Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

sábado, 2 de novembro de 2013

“Diálogos Transandinos Chile-Brasil, Memória, Justiça, Verdade e Cultura nas Transições Democráticas”



Fotos do Seminário “Diálogos Transandinos Chile-Brasil, Memória, Justiça, Verdade e Cultura nas Transições Democráticas”, organizado pela Comissão da Anistia, Memorial da Resistencia, Núcleo de Preservação da Memória Politica e Museu da Memória e dos Direitos Humanos (Chile), que ocorreu entre os dias 23 e 26 de outubro, em Santiago, Chile.

Por ocasião dos 40 anos do Golpe de Estado no Chile, o seminário teve como foco o intercambio de experiências derivadas dos mútuos processos de transição e a influência que os eventos traumáticos da repressão nos dois países deixaram para a cultura de ambos países. A cerimônia de abertura contou com as presenças de Patrícia Peréz, Ministra da Justiça do Chile e de Carolina Tohá, prefeita de Santiago.

A Comissão de Anistia foi representada por sua Diretora, Amarílis Tavares, que apresentou o projeto do Memorial da Anistia Política do Brasil.


Nas mesas de debate, foram discutidas as temáticas "Estabelecer a verdade: Painel de intercambio de experiências das Comissões da Verdade"; “Perspectivas comparadas das transições no Brasil e Chile"; "Acesso às informações e a Operação Condor"; "Políticas de memoria e reparação"; "O ponto de vista das vítimas"; "O papel dos Museus e Memoriais no âmbito dos DDHH"; e "Arte, Literatura e Memoria".


Cristiano Paixão: Conselheiro da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça (Brasil), Professor da Faculdade de Direito da UNB e doutor em Direito Constitucional pela UFMG.

José Zalaquett - Advogado de Direitos Humanos, Premio Nacional de Humanidades e Ciências Sociais, ex membro da Comissão Rettig, da Mesa de Diálogo e chefe do Comité Executivo Internacional da Amnesty International (Chile).

María Luisa Sepúlveda – Integrante dasComissões da Verdade Rettig e Valech (Chile).

Rosa María Cardoso – Advogada , Comissão Nacional da Verdade (Brasil)

Jair Krichke – Coordenador do Movimento de Justiça e Direitos Humanos , Arquivo Operação Condor ( Brasil)

Lorena Pizarro - Presidente da Agrupación de Familiares de Detenidos Desaparecidos

Ivan Seixas - Ex preso político, membro da Comissão de Familiares de Mortos e Desaparecidos Políticos e Secretario Executivo da Comissão da Verdade de São Paulo (Brasil).

Amparo de Araujo - Ex presidente do Grupo Tortura Nunca Mais de Pernambuco, ex Secretaria Municipal de Direitos Humanos da cidade de Recife y atual secretaria executiva de articulação internacional da Secretaria de Governo do Estado de Pernambuco (Brasil).

Kátia Felipini Neves - Coordenadora do Memorial da Resistencia de São Paulo (Brasil).
Amarilis Busch Tavares – Diretora da Comissao de Anistia e Coordenadora Executiva do Memorial da Anistia Política (Brasil)

Margarita Romero - Presidente do Parque por la Paz Villa Grimaldi (Chile).

Viviana Diaz - Premio Nacional dos Direitos Humanos de 2012 (Chile).

Marcio Seligmann - Escritor e académico da Universidade de Campinas (Brasil).

Adriana Valdés - Crítica de arte (Chile).

 - com Amarilis Busch Tavares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário