Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas. Clique na imagem acima.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

sábado, 26 de julho de 2014

Os Gigantes da Diplomacia Mundial --- Economia: Quantos palestinos valem 1 sionista-israelense --- Cinema: SIONIBAL - O ciclope devorador de anão --- Mauro Santayana: De cegos e de anões




PressAA Economia

Guerra na Terra Santa, lógica do equilíbrio de forças: Cada sionista-israelense equivale a 23 palestinos

Gigante da diplomacia, Israel fecha acordo de 12 horas de trégua com o Hamas, depois de matar 844 palestinos e sofrer 38 baixas. O equilíbrio entre o número de mortos de cada lado pode ser explicado pelo fato de que o PIB per capita de Israel é de cerca de U$ 25.300,00, enquanto na Faixa de Gaza não passa de U$ 1.100,00, mais ajuda de doações externas. 

Assim sendo, cada sionista-israelense vale 23 palestinos. Portanto, para os 38 israelenses tombados, 874 palestinos já deveriam ter sido executados. Israel pretende cobrir o déficit  após a pausa para abastecer a artilharia. (Cálculos feitos com a colaboração do espírito Bob Fields, psicografado pelos nosso médium de plantão.)


25/07/2014 17h30 

Israel e Hamas aceitam trégua de 12 horas na Faixa de Gaza

Mais cedo, proposta de cessar-fogo americana foi negada por Israel.
Conflito de 18 dias matou 844 palestinos e 38 israelenses.

Confrontos e protestos
Autoridades de Gaza disseram que ataques de Israel mataram 55 pessoas nesta sexta-feira, incluindo o chefe de mídia do Jihad Islâmico, aliado do Hamas, e também seu filho. Assim, o número de mortos palestinos em Gaza em 18 dias já totaliza 844 pessoas, a maioria civis, segundo informa a Reuters.
_____________________________________________________
Facebookada



Cinema

SIONIBAL - O ciclope devorador de anão

Indicado para o Oscar de pior filme de terror

Baseado em fatos reais

Sinopse: 

Sionibal, o cliclope devorador de anão, é o comandante em chefe das Forças Destruidores do Estado Sionista de Israel

Alguns países reconhecem Israel como um Estado, mas não mantêm relações diplomáticas. Outros não reconhecem Israel como um Estado. Vários países já tiveram relações diplomáticas com Israel, mas, desde então, romperam ou suspenderam estas relações, como a Bolívia, Cuba, Nicarágua e Venezuela na América Latina; Mauritânia na Liga Árabe, Chade, Guiné, Mali e Níger, na África não-árabe, e até mesmo o Irã antes da revolução islâmica. Além disso, um número de países (todos os membros da Liga Árabe), que ao mesmo tempo possuíam laços econômicos formais (principalmente escritórios comerciais), e que foram além das relações diplomáticas plenas, rompeu os laços com Israel, como o Bahrain, Marrocos, Omã, Qatar e Tunísia.

Desempenho da Seleção de Futebol de Israel nos mundiais de futebol de todos os tempos:

Uruguai 1930 Não Disputou 
Itália 1934 Não Se Classificou 
França 1938 Não Se Classificou 
Brasil 1950 Não Se Classificou 
Suíça 1954 Não Se Classificou
Suécia 1958 Não Se Classificou
Chile 1962 Não Se Classificou 
Inglaterra 1966 Não Se Classificou 
México 1970 Prim. Fase 
Alemanha Ocidental 1974 Não Se Classificou 
Argentina 1978 Não Se Classificou 
Espanha 1982 Não Se Classificou 
México 1986 Não Se Classificou
Itália 1990 Não Se Classificou 
Estados Unidos 1994 Não Se Classificou 
França 1998 Não Se Classificou 
Coreia do SulJapão 2002 Não Se Classificou 
Alemanha 2006 Não Se Classificou 
África do Sul 2010 Não Se Classificou 
Brasil 2014 Não Se Classificou

Babando o sangue das crianças palestinas devoradas e odiando países como o Brasil, que mantém relações diplomáticas com todos os países membros da ONU e é Pentacampeão Mundial de Futebol, Sionibal, o devorador de anão, resolveu declarar guerra diplomática contra o nosso país.

Cotação: +++++ (5 cruzes)
 — com Paulo Roberto Chagas SantosLiza IngwersenLaerte Braga e outras 16 pessoas.

Banco franquista com mãos sujas de sangue pede a clientes para não votarem em Dilma.
A Venezuela já expulsou essa praga.
E aí Brasil
_______________________________________________________

No blog redecastorphoto...


24/7/2014, [*] Mauro Santayana −Jornal do Brasil
Enviado por Xica Veira – Modelo de alta costura na Vila Vudu

Comentário da Xica Veira: Taí! Pura verdade! O Brasil hoje é um gigante. Mas o Brasil já foi, sim-senhor, país de sub-nanicos sub-morais, sim, no tempo de Oswaldo Aranha subornado para coordenar e oficializar, na Assembleia da ONU, a invenção da Israel dos sionistas – desgraça e vergonha para toda a humanidade. Graaaaaaaande Santayana!

Rua do anão Oswaldo Aranha na cega Israel
Se não me engano, creio que foi em uma aldeia da Galícia que escutei, na década de 70, de camponês de baixíssima estatura, a história do cego e do anão que foram lançados, por um rei, dentro de um labirinto escuro e pejado de monstros. Apavorado, o cego, que não podia avançar sem a ajuda do outro, prometia-lhe toda sua fortuna, caso ficasse com ele, e, desesperado, começou a cantar árias para distraí-lo.

O outro, ao ver que o barulho feito pelo cego iria atrair inevitavelmente os monstros, e que o cego, ao cantar cada vez mais alto, se negava a ouvi-lo, escalou, com ajuda das mãos pequenas e das fortes pernas, uma parede, e, caminhando por cima dos muros, chegou, com a ajuda da luz da Lua, ao limite do labirinto, de onde saltou para densa floresta, enquanto o cego, ao sentir que ele havia partido, o amaldiçoava em altos brados, sendo, por isso, rapidamente localizado e devorado pelos monstros que espreitavam do escuro.

Ao final do relato, na taberna galega, meu interlocutor virou-se para mim, tomou um gole de vinho e, depois de limpar a boca com o braço do casaco, pontificou, sorrindo, referindo-se à sua altura: como ve usted, compañero... com o perdão de Deus e dos cegos, ainda prefiro, mil vezes, ser anão...

Lembrei-me do episódio — e da história — ao ler sobre a convocação do embaixador brasileiro em Telavive para consultas, devido ao massacre em Gaza, e da resposta do governo israelense, qualificando o Brasil como irrelevante, do ponto de vista geopolítico, e acusando o nosso país de ser um “anão diplomático".

Sionismo = Nazismo
Chamar o Brasil de anão diplomático, no momento em que nosso país acaba de receber a imensa maioria dos chefes de Estado da América Latina, e os líderes de três das maiores potências espaciais e atômicas do planeta, além do presidente do país mais avançado da África, país com o qual Israel cooperava intimamente na época do apartheid, mostra o grau de cegueira e de ignorância a que chegou Telavive.

(Para ler completo, clique AQUI)
__________________________

Eleições 2014



__________________________________________________

Ilustração: AIPC – Atrocious International Piracy of Cartoons
_________________________________________________

PressAA

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário