Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Ministra visita a Universidade e pede parceria para a Casa da Mulher Brasileira

Ministra visita a Universidade e pede parceria para a Casa da Mulher Brasileira

http://www.ufes.br/conteudo/ministra-visita-universidade-e-pede-parceria-para-casa-da-mulher-brasileira
Contar com a parceria da Universidade no processo de organização das ações da Casa da Mulher Brasileira, a ser instalada em Vitória. Este foi o pedido da ministra da Secretaria de Política para Mulheres do Governo Federal, Eleonora Menicucci, em visita à Ufes na tarde desta quinta-feira, 16.
A ministra foi recebida na sala de reuniões do Departamento de Administração dos Órgãos Colegiados Superiores (Daocs) pela vice-reitora Ethel Maciel, autoridades universitárias, professores, servidores técnico-administrativos e estudantes. Também participaram da visita a senadora Ana Rita Esgario e a deputada federal Iriny Lopes.
Na ocasião, a vice-reitora destacou a expressiva presença feminina na Ufes: “Temos 51% de mulheres entre nossos servidores. No cadastro de assistência estudantil, 70% dos estudantes cadastrados são mulheres, que necessitam de políticas específicas para a permanência na Universidade. E em nossos cargos de Administração, a maioria é ocupada por mulheres”.
A ministra afirmou que nos últimos anos foi possível identificar a ascensão da mulheres nas carreiras, mas o salário ainda é desigual: “À exceção do serviço público, os salários das mulheres ainda é inferior aos dos homens na mesma função, assim como é menor a participação das mulheres nos conselhos das empresas. Não faremos uma sociedade justa e igualitária sem a igualdade de gênero e a igualdade racial. Classe, gênero e raça são estruturantes da sociedade”.
Ao final do encontro, a estudante de Fisioterapia, Indira Reis, leu e entregou à ministra uma carta com reivindicações para as mulheres estudantes. Entre os direitos reivindicados estão o aumento de vagas nas creches universitárias para filhos de estudantes e a justificativa de faltas em caso de acompanhamento dos filhos a consultas médicas.
Serviços
A ministra veio ao Estado para vistoriar as obras da Casa da Mulher Brasileira, em Vitória. Ela destacou que o local, que funcionará na Rua Pedro Palácios, no Centro da capital, vai concentrar diversos serviços de atendimento à mulher, incluindo delegacia especializada, juizado e varas, defensoria, promotoria, equipe de atendimento psicossocial.
“Deixo um convite para que a Universidade participe desta grande empreendimento social. A Universidade pode contribuir, por exemplo, com projetos de extensão para a formação profissional das mulheres”, destacou.
Por Thereza Marinho, com foto de Jéssyka Saquetto (bolsista de projeto de Comunicação, supervisionada por Thereza Marinho)

Nenhum comentário:

Postar um comentário