroso, fica evidente que a elite
 brasileira que não admite perder o comando da nação, 
criou uma verdadeira máfia que esta enraizada 
dentro de todos os poderes, não medindo esforços 
e estratégias para retomar o poder a qualquer custo. 

Exemplo disso, é a postura do Ministro do STF Gilmar 
Mendes que recentemente foi flagrado em escuta
 telefônica em conversa direta com o Governador
 foragido do MT- Silvio Barbosa, conforme video da
 revista época que circula nas redes sociais.

O mais impressionante, é que não foi o governador
 fujão que ligou para o Ministro Gilmar Mendes, mas 
foi o Ministro que ligou para ele, e ainda, se 
compromete ir conversar com Dias Toffoli que autorizou
 a busca e apreensão na fazenda o Governador fujão.

A postura do Ministro Gilmar mendes neste fato 
( conforme se constata no vídeo), não é de um ministro 
do STF, mas de um advogado do réu junto ao STF, 
o que não poderia ocorrer, pois, sendo um magistrado,
 deveria ele ter total isenção para julgar, o que 
neste caso não ocorre, tornando-se assim suspeito.

Como o nosso caro internauta pode ver, pelas
 informações trazidas pelos sites, a isenção dos 
delegados da Policia Federal que conduzem a 
operação lava Jato esta bem abalada, colocando 
em xeque a credibilidade, ainda mais quando há
 denuncias de próprios delegados da PF que alguns
 dos que apuram a Lava jato fizeram pressão para 
terem acesso ao relatório de uma investigação 
interna sobre o vazamento de informações e assim
 querer manipular as provas, como denunciou a 
Folha de São Paulo.


Esta postura adotada pelos delegados que 
conduzem a apuração da Lava Jato, só ocorre
 pelo fato do Ministro da Justiça José Eduardo 
Cardoso ser omisso.

O ministro Cardoso até o momento, não tomou 
qualquer medida para expurgar das apurações 
este tipo de partidarização que vem sendo 
fomentado através de uma instituição tão impostante quanto a PF.

Lava_Jato13_Delegados



















Com certeza se o Ministro da Justiça quisesse buscar a 
fundo os interesses que estão por trás da apuração
 partidária da Lava Jato, já teria iniciado uma
 investigação profunda sobre as denuncias, e ainda,
 se quisesse demonstrar mais isenção, teria recorrido a 
organismos internacionais como a Interpol ou até mesmo
 ao FBI, o que com certeza traria ao povo brasileiro e ao 
mundo a verdadeira faceta de uma fraude a favor do golpe.

Imagine você caro internauta, como seria cômico ver 
os supostos paladinos da justiça partidários do PSDB,
 passarem de mocinhos a bandidos e de caçadores a caçados.

É importante frisar que a Operação Lava Jato e o
 combate a corrupção devem ser apoiados por todo
 o povo brasileiro, afinal a corrupção é um câncer que
 tem que ser extirpado por completo da história do país. 

Porém, as apurações e punições aos corruptos, tem 
que ser feita com isenção politica-partidária, com
 honestidade e transparência, o que não ocorre hoje.

Abaixo reproduzimos trechos do levantamento sobre 
 os delegados da PF que conduzem a Operação Lava Jato,
 feito pelo site Limpinho e Cheiroso. São eles:

Igor Romário de Paula, da Delegacia Regional de Combate 
ao Crime Organizado.

As investigações da Lava-Jato estão sendo conduzidas
 por delegados vinculados a Igor Romário de Paula,
 que responde diretamente a Rosalvo Ferreira Franco,
 superintendente da PF do Paraná.

Igor Romário de Paula, que atuou na prisão do doleiro
 Alberto Youssef, participa de um grupo do Facebook 
chamado Organização de Combate à Corrupção 
(OCC), cujo “símbolo” é uma imagem da Dilma, 
com dois grandes dentes incisivos para fora da 
boca e coberta por uma faixa vermelha na qual está 
escrito “Fora, PT!”

Márcio Adriano Anselmo, coordenador da 
Operação Lava-JatoMárcio Adriano Anselmo 
foi quem, no Facebook, afirmou: 
“Alguém segura essa anta, por favor”, 
em uma notícia cujo título era: 
“Lula compara o PT a Jesus Cristo”

Na reta final do 2º turno, fez comentários em outra
 notícia, na qual Lula dizia que Aécio não era
 “homem sério e de respeito”. 
Escreveu:
 “O que é ser homem sério e de respeito? 
Depende da concepção de cada um. 
Para Lula realmente Aécio não deve ser”. 
O delegado apagou há poucos dias o seu 
perfil no Facebook.

Maurício Moscardi Grillo, chefe da Delegacia de
 Repressão a Crimes Fazendários
Maurício Moscardi Grillo é o responsável por
 apurar a denúncia de grampos na cela de Youssef.

Segundo a reportagem de Júlia Duailibi, 
ele aproveita a mensagem de Márcio Anselmo, 
para se manifestar sobre Lula:
 “O que é respeito para este cara?”

Grillo também compartilhou uma propaganda
 eleitoral do PSDB, como a que dizia que Lula
 e Dilma sabiam do esquema de corrupção na Petrobras
. “Acorda!”, 
escreveu ele ao comentar a reportagem da Veja,
 que foi às bancas na quinta-feira anterior ao 2º turno:
 “Lula e Dilma sabiam de tudo”.

Erika Mialik Marena, da Delegacia de Repressão a Crimes 
Financeiros e Desvios de Recursos Públicos do Paraná
Na delegacia de Erika Mialik Marena, estão os principais
 inquéritos da operação Lava-Jato.

Em uma notícia sobre o depoimento de 
Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras à 
Justiça Federal, ela comenta: “Dispara venda de
 fraldas em Brasília”. No Facebook, usava
 o codinome “Herycka”. Após a reportagem de 
Júlia Duailibi, seu perfil foi retirado dessa rede social.

A denúncia envolvendo esses quatro delegados
 da PF é muito grave. Estranhamente, a mídia
 deu pouca repercussão a ela. Estranhamente 
também, até a hora do almoço da quinta-feira, 
13 de novembro, a Polícia Federal, o Ministério da
 Justiça, a Procuradoria Geral da República e o
 Supremo Tribunal Federal (STF) não haviam 
se manifestado sobre a denúncia do Estadão.

Por: Gilberto Braw

Nenhum comentário:

Postar um comentário