Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

O 11 DE SETEMBRO FRANCÊS?


"O 11 DE SETEMBRO FRANCÊS?
ATENTADO À REVISTA CHARLIE HEBDO. 
A QUEM PREJUDICA E A QUEM SERVE?

Usemos um pouco de nossa capacidade racional.
Primeiro: Quem está ganhando com esse brutal atentado? O islã? Não. Eu duvido que algum sacerdote islâmico em alguma mesquita qualquer do planeta concorde com esse atentado. E também duvido que a grande maioria dos muçulmanos do planeta o aprove, pois, inclusive, o mundo islâmico é o grande prejudicado por ele. Porque? Simplesmente pelo fato de que esse atentado apenas contribui para sujar a imagem dos países de religião islâmica e reforçar a ideia de que eles são redutos e fábricas de terrorismo a serem combatidos, ou seja, a serem bombardeados, invadidos e assaltados pelas forças armadas dos Estados Unidos e de seus aliados capachos da OTAN.
Segundo: Hoje em dia se sabe muito bem que a organização terrorista Al Qaeda, fundada pelo ex agente da CIA, Osama Bin Laden, atua em sincronia com a própria CIA. A Al Qaeda está envolvida na guerra
promovida pelos Estados Unidos e OTAN, junto com Israel, Turquia e Arábia Saudita, contra a Síria, para derrubar o governo local e estraçalhar o país, a exemplo do que fizeram com a ex próspera Líbia, agora um amontoado de ruínas administradas por chefes tribais, gangsters e fanáticos religiosos.

Embora, vigiado e escoltado por um forte esquema de segurança, montado por seus ladrões, o excelente petróleo líbio esteja fluindo sem problemas para os reservatórios e cofres dos países capitalistas ricos envolvidos na destruição do país. A Al Qaeda também atuou ao lado dos Ianques e europeus contra a Líbia.
Atualmente a Al Qaeda se confunde com a organização terrorista chamada ISIS ou Estado Islâmico, que atua na Síria e no Iraque procurando, tanto derrubar o governo de Bashar El Assad da Síria, como de manter a região sempre em conflito e apresentando situações que possam ser usadas como pretextos para ser atacada, bombardeada e invadida pelos Estados Unidos e seus asseclas da OTAN, quando a estes interessar.
Foi a Al Qaeda que, conluiada com a própria CIA, derrubou as Torres Gêmeas em 11 de setembro de 2001 na cidade de Nova Iorque e seu fundador, o bilionário saudita Osama Bin Laden, depois de ter prestado valiosos serviços ao imperialismo estadunidense, deve estar curtindo deliciosamente a vida, muitíssimo bem instalado num aprazível oásis da Arábia Saudita.
Portanto, por suas características, o atentado contra a sede da revista de humor Charlie Hebdo, pode ter sido o 11 de setembro Francês, praticado com o conhecimento e a cumplicidade do governo dos Estados Unidos e, porque não, também do da França, para reforçar o clima hostil aos países islâmicos.
Não esquecer das agressões brutais a que estes países foram submetidos até aqui e o claro propósito do imperialismo ianque de provocar uma guerra contra o Irã. Um dos maiores produtores mundiais de petróleo e que se recusa a obedecer às ordens de Washington." (Joao Antônio Mattos Mendonça)

Nenhum comentário:

Postar um comentário