Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas. Clique na imagem acima.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Blogs sujos pelos esgotos do PIG - Partido da Imprensa Golpista



Até 5 de outubro, muito esgoto vai passar por debaixo dessa ponte...

______________________________________________________




8 de setembro de 2014 | 18:18 Autor: Fernando Brito
Os nossos jornais, bons em escândalo e muito ruins em juntar pecinhas,  deixam de informar aos seus distintos leitores as razões de Paulo Roberto Costa, o autor da tal delação premiada, ter arrolado Eduardo Campos como sua testemunha de defesa e, depois, desistido de seu depoimento.
Que negócios, afinal, os uniam?
Quem quiser uma boa pista, procure saber da investigação, aberta há três meses – dia 9 de junho – pela Controladoria Geral da União sobre o uso da antecipação de recursos feita pela Petrobras ao Governo do Estado de Pernambuco, para que este fizesse as obras de modernização do Porto de Suape e do entorno da Refinaria Abreu e Lima, próxima a ele.
E por razões que vêm lá de longe e não se pode separar do “rompimento” entre Eduardo Campos e o Governo Federal.
Vou fazer uma rememoração de fatos, quem sabe haja algum “jornalista investigativo” ainda capaz de seguir as pistas.
Que, afinal, estão todas publicadas nos jornais, esperando apenas que alguém as reúna.
Em 2008, Eduardo Campos e Paulo Roberto Costa assinaram, com direito a ampla cobertura da mídia, um acordo pelo qual a Petrobras anteciparia ao Governo de Pernambuco, R$ 475 milhões para obras de ampliação e aprofundamento de Suape, como antecipação das tarifas portuárias  que teria de pagar pelo uso futuro de suas instalações.
Nada de errado nisso, faz parte do processo federativo delegar obras e prover recursos.
Só que isso colocava diretamente sob o controle do Governo estadual as licitações, contratações e pagamentos, cabendo à Petrobras, simplesmente, repassar recursos à medida em que o projeto avançasse, no que, em administração pública, chamamos de “cronograma físico-financeiro”.
Mas a coisa, em Pernambuco, não andou. E só em 2011, com a interveniência da Secretaria Especial de Portos do Governo Federal – comandada, aliás, pelo PSB – foi dada a ordem de serviço para o início das obras de dragagem, festejada pelos socialistas.
Elas foram licitadas  e contratadas com base apenas no projeto básico e tiveram um reajuste  de R$ 62 milhões no preço, de R$ 275 milhões para R$ 337 milhões.
Em maio de 2013, a obra de dragagem  - ganha pela holandesa Van Oord – foi interrompida por falta de pagamento.
A Secretaria de Portos da Presidência (SEP)  parou na metade o repasse de verbas, porque rejeitou as prestações de contas apresentadas pela administração do porto, ligada ao governo estadual.
Além disso, como narrou, na época, o Estadão, “a SEP diz que os custos de mobilização e desmobilização da obra em Suape são muito superiores aos praticados em 14 portos brasileiros. O valor orçado é quase o dobro do maior preço pago em outras unidades. Gestores do porto alegam que os equipamentos usados ali são diferenciados, o que eleva os preços.”
O Governo Dilma não recuou diante das pressões de Campos pela liberação e é o próprio jornal paulista quem diz que o episódio Suape “ foi causa de embate entre Dilma e Campos”.
E o processo avançou para o inquérito aberto pela CGU, órgão diretamente subordinado à Presidência, com base naquele antigo documento, de 2008, ” assinado pelo então diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, hoje preso no Paraná por conta de supostos desvios de recursos públicos empregados na refinaria de Abreu e Lima; o então governador de Pernambuco, Eduardo Campos, candidato do PSB à Presidência da República; e o presidente do Porto de Suape na época, Fernando Bezerra Coelho, ex-ministro de Integração Nacional no governo da presidente Dilma Rousseff, aliado de Campos e candidato ao Senado por Pernambuco”.
Fernando Bezerra Coelho, aliás, tem irmão, cunhada e filho na lista do doleiro Alberto Youseff.
Todas as informações elencadas aqui são públicas e publicadas antes do acidente fatal de Eduardo Campos, que podia se defender delas.
Restringem-se a fatos e processos administrativos e não contêm, como reclama Marina, qualquer “ilação”.
Mas provam, de maneira inequívoca e factual como o Governo Dilma, há mais de um ano, investigava a regularidade dos negócios de Paulo Roberto Costa e, especificamente, aqueles em que teve entendimentos com o então governador de Pernambuco, Eduardo Campos.
Como a imprensa brasileira faz política eleitoral  e não jornalismo, ainda está avaliando se “deixa” que este quebra-cabeças seja montado aos olhos de seus leitores, aguardando para ver se “interessa” ou não aos seus planos políticos.
Mas, pessoalmente, acho que não dá para “segurar”.
______________________________________________
Publicado em 06/09/2014

DOLEIRO DETONA BLÁBLÁ


“Nova política” tinha Caixa 2 ou eram 3 ?

EMPRESA QUE PAGOU JATINHO QUE LEVAVA EDUARDO CAMPOS TERIA RECEBIDO R$ 100 MIL DE DOLEIRO



A empresa Câmara & Vasconcelos, que teria pago R$ 159,9 mil para custear parte da compra do jatinho de campanha do PSB que caiu matando o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos e outras seis pessoas, teria recebido R$ 100 mil reais da MO Consultoria; uma empresa que a Polícia Federal (PF) considera de fachada e que é controlada pelo doleiro Alberto Youssef, que foi preso durante a Operação Lava Jato.

As informações são do jornal Folha de S. Paulo que cruzou a lista de fornecedores da Lava Jato com a das empresas que teriam custeado o jatinho, segundo a AF Andrade; que aparece junto à Agência Nacional de Avião Civil (Anac) como dona do avião, mas que afirma ter vendido a aeronave para os empresários pernambucanos João Carlos Lyra Pessoa de Mello Filho, Apolo Santana Vieira e Eduardo Ventola. Os dois documentos estão em posse da PF.

Ao todo, a AF Andrade diz ter recebido R$ 1,71 milhão pelo pagamento do avião, em 16 depósitos. A suspeita da polícia é que esse dinheiro seja proveniente de caixa dois.

Reportagem do Jornal Nacional mostrou que a Câmara & Vasconcelos tem como sede uma sala vazia em Nazaré da Mata. O dono é Paulo César de Barros Morato, que afirmou ao jornal paulista desconhecer tanto Youssef, quanto a MO Consultoria. Ele confirmou o empréstimo a João Carlos Lyra para o pagamento do jatinho.

A Folha de S. Paulo também procurou o PSB, que disse não saber da relação entre Youssef e a Câmara & Vasconcelos. O partido tem dito que não tem responsabilidade sobre o processo de compra do avião.


Da Folha, em abril:

IRMÃO DE DIRIGENTE DO PSB PEDIU DINHEIRO A DOLEIRO, DIZ POLÍCIA


Mensagens indicam repasses a parente do ex-ministro Fernando Bezerra, aliado de Eduardo Campos em PE

Depósitos de Alberto Youssef alimentaram as contas do filho e da mulher do ex-presidente da Codevasf


Ex-presidente da Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba) e irmão do ex-ministro Fernando Bezerra, Clementino de Souza Coelho foi flagrado na Operação Lava Jato, da Polícia Federal, pedindo dinheiro para o doleiro Alberto Youssef.

Clementino presidiu por um ano a Codevasf, uma empresa pública vinculada ao Ministério da Integração Nacional, comandado por Fernando Bezerra de 2011 a 2013. Bezerra, que escolheu o irmão para o cargo, chefiou o ministério por indicação do PSB e é homem de confiança do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, pré-candidato do PSB ao Planalto.

A PF interceptou trocas de e-mails de Clementino com o doleiro, preso desde março.

A polícia encontrou nas mensagens comprovantes de depósito em valores fracionados para “João”, além de pedidos de dinheiro para “Maria” e “Fábio”.

Números indicados por Youssef nas mensagens como os dos CPFs dos favorecidos correspondem aos documentos de João Clementino de Souza Coelho e Maria Cristina Navarro de Brito, respectivamente, filho e mulher de Clementino de Souza Coelho.

“Fábio” é descrito pela PF como Fábio Leivas, que a polícia não diz quem é. A Folha não conseguiu identificá-lo.

Em um dos e-mails, de 30 de janeiro deste ano, Clementino enviou a Youssef, a quem chama de primo”, dados de uma conta bancária com os dizeres: “assim sendo fica: Fabio 30, Maria aprx 35, joao 60″. A expressão “aprx” significa “aproximadamente”.

No dia seguinte, o ex-presidente da Codevasf cobrou por e-mail: por favor, assegure que as entregas serão feitas hoje ainda os 3 endereços fornecidos, sendo JOAO 60, FABIO 30 E MARIA OS 35…”.

No dia 4 de fevereiro, Youssef enviou os dados bancários de João Clementino e Maria para um contato que a PF suspeita auxiliar o doleiro no possível “cometimento do crime de evasão de divisas”.

O contato do doleiro escreveu “60.000,00” embaixo do nome de João e “35.289,00” embaixo de “Maria”. A PF apreendeu ainda comprovantes de depósitos em nome de João Clementino, em valores diversos, segundo o relatório: “R$ 500, R$ 10.000, R$ 9.900″.

A Folha tentou falar ontem diversas vezes com Clementino e Maria Cristina. Deixou recados com uma funcionária do casal, mas não obteve resposta. A Folha não conseguiu localizar João Clementino.

Procurado pela Folha, o ex-ministro Fernando Bezerra disse desconhecer o assunto e prometeu entrar em contato com o irmão para que ele desse mais esclarecimentos, mas não pôde localizá-lo.

Bezerra deixou o governo em 2013, após Eduardo Campos romper com o PT para se lançar candidato ao Planalto. Segundo Bezerra, Clementino não é filiado ao PSB.

Em janeiro de 2012, Clementino teve de deixar a presidência da Codevasf, após acusações de que Bezerra teria ignorado o decreto antinepotismo ao manter o irmão na estatal durante um ano. Ele foi nomeado após Bezerra tomar posse no Ministério da Integração Nacional.

A Codevasf possui um orçamento bilionário para investir em obras como a perfuração de poços para o combate à seca no Nordeste.

Clique aqui para ler “Nova política. Dudu e Paulo Roberto”

Fernando Bezerra, Paulo Roberto e Eduardo Campos
_________________________________________________________


Fernando Bezerra, Paulo Roberto e Eduardo Campos
_________________________________________________________

Eduardo Campos, Marina Silva e Bezerra em campanha
______________________________________________________

Em campanha, Marina, Beto Albuquerque e Bezerra (Foto: Estadão)
_______________________________________________________
Leia matérias relacionadas em...

Lava Jato e Pasadena: Quem são os domadores de gabiru?



_______________________________________________________
Facebookada
Operação Lava-jato 
(Sinopse extraída do site da Polícia Federal)

Desarticular organizações criminosas que tinham como finalidade a lavagem de dinheiro em diversos estados da Federação.
Total de Prisões: 28
Operação Lava Jato desarticula rede de lavagem de dinheiro em 7 estados
17/03/2014

Operação Lava Jato desarticula rede de lavagem de dinheiro em 7 estados 
Curitiba/PR – A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje, (17/03) a Operação Lava Jato, para desarticular organizações criminosas que tinham como finalidade a lavagem de dinheiro em diversos estados da Federação.

De acordo com as informações fornecidas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF/MF) e obtidas pela Polícia Federal, os grupos investigados registraram comunicações de operações financeiras atípicas num montante que supera os 10 bilhões de reais.

A operação contou com a participação de aproximadamente 400 policiais federais que deram cumprimento a 81 mandados de busca e apreensão, 18 mandados de prisão preventiva, 10 mandados de prisão temporária e 19 mandados de condução coercitiva, em 17 cidades dos seguintes estados: PR (Curitiba, São José dos Pinhais, Londrina e Foz do Iguaçu), SP(São Paulo, Mairiporã, Votuporanga, Vinhedo, Assis e Indaiatuba) DF(Brasília, Águas Claras e Taguatinga Norte), RS(Porto Alegre), SC (Balneário Camboriú), RJ (Rio de Janeiro), MT(Cuiabá). Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal no Estado do Paraná.

São cumpridas também ordens de seqüestro de imóveis de alto padrão, além da apreensão de patrimônio adquirido por meio de práticas criminosas, e bloqueio de dezenas de contas e aplicações bancárias.

O grupo investigado além de envolver alguns dos principais personagens do mercado clandestino de câmbio no Brasil é responsável pela movimentação financeira e lavagem de ativos de diversas pessoas físicas e jurídicas envolvidas com crimes como o tráfico internacional de drogas, corrupção de agentes públicos, sonegação fiscal, evasão de divisas, extração, contrabando de pedras preciosas, desvios de recursos públicos, dentre outros.

* A operação foi assim intitulada porque um dos grupos fazia uso de uma rede de lavanderias e postos de combustíveis para movimentar os valores oriundos de práticas criminosas.

Será concedida entrevista coletiva às 14h30 no auditório da Superintendência da Polícia Federal no Paraná, localizada na Rua Sandália Monzón, 210, bairro Santa Cândida, Curitiba/PR. 

*****

AMOSTRA GRÁTIS DO QUE ESTÁ ACONTECENDO HOJE

Paulo Roberto Costa, preso na Operação Lava Jato, revela nomes de supostos envolvidos com propinas da Petrobras. Tal atitude faz parte de um acordo de delação premiada que Costa fechou no dia 22 de agosto com os procuradores da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, que querem saber como os contratos da Petrobras eram superfaturados e como o valor a mais retornava para os políticos. Delação premiada é a figura jurídica na qual um réu conta o que sabe à Justiça em troca de redução de pena.

Em seu depoimento, Paulo Roberto Costa cita pelo menos 25 deputados federais, 6 senadores, 3 governadores, um ministro de Estado e pelo menos três partidos políticos PT, PMDB e PP, que teriam tirado proveito de parte do dinheiro roubado dos cofres da Petrobras.

Entre os envolvidos estão o ministro Edison Lobão ( Minas e Energia), o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, os presidentes da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), os senadores Ciro Nogueira (PP-PI), Romero Jucá (PMDB-RR) e os deputados Cândido Vaccarezza (SP), João Pizzolatti (PP-SC) e Mário Negromonte (PP).

Entre os governadores, o ex-diretor cita o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), a governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), e o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), morto no dia 13 de agosto em um acidente aéreo em Santos (SP).

*****

NÃO EXISTIA COMBATE À CORRUPÇÃO POLÍTICA ANTES DO GOVERNO LULA
Clique e leia completo, com gráficos e dados verdadeiros

*****

QUE GOVERNO CORRUPTO! CORRUPTO E BURRO! 
Quem já viu uma coisa dessas?! 
Reestruturar a Polícia Federal e ainda soltar nos calcanhares dos corruptos que mamam nas tetas da Petrobrax! 
Assim não pode! Assim não pode! Assim não dá!

*****

___________________________________________________



TEM QUE BOTAR NA CADEIA

Esses 66 blogueiros que estão sendo processados por Aécio Neves, tem de ser jogados no fundo da mais infecta e fedorenta cadeia do mundo.

Onde já se viu falar que um homem desse, pai de família, que não sai da igreja, neto do velho Tancredo e dona Risoleta, da tradicional família mineira, constrita e formada nos usos, que oferece corajosamente toda a sua vida e felicidade em sacrifício ao bem da Nação, tem algum defeito ?

Mentem, descaradamente, quando dizem que ele é um alcoólatra e toxicômano irrecuperável e que passa até temporadas internado em ala exclusiva do Hospital Mater Dei, em Belo Horizonte. O senador é homem de saúde inabalável. Nem gripa. Fazer o que em hospital?

Outra injúria é dizer que ele é traficante de mineral estratégico brasileiro, o nióbio. Ou que já pagou dívidas da TV Globo com dinheiro do contribuinte. Blasfêmia maior não existe do que pelo menos sonhar que ele reformou um aeroporto inexistente na cidade de Itabira. Ele não é doido. Se o aeroporto não estava lá, como ele ia reformá-lo?

Esse negócio de falar que ele construiu um aeroporto dentro da fazenda do seu tio Mucinho, na cidade de Claudio, gastando 14 milhões do povo, é a maior das sacanagens. Tá certo que a tal pista fica a seis km de sua própria fazenda. Mas onde ele ia arrumar outro lugar dentro daquela cidadezinha ? Um ovinho de passarinho.

Sobre o aeroporto de Montezuma, dentro da fazenda dele e da irmã Andréa, é a maior mentira desse mundo. É que estão confundindo a pista com uma estrada boiadeira, retinha e bem patrolada que, sem querer, alguém asfaltou. Quem sabe não foi o próprio prefeito ?

Agora, terrível mesmo, é sair por aí dizendo que ele tem um filho escondido com a Rita Camata. Isso eu não tolero. Ele e o Gerson são amigos íntimos. Vamos que a senhora é realmente muito bonita. Mas vocês acham que ele seria doido ao ponto de meter a cara com ela e que além de tudo ia, na hora H, esquecer de usar uma camisinha? Vocês são muito bestas mesmo.

Sabe outra coisa que não tolero ? É falarem por aí que o pai dele, Aécio Cunha, deputado da saudosa ARENA e valoroso PFL, foi agente secreto dos EUA aqui na nossa terra. Que foi financiado pela CIA em suas campanhas eleitorais e que, no IBAD, tramou e ajudou na execução do golpe militar de 64. Terrível isso. O homem era um pecuarista de mão cheia. Ora essa.

Agora, quer me deixar puto mesmo? É só falar que os parentes deles tem ou já tivera algum dia trabalhador escravo. Ninguém ali vai desrespeitar um decreto de uma princesa. E falar que o senador ficou rico grilando terras públicas é o maior disparate . Quanto mais ele que quer governar o Brasil vai tomar terras de sua própria pátria? Além do mais ele é de família bem de vida. Precisa roubar nada não. Se gostar de uma terra ou outra, compra e ponto final. 

Censurar a mídia em Minas Gerais, mandar demitir jornalista que o enfrentasse, dar ordens por telefone sobre matéria que podia ou não podia sair ? Coisa de maluco. Os jornais mineiros é que são sacanas mesmo. Qualquer coisinha botam o sujeito na rua. Gente ruim de serviço tem que ferrar mesmo. E quem fala mal de um homem igual a esse não passa de um demente, invejoso.

Ainda sobre mídia, dizem que ele mandou empastelar o Novo Jornal, publicação virtual do Marco Aurélio Carone e que, ainda por cima, mandou prender o sujeito.Duvido. Toda vez que o jornal dava uma pancada nele, abrir espaço para o contraditório. Se ele não usava, minha gente, é porque não queria. Então não tinha motivo pra desavença. Não acham ? Se o jornal não deixasse ele falar é que tava errado. Agora o Carone tá mesmo preso desde janeiro. Tá na Nelson Hungria, de cadeira de rodas, mas é porque está aguardando vaga em Guantanamo. Não é problema do Aécio.

E o desvio de 4.3 bi da Saúde quando era governador e o Marcos Pestana era secretário da pasta ? Só gente doida da cabeça pra falar uma besteira dessas. O que mais caracteriza o senador Aécio Neves é a compaixão ( compadecer com ) por aqueles que sofrem, que não tem onde tratar, comprar remédios. Esse povo que não tem dinheiro nem para pegar lotação e comer pastel na porta dos postos de saúde. Não acredito mesmo que um homem religioso igual a ele ia fazer uma maldade desse tamanho.

E a a tal Lista de Furnas ? Ele e a Andréa botando a mão naquela imundice de dinheiro , um caso que é pai de todos os mensalões ? KKKKKKkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Acha que ele e ela são doidos? É a mesma coisa do mentiroso mensalão tucano de 1998. Aquilo foi coisa do Eduardo Azeredo e do Eduardo Guedes. Ele não ficou nem sabendo. Traição pura.

Já a contratação de mais ou menos 100 mil funcionários sem concurso, que depois o STF mandou demitir aí uns 70 mil, ele tava viajando no dia e o Anastasia, coitado, sem querer mandou o povo entrar. Quando ele chegou de viagem chamou o povo no colo, mas aí o trem foi enrolando e deu dó nele. Foram ficando até que o Joaquim Barbosa descobriu. Cês sabem, JB é mau.

E tem muita coisa mais que andam falando dele, Então, meu povo, esses blogueiros fajutos tem mesmo é que entrar no pau de arara pra tomar vergonha na cara. 

E quem por aí der um pio, entrego na hora.

Comigo é assim: ferro no úc dos necessitados;
 — com Fernando Soares Campos.
TELETUCANO

PSDB contrata 9.000 militantes virtuais

GGN - ENVIADO POR MICHEL 

Da série: só é escândalo se for obra do PT. Segundo o 'Painel' da Folha, o PSDB estaria contratando 9.000 mil militantes virtuais para elogiar Aécio e falar mal de Dilma e PT. A informação da contratação da militância virtual está escondidinha na própria Folha, numa entrevista (clique AQUI) com César Maia (DEM-RJ), que chamou tal iniciativa de “antirrede social''; de "guerrilha" que poderá ser um "fracasso completo''.

Segue abaixo o texto de Leonardo Simões, do Brasil Diário. 

Dispostos a vitaminar a candidatura de Aécio Neves, o PSDB contratou nove mil militantes virtuais. O objetivo é que a tropa atue nas redes sociais em favor do mineiro.

Até o fim de maio, eles passarão por 300 sessões de treinamentos.

Os tucanos vão bancar os equipamentos e custos. A ordem para os militantes é espalhar notícias favoráveis ao mineiro, e todo tipo de crítica negativa ao governo Dilma.

Segundo um dirigente tucano, muitos são voluntários. Mas, reservadamente, admitiu que o partido dá uma ajuda de custo para incentivar a adesão.

Essa não é a primeira vez que Aécio contrata pessoas para falar bem dele. A ideia de manter um QG é antiga, e recentemente ele acionou a Justiça para retirar do ar links que tivessem matérias ruins relacionadas ao seu nome. A Justiça negou o pedido.

  • Fernando Soares Campos "Mais de 26% podem mudar o voto por causa das redes sociais, aponta pesquisa" --- Apesar do percentual dos que confiam nas informações veiculadas sobre política ser baixo, 23,5% nas redes sociais, o conteúdo disponibilizado nesses canais pode mudar o voto de 26,5% dos entrevistados. A pesquisa do Instituto MDA, encomendado pela Confederação Nacional do Transporte, avaliou o uso das redes sociais para se informar sobre política.

    Acredito que pesquisas influenciam na decisão do voto. Só discordo quando tentam passar a ideia de que os verdadeiramente decididos mudam em massa para outro candidato, ou para outra corrente política. O que estamos assistindo é a mobilidade dentro de correntes específicas. Mas pesquisas não devem ser analisadas apenas no que diz respeito à intenção do voto quanto ao percentual. Não, não bem assim. Existem muitos outros fatores a serem observados. 

    Observemos que eles não divulgam outros tipos de pesquisa, como, por exemplo, uma pesquisa que revelou que os eleitores que declaram suas intenções de voto (um grande percentual deles) responderam que suas declarações eram provisórias, ou seja, poderiam mudar de candidato. Nessa pesquisa, os decididos mais convictos foram os da presidenta Dilma. 

    Pena que não salvei o artigo com a análise. Mas, para se ter uma ideia, cerca de 65% dos que haviam declarado intenção de voto em Eduardo Campos disseram que poderiam mudar, os de Aécio apareciam por volta de 50%, enquanto a presidenta Dilma ficava longe deles, com aproximadamente 25% dos que declararam voto nela dizendo que poderia mudar. Os números que apresento aqui não são exatos, pois, como já falei, não encontrei o texto com a análise da pesquisa. Mas me lembro bem que eram muito próximos do que estou expondo...
    ***
    Dizem os grandes pensadores, e eu concordo, que um revolucionário, ou mesmo militante, motivado por ideais, vale por 1.000 mercenários... (1/1.000) Aí é só fazer as contas e ver o quanto estamos na frente... Dá pra se ter uma ideia do nosso poder de fogo... 
    ***
    Sem a militância na internet, Lula teria sido golpeado, Dilma jamais seria presidenta da República, e o Brasil estaria hoje vivendo a pior de todas as recessões: desemprego, entrega do que restou do patrimônio público na era FHC e crise generalizada... É isso que estão aprontando para nós brasileiros... Golpe! Não passarão!

  • Tamar Silva Eleitor por paixão, como nós, é pra toda vida....
    Os indecisos vão vendo o desgaste d Marola e Poécio...
    Nós cresceremos o suficiente p ganhar essa eleição no primeiro turno. Agora q tá passando a era da compaixão pela morte d EC, seremos invencíveis! !!...Ver mais
  • Márcio Cândido Podem colocar 90 mil que não vai a lugar nenhum. A tucanalha do Aécio sifu!

GENERAIS DE PIJAMA DIZEM QUE 
QUEREM MUDANÇA
DERRUBAR DILMA A QUALQUER CUSTO
POR ISSO APOIAM MARINA


Marina já se comprometeu que, caso eleita, não vai mudar a Lei de Anistia, que perdoa os torturadores do regime de 64

Em 2008, em artigo publicado na Folha, Marina Silva disse: "A tortura é crime hediondo, não é ato político nem contingência histórica. Não lhe cabe o manto da Lei da Anistia”. 

Ou seja: Marina condenava os torturadores do regime de 64, ou de futuro regime ditatorial que possa assaltar o nosso país.

Os anos se passaram, e agora Marina, candidata do PSB, tem outra opinião.

Na sabatina realizada pelo portal G1, na quarta-feira (3), Marina mostrou seu novo posicionamento: Ela é contra rever a Lei de Anistia.

Quer dizer: para Marina, tudo deve ficar como dantes no quartel de Abrantes.

Com isso, Marina conquistou a simpatia e apoio dos generais de pijama, aqueles que ocuparam os mais altos postos das Forças Armadas durante a ditadura civil-militar que se instalou no Brasil a partir de 1º de abril de 1964.

Dentre muita sandice expressa no editorial do Clube Militar a favor de Marina, destacamos esse trechinho:

“As mudanças podem ser para melhor ou para pior, desde que interrompam a malfadada corruptocracia instalada no poder pelo lulopetismo.”

Gen Clovis Purper Bandeira – Editor de Opinião do Clube Militar

PressAA: Para conhecer a ficha do general Puper, use este link

*****

Assim, concluímos que, para eles, pode ser qualquer porcaria, pode ser "mais" corrupto, pois pode ser pior, pode ser o diabo, pode até ser Marina...

...o importante é acabar com a farra do povo.

*****

PT defende revisão da Lei de Anistia em programa do governo Dilma

***

  • Walter Rabelo QUEM DIRIA MARINA SILVA QUE LULA TANTO AJUDOU PARA TIRA-LA DA PERSEGUIÇÃO DO PSDB E DEM E DA DITADURA MILITAR DEFENDENDO OS TORTURADORES DOS HOMENS E MULHERES QUE COMO DILMA FORAM PRESOS E TORTURADOS COVARDEMENTE PELA DITADURA..
  • Edlena Nobrega Eu já esperava. Não duvido de mais nada sobre a deficiência de caráter dessa senhora.
  • Alexandre Maximo · Amigo(a) de Ricardo Eugênio
    Ingratos esse milicos, na era FHC tavam muito mais fudidos
  • Maria Lima · Amigo(a) de Walter Rabelo
    Esse filme eu já assisti em 1964, quando a UDN, os grandes empresários e a CIA orquestraram a pior ditadura Sul Americana!!! Quem se lembra da Marcha da Família com Deus pela Liberdade?? Então, o perigo mora ao lado!!
  • Edlena Nobrega Ainda me lembro de ver minha família depositando "Ouro para o bem do Brasil". Cresci e nunca mais vi o resultado!
  • Nataniel Barros Dos Santos Barros Santos · Amigo(a) de Walter Rabelo
    Desta figura podemos esperar tudo de ruim
  • Valerio Lopes · Amigo de Walter Rabelo e 1 outra pessoa
    E uma película do atraso, mas sabemos que daremos o troco,nesta senhora e os correligionários que o apoiam,Dilma ganha no primeiro turno!!!! Sem dúvida

  • Fernando Toledo Martins A Marina perdeu a compostura. Será que um dia ela teve?

__________________________________________________

Ilustração: AIPC – Atrocious International Piracy of Cartoons
_________________________________________________

PressAA


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário