Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas. Clique na imagem acima.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

UE abandona posição comum e aprova retomada de diálogo com Cuba

UE abandona posição comum e aprova retomada de diálogo com Cuba

Apesar de acordos bilaterais com países europeus, bloco tinha as relações oficiais com a ilha congeladas desde 1996
 
 
Agência Efehttp://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/33892/ue+abandona+posicao+comum+e+aprova+retomada+de+dialogo+com+cuba.shtml

Catherine Ashton afirmou que UE apoia processo de modernização 
da ilha caribenha















Os ministros de assuntos exteriores dos 28 Estados-membros da União Europeia
 anunciaram nesta segunda-feira (10/02) que pretendem dar início a negociações 
para um tratado político, social e econômico com Cuba. A decisão oficial foi adotada
 durante a reunião dos chefes da diplomacia europeia em Bruxelas, mas, segundo 
diversos jornais europeus, já estava acertada desde a semana passada.

Na prática, o acordo termina com a Política Comum Europeia em relação à ilha
 caribenha, aprovada em 1996 e que restringia qualquer negociação com o governo
 cubano a avanços no campo dos direitos humanos dentro da ilha. Esta política foi 
promovida pelo então presidente da Espanha, José María Aznar, e duramente criticada 
por diversos setores da sociedade espanhola.



Cuba é o único país da América Latina que não possui nenhum tipo de acordo oficial 
com o bloco europeu. Entretanto, apesar da existência da política comum, muitos 
países têm tratados econômicos com a ilha caribenha. A própria UE mantém desde 2010
 uma linha de ajuda humanitária que já disponibilizou mais de 20 milhões de euros para o
 auxílio de programas de segurança alimentar no país latino-americano.

Leia mais: Suíça aprova limite para entrada de imigrantes da União Europeia no país

Com a decisão desta segunda, os funcionários da Comissão Europeia, órgão executivo 
da UE, irão iniciar o diálogo com o governo cubano. Porém, países como Alemanha e
 República Tcheca exigem que as conversas também sejam vinculadas ao avanço no 
processo de abertura econômica pelo qual passa o país latino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário