Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas. Clique na imagem acima.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Crucificação em parada gay

Meu comentário sobre a postagem:
http://juntosomos-fortes.blogspot.com.br/2015/06/a-verdadeira-mensagem-crista-gay-da-arte.html?showComment=1434638158866
.
A crucificação em parada GLBT

A arte é a representação daquilo que existe. Mesmo que tente, a arte não pode alterar verdades, ou ela passa a confundir e deseducar.  Sim, existem verdades inalteráveis. Perversão de valores, especialmente valores religiosos, pervertem as regras da sociedade que depende de leis seculares e religiosas para o seu equilibrio, manutenção e desenvolvimento. Não devemos   confundir religião com religiosidade ou cegueira sobre verdades imutáveis espirituais e universais.

A imagem na parada gay de crucificar um homosexual no lugar de Cristo é uma heresia, é uma deturpação da realidade e daquilo que a cricificação representa tanto histórica como religiosamente para a humanidade.

Na Roma antiga crucificava-se todo aquele que transgredia a lei secular. Era a morte para todo aquele que fosse condenado pela lei. Entretanto, não existe lei contra gay ou homosexual e nem deveria.

Assassinatos de gays e homosexuais não representa uma posição legal, mas ações de individuos equivocados. Por outro lado, Jesus, o homem perfeito, filho de Deus, foi condenado sem transgressões da lei para morrer crucificado. Esta é uma representação religiosa da lei secular. Foi tambem a mostra da falibilidade da lei secular sobre as leis espirituais e universais. Mas ocorreu para que se cumprisse um estabelecido.

A tentativa de crucificação de gays ou homosexuais não corresponde à cricificação de Jesus porque sendo um gay ou homosexual homem comum ele tem transgressões como qualquer outro. Um gay, hetero ou homosexual ser colocado na mesma posição do Cristo sem transgressões, corrompe e altera um significado preciso: condenação de um ser PERFEITO.

O Cristo crucificado é o simbolo da pureza de todo aquele que ALMEJA ser puro de alma, e não daquele que quer se JUSTIFICAR no seu comportamento e impureza de alma. Isto vale para gay, homo ou heterosexual.

Esta alteração de significados altera toda a proposta da verdadeira religião no sentido da conduta do ser humano, quer ele seja homosexual ou não.

Isto não é um pré conceito. É uma verdade imutável.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário