Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

domingo, 15 de dezembro de 2013

Reforma Agraria em Cambaiba: Isso se faz não se fala antes, mas, escreve-se depois para passar à História.

Marlúzio F. Dantas, Nascido Para Viver, Vivi... 11 de Julho de 2013.

Foto: Marlúzio F. Dantas, Nascido Para Viver, Vivi... 11 de Julho de 2013.

Isso se faz não se fala antes, mas, escreve-se depois para passar à História.

Antecedentes,

Terminada a “colegiada” como sempre o diz um camarada, acertamos que iriamos fazer para a manifestação nacional de 11 de Julho uma ação de vanguarda digna dos ásperos tempos de Jorge Amado; escolhida a base terrestre da Petrobrás o PT (parque de tubos) em Macaé. Ficou para depois o que seria, exatamente, o ato na construção da greve geral de Maio de 2014.

À juventude na direção do NF aliada a alguns mais experientes, começam a planejar um trancasso (Bloqueio) na base do PT, mas isso, já é rotina para a direção do NF; então, surge à proposta de interromper o transito nos dois sentidos da BR 192 de frente ao PT. Os detalhes finais ficariam para serem discutidos no curso de CIPA.

Confirmada a atividade começa a divisão das tarefas para o êxito do Ato, a equipe de reconhecimento e estratégia vai escolher o local. De volta agora com todo o grupo reunido detalha o local exato para a obstrução da BR (logo após o terminal de ônibus do PT e a 150 metros do posto policial na ponte que separa o município de Macaé e Rio das Ostras).
 Se o conhecimento de SMS fosse usado como base para a analise de risco, com certeza a faina seria abortada.

Mas, a juventude de uns, aliada ao anarquismo de outros, sabem que à História só é construída e a humanidade só evolui quando ela deixa o conforto jurídico ariscando tudo, quebrando os grilhões da elite velha da casa grande e atualizando a senzala inaugurando de novo o novo.

Isso se faz não se fala antes, mas, escreve-se depois para passar à História.

Antecedentes,

Terminada a “colegiada” como sempre o diz um camarada, acertamos que iriamos fazer para a manifestação nacional de 11 de Julho uma ação de vanguarda digna dos ásperos tempos de Jorge Amado; escolhida a base terrestre da Petrobrás o PT (parque de tubos) em Macaé. Ficou para depois o que seria, exatamente, o ato na construção da greve geral de Maio de 2014.

À juventude na direção do NF aliada a alguns mais experientes, começam a planejar um trancasso (Bloqueio) na base do PT, mas isso, já é rotina para a direção do NF; então, surge à proposta de interromper o transito nos dois sentidos da BR 192 de frente ao PT. Os detalhes finais ficariam para serem discutidos no curso de CIPA.

Confirmada a atividade começa a divisão das tarefas para o êxito do Ato, a equipe de reconhecimento e estratégia vai escolher o local. De volta agora com todo o grupo reunido detalha o local exato para a obstrução da BR (logo após o terminal de ônibus do PT e a 150 metros do posto policial na ponte que separa o município de Macaé e Rio das Ostras).
Se o conhecimento de SMS fosse usado como base para a analise de risco, com certeza a faina seria abortada.

Mas, a juventude de uns, aliada ao anarquismo de outros, sabem que à História só é construída e a humanidade só evolui quando ela deixa o conforto jurídico ariscando tudo, quebrando os grilhões da elite velha da casa grande e atualizando a senzala inaugurando de novo o novo.

Destacando para Mobilização geral:
Reforma Agrária 
'...Presente no lançamento do documentário “Forró em Cambaíba”, no último dia 29, em Campos dos Goytacazes, a integrante do Forum Justiça Memoria e Verdade do Espírito Santo, Fernanda Tardin, manteve contato nesta semana com o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) para solicitar o apoio na aceleração da desapropriação das terras da antiga usina Cambaíba, ocupada pelo MST desde 2 de novembro de 2012.
 Suplicy solicitou uma cópia do documentário e um dossiê sobre a situação das terras, se prontificando imediatamente a cobrar pessoalmente do ministro do Desenvolvimento Agrário, Gilberto José Spier Vargas, uma atenção urgente ao caso. O diretor da FUP, Marluzio Dantas, também manteve contato com o senador e está responsável, junto com o MST e demais diretores do NF, pela elaboração e envio do documento...'
NOTA Blog Juntos Somos Fortes:
Em um almoço, domingo dia 08/12, o Sub Secretário de Direitos Humanos no Governo Lula, também atestou já ter levado a urgencia a Comissao Nacional da Verdade. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário