Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

sábado, 17 de maio de 2014

Bond & Bosa: Licença para matar --- Fogo ambíguo abunda e medra na blogosfera --- Os pernas-de-pau da Não-Copa




O papel de JB na reta final da novela do Mentirão – que novamente emparelha com campanha eleitoral – é manter-se, e aos que condenou, nas manchetes do PiG até outubro. Mesmo que tome atitudes arbitrárias, desonestas e mostre-se mais vilão do que realmente é. (Pra mim é mais laranja que maquiavélico).
O “rei” do STF sabe de seus deslizes. Sabe também que qualquer processo que desemboque no julgamento de seus atos prescreveria antes de fazer-lhe cócegas. Capaz de eleger-se a qualquer coisa, cumprir mandato, aposentar-se e até morrer, antes disso acontecer. JB está certo de ganhar aquela boquinha na história, prometida em 2008… Por isso trabalha para o PiG com essa fidelidade canina.
O “menino pobre que mudou o STF” foi convencido pela mídia que se tornaria herói, presidente, rei deste feudo chamado Brasil. Ingênuo, comprou a passagem para a glória ao assumir o papel de relator da ação 470 – melhor conhecida como O Mentirão.
A ideia central é criar polêmica. Sempre envolvendo o PT. Suas atitudes visam instigar a ira dos petistas. Seus mandantes sonham com reações emocionais de Dilma, Lula e outros graúdos do PT ao verem seus companheiros sendo torturados. Qualquer coisa serve: trancar seus réus longe de casa, não deixar trabalhar, deixar e depois proibir, botar cardíaco inocente em prisão domiciliar e depois devolver ao presídio… 

JB não é James Bond. Mas tem licença para matar.
Os petistas que encarcerou são guerreiros de toda uma vida. A imagem de mártires fragilizados é pintada pela mídia golpista para comover a militância e deixar a impressão de que foram abandonados pelo partido. É casca de banana. Não há o que fazer de imediato para reverter as arbitrariedades de Barbosa.
(Para ler completo, clique AQUI)
 __________________________________
PressAA
“Seus mandantes sonham com reações emocionais de Dilma, Lula e outros graúdos do PT ao verem seus companheiros sendo torturados.”, diz o Roni Chira.
Esse trecho do artigo do Roni Chira me fez lembrar o artigo de Hildegard Angel que li recentemente, trechos de palestra que ela proferiu no Fórum do Cone Sul, em Santo André, ABC paulista. Hildegard encerra o texto dizendo:
Parafraseando de novo Ruy Barbosa: "A pior das Ditaduras é a do Judiciário"
Agora, cai-me nas mãos um artigo do jornalista brasileiro Paulo Nogueira, radicado em Londres, de seu site Diário do Centro do Mundo.

Como a sociedade pode se proteger de futuros Joaquins Barbosas?

Acessei o artigo indicado, li e deixei comentário. Porém, visto que o responsável pela liberação das mensagens não o publicou, provavelmente por considerá-lo ofensivo, aproveito o embalo e o reproduzo aqui:
Eu já estou de saco cheio de "indignados" como esse Paulo Nogueira. Certa ocasião escrevi um artigo intitulado "Wikileaks: Quando a verdade serve para se introduzir uma mentira", no qual faço uma autorreferência: "Quando eu era criança, costumava fazer isso: falava a verdade sobre minha participação em certas travessuras, mas apenas o que eu não tinha como esconder, a fim de adquirir a confiança da professora; em seguida, mentia acusando o coleguinha, apontando-o como principal culpado." Eu disse isso para exemplificar caso em que Wikileaks "vazou" internet adentro denúncia contra FHC, um caso pra lá de conhecido, uma atitude entre tantas outras tomadas pelo ex-presidente reconhecidamente vendilhão da pátria; pouco tempo depois, mandou um dos tais vazamentos contra Lula, nos mesmos termos e acusações.
Pois esse tal Paulo Nogueira tem agido exatamente assim, porém em termos de mera opinião. Já fez isso contra Dilma e continua agindo dessa forma: "indigna-se" contra qualquer ato que possa ser motivo de indignação ao senso comum, em seguida busca uma forma de transferir a culpa dos fatos, ou pelo menos o seu agravamento, a Lula ou Dilma.
O que esse sujeito está fazendo mesmo é o jogo sujo da direita, mas com as cores de "indignados" de esquerda. Manda fogo ambíguo em forma de fogo amigo.
Tudo que os golpistas querem neste momento é que Lula e Dilma não apenas se pronunciem a favor dos presos no julgamento da Ação 470, mas que deixe o Palácio do Planalto (Dilma), esqueça a campanha eleitoral (Lula) e se dediquem inteiramente a protestos em favor dos apenados. "Full time", preferencialmente.
Lula e Dilma estão para o STF como qualquer testemunha ou réu estão para os tribunais dos EUA (pelo menos como acontece nos filmes): “Tudo que você disser pode ser usado contra você”. Disser ou fizer.
Paulos Nogueiras e globais como José de Abreu hoje abundam e medram... E bota abunda e medra nisso.
Está na hora de escrever: “Quando a indignação serve para introduzir (epa!) uma baita trolha de opinião”.
Já te manjo, cara. Volte aos artigos sobre a falta de patrocínio aos “blogs progressistas”. Quem sabe, mais umas investidas chantagistas, e as verbas são liberadas, hein?!(Fernando Soares Campos)
Uma palavra vale mais que mil imagens: GOLPISTAS! 

Por que os protestos mais violentos contra o governo brasileiro e a Copa estão acontecendo à noite? Um dos motivos é que, se acontecesse durante o dia, provavelmente o insignificante número de participantes seria ainda menor. Também porque à noite os cenários podem ser enquadrados pelas câmeras de TV e lentes fotográficas de forma a facilitar os recursos de edição que proporcionem imagens espetaculares ou lúgubres.

Porém, esse também é um momento em que se pode obter imagem de menor impacto, dependendo do interesse em espetacularizar, ou não, o evento.

Cuba: Imagem noturna feita à distância não revela a verdadeira grandiosidade das comemorações do Dia do Trabalho com mais de meio milhão de cubanos:


Rio de Janeiro: Às 21h26, protesto contra a Copa leva mil manifestantes às ruas do Rio (Estadão):


Fotografia de cerca de mil manifestantes, mais os passantes que assistem ao movimento e luzes na retaguarda, em um trecho de avenida margeada por árvores, no Rio, produz efeito de "gigantismo" do evento.

19h11
No Rio de Janeiro, manifestantes queimam álbum de figurinhas da Copa do Mundo. (Foto: Marcos de Paula/Estadão)


São Paulo
18h56
Manifestantes bloqueiam a Rua da Consolação e caminham no sentido centro. (Foto: Mônica Pretto Reolom/Estadão


20h49
Cerca de 50 policiais militares fizeram uma ronda entre as estações Paulista e Consolação.  Os homens fizeram o caminho subterrâneo e depois se concentraram na Avenida  Paulista em frente, na esquina da Rua Bela Cintra. (Paulo Saldaña/Estadão)

Belo Horizonte

Mensagem no Facebook

Ricardo Eugênio Prezado Fernando. Dá medo o que a mídia está fazendo com tanta manipulação na cabeça de nossa gente. Aqui em Belo Horizonte a presença de manifestantes foi pífia. Não deu nem pra foto como essa que você postou. Mas a Polícia Militar, comandada pelo PSDB, fez o espetáculo. Pedia que o povo se escondesse em casa. Milhares de soldados armados até os dentes, viaturas com sirenes abertas e tudo que tinham direito. Queriam, na verdade, dar corpo a algo que não existiu, na peleja de promover a candidatura de Aécio Neves desgastando a imagem do governo federal. Jogo imundo.

Facebookada

Alice Pagotto compartilhou a foto de Folha de S.Paulo.
Lula afirma que Copa virou 'objeto de feroz luta política eleitoral'. http://folha.com/no1454837 (via Folha Poder)
Foto: Ricardo Stucker-8.abr.2014t/Instituto Lula



  • Carlos Emilio Faraco Virou mesmo..

  • Giselle Cicero Bezuoli Vital Estão misturando as coisas e o povo está indo nessa onda.

  • Giselle Cicero Bezuoli Vital O problema nem eh o investimento que eh feito, na minha opinião o que acaba com a nossa saúde e educação eh a corrupção, não menciono partido, menciono o povo brasileiro, onde no final será que esse valor chega ao seu objetivo final? O PT fez muito pelas classes menos favorecidas, votei no PT e voto, mas a corrupção que impera no Brasil eh preocupante.

  • Fernando Soares Campos Síndrome do Soy Contra --- Se as coisas tivessem ocorrido como nesta imagem, o que você acha que aqueles que fazem hoje o movimento "Não Vai Ter Copa" estariam fazendo? --- Por que não compartilhar no presente o pretérito do futuro?

  • Aristoteles Santos DEVIDO A CRENÇA MEDÍOCRE QUE ALIMENTAM DE QUE "QUANTO PIOR MELHOR." ASSIM RADICALIZA-SE EM TUDO QUE POSSA PREJUDICAR O BRASIL ACREDITANDO SER MELHOR PARA A OPOSIÇÃO. Que são completamente medíocres em algumas questões sempre soubemos, mas rasteiros a esse ponto é inacreditável...

  • Rosemary Kroeff Esta síndrome do CACHORRO LOUCO contra a Copa, num país que sempre foi de PONTA, HIT no cenário mundial do futebol;onde toda criança joga sua bolinha, com entusiasmo, já que o esporte nacional, culturalmente, sempre foi o FUTEBOL, chega a ser RIDÍCULO!! O que devia soar como ALEGRIA, essa MALTA de coxinhas e de dondocas,que serve de massa de manobra aos direitosos, (que TUDO fazem porque é ANO ELEITORAL e não conseguem crescer, porque não têm projeto nenhum pra o país) termina espalhando medo e MATANDO o que devia ser PRAZER. Se não fosse NOJENTO, seria TRISTE.
____________________________________________________




Portugal: 2º país europeu com mais voluntários na Copa

09.05.2014
Lisboa, Abril de 2014 - Segundo dados do Governo brasileiro, Portugal é o segundo país da Europa com mais parceiros a serem treinados, pelo programa Brasil Voluntário, para prestarem apoio à organização da Copa do Mundo da FIFA 2014. A Itália ocupa a mesma posição no ranking. São 16, os portugueses atualmente em treino virtual, igualando-se aos italianos e sendo ultrapassados apenas pelos franceses, que contam com 19 participantes. Espanha, por sua vez, tem 9 pessoas inscritas.
·         São 16, os portugueses que estão a ser treinados pelo programa Brasil Voluntário
·         França é o país europeu com mais colaboradores: 19
·         Dos 463 estrangeiros voluntários, 95 são europeus
·         Mundial de Futebol deverá gerar 48 mil empregados ligados ao turismo
Dos 463 estrangeiros que estão a ser treinados pelo programa governamental, 95 são europeus, sendo a maior parte das vagas preenchida por voluntários dos países da América Latina.
A atuação dessas pessoas será em articulação com o programa de voluntariado da FIFA e irá decorrer em pontos de mobilidade, aeroportos, eventos públicos, áreas de grande fluxo, nas imediações dos estádios e nos centros de imprensa. Nestes locais, os colaboradores irão dar apoio aos adeptos, imprensa, turistas e população em geral.
Para o Mundial de Futebol deste ano, o Brasil Voluntário irá distribuir os participantes por todas as doze cidades-sede do torneio: Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.
O programa foi criado pelo Governo Federal para os megaeventos futebolísticos dos quais o Brasil é país-sede: a Copa das Confederações 2013 e a Copa do Mundo 2014. As inscrições para ajudar no campeonato que tem início em junho decorreram até ao passado dia 16 de março.
Mundial de Futebol deverá gerar 48 mil empregos ligados ao turismo
Segundo estimativas da Embratur, deverão rumar ao Brasil 600 mil turistas estrangeiros durante a Copa, a que se juntam 3,1 milhões de turistas brasileiros que vão percorrer o país durante o evento. Para atender a esse enorme fluxo de pessoas, além do voluntariado, um grande número de empregos ligados ao sector de turismo deverá ser preenchido.
Serviços relacionados com a hospedagem, alimentação, transporte, agências de viagens, entre outros, deverão gerar 47,9 mil novos empregos entre abril e junho, como resultado da organização da Copa do Mundo. A estimativa é da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).
O mesmo estudo da CNC revela que o segmento da alimentação, como bares e restaurantes, deverá responder pela maior parte dos empregos criados no turismo, gerando perto de 16 mil postos de trabalho. Os transportes de passageiros têm a previsão de abertura de 14 mil vagas. Já hotéis, pousadas e similares deverão recrutar 12,3 mil colaboradores. Juntos, estes três serviços responderão por 88,4% dos empregos criados.
 Durante a Copa das Confederações, em julho de 2013, criaram-se cerca de 29,5 mil novos postos de trabalho na área do turismo.
Sobre o turismo no Brasil
Com agradável clima tropical, praias e florestas exuberantes, rica cultura e um fascinante estilo de vida, o Brasil é um dos países mais atrativos para se visitar hoje em dia. Sendo opção acessível para uma viagem a dois, em família ou para negócios. O Brasil será sede dos dois eventos desportivos mais importantes da década - a Copa do Mundo FIFA Brasil 2014 e Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016 - o que faz com que este seja o momento ideal para planear a primeira visita ou um regresso ao país. Visite www.visitbrasil.comwww.theworldmeetsinbrasil.com e junte-se à página oficial do Brasil no Facebook, www.facebook.com/VisitBrasil.

Seleção Internacional do PIG X Blogosfera Canarinho

15.05.2014
 

Primeiro foi a revista francesa France Football, com uma matéria "premonitória" sobre a Copa 2014. Agora a alemã Der Spiegel está agourando. Resenhistas esportivos internacionais aprenderam com críticos brasileiros de Economia: "Vai virar um caos aos 45 do segundo tempo!"

Fernando Soares Campos
Preliminar da Copa:Seleção Internacional do PIG X Blogosfera Canarinho

Momentos depois do gol de mão grande dos franceses, os alemães fazem gol de bunda contra o Brasil (Aqui)
_______________________________________________

Ilustração: AIPC – Atrocious International Piracy of Cartoons
_______________________________________________

PressAA


.

quinta-feira, 15 de maio de 2014

DOCUMENTOS REVELAM: OS EUA e o Golpe Militar de 1964

Claudio Machado compartilharam a foto de Dilma Rousseff.
EUA APOIARAM GOLPE
O envolvimento dos Estados Unidos com a ditadura brasileira foi, durante tempos, apenas uma desconfiança.
Mas a verdade sempre aparece.
Nesse caso, na forma de milhares de documentos descobertos nos dois países, comprovou-se o quanto o governo norte-americano foi responsável pelas atrocidades cometidas durante a repressão militar no Brasil.
Em meio à guerra fria, na disputa entre socialismo e capitalismo, a ideia do governo americano era influenciar o maior número possível de países, sobretudo na região, com sua ideologia radicalmente anticomunista. Principalmente depois da Revolução Cubana de 1959.
Os Estados Unidos agiram fortemente para abafar novos focos insurgentes e recuperar a hegemonia do continente americano. Com essa justificativa, decidiram, então, apoiar a instalação de governos ditatoriais na América Latina.
Eles não só patrocinaram marchas, como prestaram assistência a militares, infiltraram informantes e monitoraram passos dos dois lados da repressão: militares e perseguidos. Alguns documentos mostram que agentes da CIA deram treinamento em métodos de tortura a agentes da ditadura brasileira e de outras partes do continente.
Outros documentos comprovam que os norte-americanos estavam cientes das torturas aplicadas no Brasil e, ainda assim, investiram em armamento e treinamento dos militares. Tudo atribuído a uma suposta política de boa vizinhança.
O investimento foi tão pesado que o Departamento de Estado chegou a liberar 661 milhões de dólares em créditos para compras de armas pelos militares.
Agora, em uma excelente parceria da universidade Brown, de Providence (Rhode Island), com a Universidade Estadual de Maringá, os documentos do Departamento de Estado dos EUA sobre o Brasil, produzidos entre 1963-1973, serão digitalizados e disponibilizados em site de acesso livre.
A inciativa, nada mais é que uma maneira justa de trazer à tona todos os responsáveis pelos terríveis ‪#‎anosdechumbo‬.

¿Qué está pasando en Venezuela? - Versión Completa





Enviado e comentado por JACOB BLINDER





O vídeo elaborado de forma singela é extremamente didático para o público que pretende atingir que tanto pode ser crianças, adolescentes ou adultos. Através da magia do desenho animado, o vídeo aborda questões sobre os acontecimentos na Venezuela – e simultaneamente  transmite um alerta a todos nós,  já que as estratégias de desestabilizações políticas e econômicas realizadas no país caribenho poderão ser aplicadas também na maioria dos países da América Latina. O endereço do vídeo segue logo abaixo. Jacob David Blinder     
 
 
Vídeo produzido pela: Minga TV es una web TV que hace parte del proyecto de Comunicación Popular de la Universidad Popular del Buen Vivir, basada en Ecuador.

Fundação Zapata - NOTA de REPUDIO a violação em HONDURAS

México, D.F. a 14 de mayo de 2014

MANUEL ZELAYA ROSALES
Partido Libertad y Refundación (LIBRE)
P r e s e n t e

Emiliano Zapata Fundación de estudios e Investigación, A.C., 
 condena los actos violentos cometidos el pasado 13 de mayo 
del presente año,  por los miembros de la Policía Militar al ingresar
  al Congreso Nacional de la República de Honduras  y desalojar
  del recinto legislativo por la fuerza y violentamente a los
 diputados y   seguidores del Partido Libertad y Refundación (LIBRE). 

Esto es un acto violatorio a los legisladores y al Congreso
 de la República de Honduras y a los derechos humanos  
que lastima profundamente a al pueblo Hondureño.

Reiteramos nuestra solidaridad , con  los militantes , seguidores ,
 legisladoras, legisladores  del partido Libre ,
 con Xiomara  y a usted, esperando que estos actos intimidatorios,
  no debiliten la lucha que han decidido emprender a favor 
de la Igualdad y  Justicia del pueblo  hondureño  .


Solidariamente
 

Margarita Zapata Choiseul
Presidente de Emiliano Zapata
Fundación de estudios e Investigación, A.C.




Caos urbano a 30 dias da Copa (R.Kotscho) LAMENTÁVEL!

greve ok1 Greves, protestos, caos no Rio: é a Copa chegando

Com apenas 10% da frota de ônibus em circulação, linhas de trens e metrô superlotados, e mais 75 ônibus depredados, a população do Rio enfrentou outra manhã de caos nesta quarta-feira, a exatos 30 dias da abertura oficial da Copa do Mundo no Brasil.
Para quinta-feira, já estão programadas manifestações de protesto em todo o país e até no exterior, organizados pelos "Comitês Populares da Copa", que anunciam um "Dia Internacional de Lutas" com convites em inglês, espanhol, italiano e francês.
As greves se alastram não só pelo Rio mas em diferentes pontos do país, atingindo até os funcionários dos museus mantidos pelo Ministério da Cultura, que fazem parte da programação turística dos visitantes estrangeiros. Em São Paulo, além do protesto marcado para este dia na avenida Paulista, haverá passeatas dos sem-teto e estão previstas greves no transporte público.
Como vem sendo fartamente divulgado pela grande mídia e por redes sociais nos últimos meses, trata-se de um movimento muito bem organizado para criar um clima de guerra no país às vésperas e durante a Copa. Já tem muita gente com medo até de sair de casa nestes dias. O objetivo foi alcançado. O planejamento que faltou na Copa foi eficiente nos protestos.
O clima é o oposto daquele vivido nas ruas do país em festa quando foi anunciado, em 2007, que o Brasil sediaria a competição. Esqueceram-se que a Copa do Mundo sempre coincide com eleições presidenciais no Brasil. O atraso nas obras faraônicas prometidas à Fifa, torrando um caminhão de dinheiro público, e as denúncias de superfaturamento, acabaram servindo como combustível para as manifestações de protesto, que começaram em junho do ano passado, chegam esta semana ao ápice e não devem parar antes do dia das eleições.
Greves, protestos, caos no Rio : é a Copa chegando.

Pouco importa a esta altura se o Brasil vai ganhar ou perder dentro de campo. Do lado de fora dos estádios, os governos, em diferentes níveis, e o país como um todo, já foram derrotados, com a ampla divulgação mundo afora das nossas mazelas, amplificadas pelas imagens de uma explosão de violência sem limites e sem prazo para acabar.
Os prejuízos causados por esta guerra sem quartel e sem líderes visíveis já estão sendo calculados. Os donos de shopping centers, por exemplo, estão calculando uma queda de 62% nas vendas durante a Copa, segundo pesquisa feita pelo Ibope Inteligência, mas o pior ainda está por acontecer.
Das 167 obras anunciadas, apenas 68 estão prontas, de acordo com levantamento feito pela "Folha". Outras 88 não serão entregues a tempo e 11 foram abandonadas, o que vai dificultar principalmente o acesso aos estádios, ou seja, a decantada mobilidade urbana, reivindicação que está na raiz da maioria dos protestos. Em muitas cidades, a situação não só não melhorou, como as obras inacabadas tornaram ainda mais caótico o trânsito, a exemplo de Cuiabá e Rio de Janeiro. O próprio governo federal admite que haverá problemas também nos aeroportos e nos serviços de telecomunicação dos estádios.
Diante deste quadro assustador apresentado diariamente pela imprensa, fica difícil ser otimista e se preparar para a grande festa que costuma acontecer nos períodos de Copa do Mundo. Uma rara exceção neste deserto é o meu amigo Nizan Guanaes, que não perde as esperanças. Na mesma edição da "Folha" de hoje, que prevê o pior, sob o título "Enchendo a bola do Brasil", o publicitário chega a fazer um apelo, depois de reconhecer todas as dificuldades que enfrentamos neste momento:
"Mas não faz sentido achar que festa de aniversário é hora adequada para mamãe e papai discutirem a relação, brigarem diante dos convidados". Também acho, mas vai convencer disso os black blocs e todos os celerados que já se preparam para atacar, só esperando uma voz de comando. Para eles, o Brasil que se dane. Quanto pior, melhor.

Publicada no Site R-7 http://noticias.r7.com/blogs/ricardo-kotscho/2014/05/13/greves-protestos-caos-no-rio-e-a-copa-chegando/
enviado por Vitor Buaiz

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Preliminar da Copa: Seleção Internacional do PIG X Escrete Blogosfera Canarinho



Momentos depois do gol de mão grande dos franceses, os alemães fazem gol da bunda contra o Brasil
Primeiro foi a revista francesa France Football, com uma matéria “premonitória” sobre a Copa 2014. Agora a alemã Der Spiegel está agourando. Resenhistas esportivos internacionais aprenderam com críticos brasileiros de Economia: “Vai virar um caos aos 45 do segundo tempo!”
***

Revista alemã afirma que sonho da Copa no Brasil pode virar fiasco” (site Deutsche Welle)

“A um mês da Copa, a maior e mais importante revista da Alemanha, a  Der Spiegel, faz uma previsão sombria sobre o Mundial no país do futebol. Com o título "Morte e jogos", o semanário traz em sua capa uma imagem da bola oficial do torneio em chamas caindo sobre o Rio de Janeiro. Em três matérias, que juntas somam dez páginas, é apresentado um retrato dos atrasos nas obras, da insatisfação dos brasileiros com os altos custos do evento e dos prováveis embates nas ruas das cidades-sede.”

"Justamente no país do futebol, a Copa do Mundo pode virar um fiasco: protestos, greves e tiroteios em vez de festa", afirma a matéria, assinada pelo jornalista alemão Jens Glüsing e que leva o título de "Gol contra do Brasil". "As notícias serão sobre protestos e greves, problemas com infraestrutura e violência", prevê.

Enquanto na Alemanha os torcedores já estão vestindo a camisa da seleção nacional, e enfeites e adereços com as cores da bandeira estão à venda nas lojas, no país conhecido pelo carnaval, compara o jornalista, o clima é outro: "Nas favelas do Rio, policiais e traficantes se enfrentam de maneira sangrenta. Em São Paulo, gangues queimam ônibus quase todas as noites."

Para a Spiegel, o clima de festa só vai aparecer se a seleção brasileira vencer o torneio. Mas, caso isso não aconteça, a revista questiona se o país viverá uma onda de violência: "Os jogos vão terminar em pancadaria nas ruas? Políticos e funcionários da Fifa serão perseguidos por uma multidão enfurecida?" 

***

Der Spiegel também é cultura

A revista informa que o Maracanã, construído em 1950, era um símbolo contra o racismo e a ditadura.

"A arquibancada era redonda para que todos pudessem ter a mesma visão do estádio. Não havia divisões. Quando as equipes trocavam de lado, os torcedores davam a volta" (...) "E todos podiam entrar. Duzentas mil pessoas cabiam no Maracanã, era o maior estádio do mundo. Os ingressos no anel inferior eram tão baratos que até mesmo mendigos podiam comprá-los. Os franceses tinham a Torre Eiffel. Os americanos, a Estátua da Liberdade. Os brasileiros, o Maracanã."

(E fazia apenas 5 anos que os alemães haviam fechado os campos de concentração e apagado os fornos.)

Muitas reformas foram feitas nas últimas décadas, informa Spiegel.

O Maracanã virou shopping center com grama no meio, afirma a reportagem, e os ingressos mais baratos custam R$80,00. "Hoje o Maracanã tem a cara de qualquer estádio da Fifa. Podia estar em Londres, em Frankfurt ou em Yokohama", mas está no Brasil, uma pena. (...) "É uma arena para a televisão, e não para os brasileiros. É um assassinato cultural".

A Torre Eiffel modernizou-se, seus excelentes restaurantes e shopping com as mais chiques boutiques e grifes oferecem tudo o que as propinas da privataria podem comprar. Inclusive os ingressos para simples visitação. Caríssimos! Mas desbancou Disneyland Paris...

A Estátua da Liberdade hoje é símbolo da mais ferrenha ditadura do Planeta. Os visitantes também contam com infraestrutura moderna e pagam caro para chegar lá. Mas os piratas da privataria brasileira, por mau exemplo, preferem pagar ainda mais, utilizando water taxi, bem mais caro e confortável do que os ferry boats para vira-latas que não gostam do Cristo Redentor.

O Maracanã... Bem, o Maracanã é agora o novo Maraca... E os alemães que escaparam da guerra podem vir ver a gente fazer "gol contra" sua seleção.

Angela Merkel já garantiu presença na Fonte Nova. Entretanto os vira-latas endinheirados podem esquecer a Copa e fazer um tour pelos EUA ou Europa: Estátua da Liberdade, Torre Eiffel ou símbolos nacionais da Alemanha, como o...


Campo de Concentração de Dachau


Dachau, Baviera, Alemanha
Site
Atualizar os detalhes da atração

1.175 fotos do visitante
Hotéis premiados pelo Travelers' ChoiceVencedor do Travellers' Choice™ 2013Atrações
Reserve uma excursão
Tipo: Locais históricos
Taxa: Sim
Duração recomendada da visita: mais de 3 horas

Muito mais interessante do que 

uma reles partida de futebol


_______________________________________________

Ilustração: AIPC – Atrocious International Piracy of Cartoons
_______________________________________________

PressAA


.