Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

democratização da mídia


De 4 em 4 anos, em período de disputa eleitoral, fica ainda mais explícito o desserviço que a imprensa brasileira presta ao nosso país à nossa democracia.
A imprensa brasileira, ao contrário do que seria sua função social, desinforma o povo, mente, distorce os fatos, omite informações importantes, deturpa a realidade. É graças a esse anti-jornalismo que candidatos que não têm o que dizer conseguem se apresentar para uma disputa eleitoral e sustentar suas candidaturas apenas em mentiras. Enxurradas de mentiras.
Falam pelos cotovelos. Dizem o que querem. Sabem que estão mentindo, mas o fazem porque se sentem à vontade, protegidos pela ignorância do público. O povo, enganado por um jornalismo picareta, muitas vezes não dispõe das informações necessárias para se proteger desse assédio, desse estelionato eleitoral que é praticado a cada 4 anos. Muitas vezes, falta o conhecimento prévio que possibilitaria ao cidadão identificar a mentira que determinados candidatos tentam lhe pregar.
Se tivéssemos um jornalismo decente, muitos candidatos não teriam condições sequer de se colocar diante das câmeras de televisão porque não têm absolutamente nada a dizer que não possa ser facilmente desmentido. Se não fosse esse jornalismo de quinta categoria que se faz nesse país, o psdb, por exemplo, não seria mais que uma associação de bairro, de Higienópolis/SP. No entanto, estão aí, nos azucrinando e debochando da nossa cara com suas mentiras deslavadas.
A propaganda eleitoral do candidato Aécio Neves, que foi ao ar nesta terça-feira à noite (23/09), afirmou que a presidenta Dilma DEU dinheiro para a construção do porto de Mariel, em Cuba. Por se tratar de um financiamento de Estado, via BNDES, o PT tem que entrar com pedido de direito de resposta para restituir a verdade. Espero que o departamento jurídico do Partido dos Trabalhadores e da campanha da candidata Dilma Rousseff tomem as devidas providências.

E não desistiremos, seguiremos nessa luta.  Importante que todos acessem e percebam :

Por Valdir Fraga Junior: Valdir Fraga Junior( ex preso poliico, grande militante) -Uma coisa temos convicção o papel da imprensa na sua qualidade de imagem e semelhança da classe dominante. Outra coisa é saber como podemos atuar nesse campo tendo em vista o papel importantíssimo das redes sociais! Esse papel tenho acompanhado e não podemos de maneira nenhuma deixar de reconhecer o valor de diversos Blogs, artigos etc e tal de companheiros, assim como Rafael Patto, Maria Ana Helena Ribeiro Tavares e outros e outros! A construção do porto de Mariel em Cuba, como aborda com muita clareza a postagem do RP, e outras questões que a direita raivosa gosta de distorcer. Temos que ter na ponta da língua todos os programas de inclusão social da presidentA Dilma Rousseff, temos que ter noção do que representa essa nova ordem mundial que China, Rússia e países do sul, de nossa América sofrida através do .......,. Outra coisa que vejo importante são as reuniões de Blogueiros para debater problemas em comum e nos organizar para uma ofensiva mais eficiente, assim como a organizada por Fernanda Tardin Tardin, e diversas companheiras e companheiros no Sul do ES!
8 min · Descurtir · 1

Fernanda Tardin Tardin precisamos , como fala o Valdir Fraga Junior, perceber que a NET é nossa trincheira de organização e mobilização e que a rua é importante para consolidar o que agregamos aqui. Passada a eleição URGE irmos as ruas em bloco, fazer a campanha de democratização da Mídia. juntos somos fortes.
2 min · Curtir

Fernanda Tardin Tardin e aqui, seguiremos nos encontros. independente de quantos vão, pq. é assim a construção: aos poucos. De uma coisa é certa: fomos vistos e aos poucos criaremos o costume de participação coletiva. vale Valdir Fraga Junior, sua presença é fundamental. hasta siempre hermano. venceremos essa batalha da ditadura imposta sob a mascara da conhecida ' democracia'. Bjao



 " Juramos Vencer, Venceremos'.JUNTOS SOMOS FORTES.

Nenhum comentário:

Postar um comentário