Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas. Clique na imagem acima.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

domingo, 2 de novembro de 2014

A Ditadura deixou um OVO - abaixo a Rede Globo

Democratização da mídia,Já!
MANIPULAÇÃO E CRIMINALIZAÇÃO DAS LUTAS DO POVO: A GENTE VÊ NA GLOBO
Por RAFAEL GOMES PENELAS / A Nova Democracia
Nos últimos dias, a maior facção do monopólio da imprensa - a Rede Globo - iniciou uma campanha intensa através do jornal O Globo e nos telejornais de seu canal de TV para, a todo custo, tentar criminalizar os presos políticos que obtiveram o habeas corpus ontem, 23 de julho, no Rio de Janeiro.
Um "show" de acusações com manipulação de informações e artigos policialescos que em nada devem aos que a própria Globo fazia na época em que era fiel colaboradora do regime militar. Pelo visto, o "apoio editorial" que a empresa deu ao golpe militar e que, segundo ela, teria sido "um erro", como afirmou em um editorial lançado no ano passado, não passa de pura demagogia.
"A verdade é dura, a Rede Globo apoiou a ditadura! (E ainda apoia!)", essa frase de ordem cantada nas manifestações de rua em todo o país demonstra sua justeza.
Desta vez, seus ataques se voltam contra algumas organizações populares que, julgam os senhores de The Globe, são "responsáveis pelos atos de violência e vandalismo". O Movimento Estudantil Popular Revolucionário (MEPR), a Organização Anarquista Terra e Liberdade (OATL) e outras organizações que fazem parte da Frente Independente Popular (FIP) têm sido os principais alvos da campanha de calúnias. Nem mesmo sindicatos escaparam de acusações de "financiamento".
O que talvez deixe os chefes da Rede Globo mais desnorteados é o fato de que, mesmo com todo o "espetáculo" armado e o bombardeio reacionário, mesmo assim, grande parte da população se mobilizou na defesa dos presos políticos, pela liberdade de manifestação e passou a compreender ainda mais o papel que o monopólio da imprensa burguesa cumpre.
O grupo Advogados Ativistas publicou em sua página um vídeo com algumas das falcatruas da Globo na cobertura dos acontecimentos, com a seguinte descrição:
"O vídeo revela o uso da semiótica para condenar manifestantes do Rio de Janeiro. Com base em depoimentos e documentos que tramitam em segredo de Justiça, a Globo cria sua própria narrativa, manipulando fatos e criando contextos. Importante ressaltar que tanto a denúncia quanto as escutas telefônicas, ainda não chegaram as mãos do desembargador e dos advogados dos acusados, no entanto, a emissora conseguiu todo o material em "primeira mão" e publicou no Jornal Nacional."
O vídeo pode ser visto no link:
Jornal Nacional publica e manipula documentos sigilosos

Nenhum comentário:

Postar um comentário