Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014



sobre a ditadura da Midia , o monopólio e a criminalização dos movimentos sociais :

Durante a organização da Frente de Resistencia contra o golpe em Honduras, em 2009, documentos foram revelados e nos fizeram entender como é a opressao midiatica aos Povos de Nuestra America. Acompanhe:

http://juntosomos-fortes.blogspot.com.br/2010/09/marqueteiro-de-bush-e-fhc-sustenta.html


http://hondurasurgente.blogspot.com.br/2009/09/marqueteiro-trabalha-para-micheletti.html
Leia a integra


 Uma sintese perfeita:
http://altamiroborges.blogspot.com.br/2010/03/fhc-e-os-marqueteiros-do-golpe-em.html

FHC e os marqueteiros do golpe em HondurasArtigo publicado no blog “Honduras en Lucha” ajuda a entender melhor porque o ex-presidente FHC, que adora criticar a política externa do governo Lula, quase nada falou sobre os golpistas hondurenhos. O seu partido, o PSDB, até que se pronunciou, sempre com posições mais à direita, justificando a conspiração civil-militar e condenando a diplomacia brasileira por ter dado abrigo ao presidente eleito Manoel Zelaya, deposto em junho de 2009. Mas FHC preferiu a cautela!


O texto, intitulado “FHC, Bush, Uribe e Micheletti são cúmplices documentados”, revela que a agência publicitária Chlopak, Leonard, Schecther y Asociados (CLSA), sediada em Washington, que ajudou a divulgar a versão dos gorilas hondurenhos nos EUA, já havia prestado serviços aos presidentes Álvaro Uribe e FHC, entre outros. O escritor de ficção Peter Schecther, fundador da empresa, recebeu US$ 290 mil para produzir uma das peças publicitárias justificando o golpe.

“O chefe dos ilusionistas”

Segundo o registro obrigatório no Departamento de Justiça dos EUA, os marqueteiros da CLSA receberam fortunas para promover os golpistas “através da utilização dos meios de comunicação, contatos políticos e difusão de informações a funcionários do governo e das organizações não governamentais”. O objetivo seria “disseminar uma campanha de persuasão” junto à sociedade estadunidense, em especial junto aos congressistas, para garantir respaldo ao golpe.

O blog não deixa margem a dúvidas. “Schecther, o chefe ilusionista da CLSA, sabe como vender uma ficção política. Ele já fez isso antes. Como parte da sua consultoria eleitoral, ele já trabalhou para o ex-presidente mexicano Ernesto Zedillo, para o presidente colombiano Álvaro Uribe e para o ex-presidente brasileiro Fernando Henrique Cardoso”. A mesma denúncia foi confirmada pelo sítio Rebelión, editado na Espanha e um dos mais respeitados da internet.



COMO NASCEU A CELAC: 

http://juntosomos-fortes.blogspot.com.br/2010/02/pra-que-serve-oea-254-violacoes-no-novo.html 


 http://exame.abril.com.br/mundo/noticias/chavez-diz-que-e-preciso-acabar-com-a-oea 

Nenhum comentário:

Postar um comentário