Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Não SUPORTO .. Tapinha Nas Costas.. Joaquim Barbosa - Supremo Tribunal F...



Minhas considerações sobre a entrevista. Apenas nos primeiros 9 minutos!

Rebello
.

No vídeo: Ao ser perguntado sobre uma afirmativa sua recente que "a vida pública política no Brasil é quese um apedrejamento" o ministro responde:

"O que eu noto no Brasil é um processo paulatino de erosão das instituições e esse apedrejamento (dos politicos) parece fazer parte disso. Ocupar e exercer a função pública no Brasil, na visão de muitos, tornou-se um anátema. As críticas são muito acerbas e às vezes infundadas, fruto de incompreensão de como funciona o Estado."

O reporter continua:  "O Sr. acha que às vezes o fato do Brasil não ter ainda conseguido eliminar a corrupção de uma forma mais regirosa não contribui para este tipo de cobrança?"

O Ministro responde:

"Ah, sem dúvida, sem dúvida! Eu não quero justificar a corrupção Tupiniquim mas ela está presente em todos os países, em maior ou menor grau. Nós ainda não encontramos os mecanismos, a forma, correta e eficaz de combatê-la. Talvez estejamos adotando o método errado, ao meu ver. Me perguntaram isso recentemente em viagem que fiz à África. Fui abordado sobre esta questão. Eu venho refletindo sobre ela e tenho minhas dúvidas. Tenho minhas dúvidas se este método puramente repressivo é o mais eficaz de combater a corrupção. Talvêz medidas preventivas drásticas que doam no bolso, na carreira, no futuro dessas pessoas que praticam corrupção sejam mais eficazes."

Reporter: "Por isso que na votação da Ficha Limpa o Sr. foi contra que se chegasse ao final, última instância."
 
"Sim, claro.", responde ele. "
 
Reporter: O Sr. queria que houvesse ...
 
Ministro: "Mas é evidente! Por que permitir que uma pessoa já com duas condenações, ou seja, com uma condenação criminal ou com uma condenação por improbidade por duas instâncias judiciais, por que permitir que essa pessoa concorra aos cargos mais importantes? Não se trata, neste caso, de escolher funcionários públicos subalternos, mas escolher aqueles que vão dirigir o país!
 
Reporter: "Mas o argumento do outro lado tambem é forte ... pelo fato dele estar já condenado na última instância, não é?!"
 
Ministro: " É forte. Mas eu acho que faltou esclarecer um ponto fundamental. É que quando a pessoa é condenada em duas instâncias, os fatos pelos quais ela é condenada se tornam indiscutíveis. A última instância não pode mais discutir fato! Ora, se voce tem uma pessoa condenada nessas condições, por fatos que não podem mais ser discutidos judicialmente, Por que permitir que essa pessoa possa concorrer a um cargo eletivo?"

Ministro: "Sim, mas eu acho que faltou esclarecer um ponto fundamental. É que quando a pessoa é condenada em duas instâncias, os fatos pelos quais ela é condenada se tornam indiscutíveis. A última instância não pode mais discutir fato!  Ora, se voce tem uma pessoa condenada nessas condições, por fatos que não podem mais ser discutidos judicialmente,  Por que permitir que essa pessoa possa concorrer a um cargo eletivo?"

Nota importante:

Ao meu ver há uma necessidade de desambiguação nisto que ele acaba de dizer. Porque ele desvia do foco do assunto no meio da frase ainda que falando no assunto. Este é o seu truque de oratória para confundir e ao mesmo tempo dizer o que ele quer que seja assimilado. No caso acima qual é o impecilho do réu ser julgado em última instancia? Se como ele disse que na última instância os fatos não podem ser discutidos, qual então é o impecilho de chegar-se a um resultado final de última instância? Ou, no que ele parece querer colocar, qual é o benefício para o réu, condenado em duas instâncias inferiores, não ser condenado em última instância? Haveria a possibilidade do réu ser absolvido em última instância sendo condenado nas duas inferiores mesmo não discutindo-se os fatos que o incriminam? A última instância no Brasil então é o que? Uma lavanderia que beneficia corruptos? Abriu-se aí uma enorme porta para isto ser investigado. Porque ele está acusando este setor do judiciário de ser altamente corrupto!

E pergunta-se então: a corrupção destes políticos vem de onde? Não seria do sistema que molda e corrompe o comportamento dos empresários e politicos?  E ele próprio como Ministro Presidente da Suprema Corte do país não vem apoiando consistentemente este sistema? Afinal, o que temos visto é uma verdadeira cruzada do Ministro contra um partido, e não contra o sistema de corrupção! Porque se o Ministro fosse realmente justo ele iria atrás dos corruptores e corruptos igualmente, sem distinção de orientação ideológica ou partido politico!

Diante disto vejamos uma coisa curiosa:

A Presidente Dilma declarou, e vem atuando, para que as instituições (mencionadas pelo Ministro) sejam imparciais no sentido de apurar, julgar e condenar os envolvidos na Operação Lava Jato que envolve a Petrobras e uma gama de partidos. Entretanto há uma denúncia muito bem fundamentada pela Policia Federal de que vários delegados do Estado do Paraná,  responsáveis pela investigações e apreensões de criminosos nas maiores empresas de construção do país, foram os mesmos que durante as eleições dirigiram nas redes sociais as campanhas de difamação e calúnia contra a candidata Dilma e ex-Presidente Lula.

Aonde está o Ministro Barbosa nisso? Não se ouve um pio!
 
Não merece o Ministro o apedrejamento do qual tanto reclama? Afinal não vemos a injustiça do Ministro estampada no desempenho da sua função na mais alta corte do país?

Vejam notícias abaixo.
.
Delegados deixaram digitais: achavam que o golpe ia dar certo (Postado neste blog)

http://www.viomundo.com.br/denuncias/os-delegados-da-pf-tinham-tanta-certeza-de-que-o-golpe-daria-certo-que-deixaram-digitais.html
.

“SOMBRA” DA AP 470 EM DIVULGAÇÃO DA LAVA JATO

http://democraciapolitica.blogspot.com/2014/10/sombra-da-ap-470-em-divulgacao-da-lava.html

.

Agora reparem nisto:

Juiz da operação Lava Jato é indicado para vaga de Joaquim Barbosa no STF

http://folhapolitica.jusbrasil.com.br/noticias/144997806/juiz-da-operacao-lava-jato-e-indicado-para-vaga-de-joaquim-barbosa-no-stf?ref=news_feed
.

Rebello
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário