Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas. Clique na imagem acima.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Mafioso alagoano vai dar cabo de Lúcio Flávio --- Espionagem: Komila Nakova vai ao Sertão das Alagoas --- Baseada no Cuba Debate, a PressAA conclui que se mata menos em Washington do que em Santana do Ipanema-AL


_______________________________________________________________________________

Mensagem enviada à PressAA pelo nosso correspondente Sebastião Florentino* Malta, diretamente de Sant’Ana das Flores, no Sertão Alagoano:
BOMBA! Furo de reportagem do New York Times...
Vazou a carta do Obama sobre o ultimato brasileiro reclamando da espionagem americana e a imediata resposta da Dilma.

Cara Presidenta Dilma

Imensamente preocupados com o ultimato dado pelo Governo brasileiro, pelos problemas de espionagem  que efetuamos aí nesse país,  temos a esclarecer a V. Excia. que por sermos uma superpotência, temos interesses a defender por toda a parte e por isso atuamos onde seja necessário.

Meu primeiro impulso, visando atender ao seu pedido de esclarecimentos e desculpas foi entregar o farto material que temos gravado nos últimos 20 anos, ao Presidente do Supremo o Ministro Joaquim Barbosa, mas num gesto de amizade solicito que a Sra. Presidenta  determine a quem de direito.

Segue abaixo, só uma pequena amostra do que temos, para sermos orientados do que fazer:

1-Gravamos secretamente, é claro, em foto e vídeo todas as reuniões que o seu padrinho participou (ele jura que não sabia de nada) com toda a Direção do PT, quando foram acertados os pagamentos do Mensalão. Consideramos esse material altamente explosivo pois iria desmascarar o seu Partido diante até do mais crédulo beneficiário do Bolsa Família, que, como sabemos elegeu o Presidente anterior e a senhora.

Mesmo com todo o empenho do Levandowsky e do Tofoli [AA:?!], considero muito difícil que o Barbosa com essas provas na mão, não mande prender vocês todos.

2-Temos em nosso poder todas as contas abertas no exterior, por todos os dirigentes do Governo atual e dos anteriores, com os respectivos extratos com valores que chocariam o mundo e dariam para pagar a dívida interna e externa do Brasil e de todos os demais países da América Latina.

Obs: Acompanhamos e documentamos com especial interesse a evolução da riqueza do Lulinha. O que temos é inacreditável até para os filmes de ficção que aqui costumamos fazer tão bem.

3-Possuímos gravações (imagem e vídeo) nos últimos 20 anos, com todos os Ministros, Deputados e Senadores do Brasil confessando abertamente sobre vantagens financeiras auferidas por desvio de dinheiro público. Temos tudo documentado e também onde estão depositados esses valores, os números das contas e os respectivos saldos.

4-Temos uma filmagem efetuada em alta definição, no AEROLULA, onde o seu padrinho "deita e rola", com uma senhora Assessora em São Paulo cujo nome andou muito nos noticiários e lembra um famoso filme do Polansky... O Bebê de... (não lembro o nome).

Como o material gravado é de extrema gravidade e poderia causar até uma revolução no Brasil sugiro que no ato da entrega, todas essas provas elas sejam colocadas no mesmo cofre da Caixa Econômica, aquele que queimou há um tempo atrás, sumindo com um monte de Contratos e que livrou muitos amigos de pagarem os empréstimos bilionários ao Governo... lembra?

Foi em Governos anteriores mas é uma boa sugestão...

Presidente B. Obama
___________________________________________

Ilmo. Sr. Presidente B. Obama

Uma única palavra.... pelo amor de Deus: ESQUEÇA!!!!

Beijinhos na Michelle e nas crianças.

Não se esqueça de me adicionar no seu FACEBOOK.

O meu padrinho envia pelo portador uma caixa de Cachaça 51, muito famosa por aqui e uma das preferidas dele.

Abraços
Presidenta
________________________________

*Florentino, Sebastião Malta – entretanto, nada a ver, ou a reaver, com a Florentina do Tiririca.
_________________________________________________________________

Komila Nakova em Sant’Ana das Flores

Desconfiamos que o blefe não foi de Obama, tudo indica que se trata de texto de um ghostwriter de Noblá-blá-blá, ou, o mais provável, de Jaborti-ti-ti, uma espécie de drag queen de Mônica Bergamo.

Considerando a credibilidade que conquistamos junto ao nosso público leitor em algumas plagas do mundo estupidificado (“É a New Geopolicália da Grand Sant'Ana, estúpidos!"), onde, a cada 15 lustros, os coronéis alternam o poder (é o que se pode chamar de política rapadura com chocolate, ou tapioca com glacê), brindando a população dos currais eleitorais com um período de administração sob cabresto de um pelego qualquer, uma espécie de Obamô-Babaca, pois bem, assim considerando, ligamos para Komila Nakova e sugerimos que ela invadisse os arquivos de diversas chácaras... quer dizer... diversos cybersítios de Sant’Ana das Flores, a fim de checar o fuxico (alguma coisa tipo  “checar o mexerico”).

Komila até que tentou, mas não encontrou praticamente nada que pudesse fornecer a pista de quem vazou a tal carta de Obama para Dilma. A de Dilma para Obama foi fácil decodificar, devido à despedida com "Beijinhos na Michelle"; um ato falho, pois trata-se de uma expressão hoje bastante usada pela comunidade gay da Ribeira do Panema. Portanto, só pode ter sido coisa de Teco-Teco, uma bichinha porralouca que atormenta a vida de políticos esmaltadinhos, filhos da terra e da puta, que só aparecem por lá para pedir voto de quatro em quatro anos; e de quatro...

Komila ligou pra nossa redação:


Algumas semanas vindouras depois...

Komila Nakova desembarcou no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, na capital alagoana. Logo ela avistou Cesário, um taxista cheio de gás, o contato imediato indicado por Simony Fields, uma professorinha da Serra da Barriga, leitora voraz das obras de Dostoiévski. 

Cesário tentou se disfarçar de maceioense. Carregou no sotaque:

― Tá precisando de táquicitchia?!
― Sim, Cesário. Tá livre?
― Uai! Cumé que a sinhora discubriu que eu sou eu? ― pasmou mineiramente, ainda tentando confundir Komila.
― Deixa pra lá, rapaz. Estou querendo ir pro sertão, vou assistir a um show de Liza Minnelli cover no cabaret da tua tia Hilda...
― Tchia Rilda! – corrigiu.
― Tudo bem, que seja. Vamos lá, estou em missão, não posso deixar o pessoal do Quilombo Eterno esperando. À meia-noite, o espírito do russo K. Cianno vai baixar. Ele tem importantes informações sobre a carta de Obama para Dilma e o furo do New York Times...

Viajaram por toda a highway Maceió-Sant’Ana das Flores atentos a certos detalhes: diminuir a velocidade quando passar em frente ao haras Pangarés Camuflados; parar em Canafístula e se benzer diante do monumento a Frei Damião; ter atenção aos quebra-molas de Estrela Cúbica de Alagoas; dizer a senha à cabocla mamadora na passagem da entrada de Minador do Negão; a partir daí, estariam preparados para atropelar um bezerro antes do Mandacaru, antigo harém de Adomal Cavalcante.

Cooorta!
_____________________________

Breve, aqui mesmo no Assaz Atroz, segunda parte de Komila Nakova em Sant’Ana das Flores. Patrocínio Unicbass – União das Comunidades do Barroso e Santa Sofia.

_______________________________________________________________________________
Notícias de Sant'Ana das Flores e Olho d'Água do Ipanema...
Garoto de 13 anos é morto a tiros em Santana do IpanemaMunicípios | Santana do Ipanema - 15/09/2013

Carlos tinha apenas 13 anos
todosegundo //

[PressAA: Acesse o Alagoas na Net e confira como o povo santanense anda sensível em relação às causas sociais e tolerante com a violência]

Um adolescente de apenas 13 anos foi brutalmente assassinada com três tiros na noite deste sábado (14) na cidade de Santana do Ipanema, Sertão de Alagoas. O crime aconteceu por volta das 21h20, no bairro São Pedro e segundo informações preliminares, o garoto seria irmão de um traficante da região, motivo pelo qual teria sido alvo                                                                                       do crime.

De acordo com dados obtidos por uma equipe da Rádio Patrulha da Polícia Militar, comandada pelo sargento Valentino, o menor Carlos Eduardo Maciel da Silva estaria andando pela Rua Professor Enéas, próximo a sua residência, quando foi abordado por um veículo de cor branca e placa não anotada.

Sem sair do carro, os indivíduos teriam atirado várias vezes contra o garoto. Testemunhas afirmam ter ouvido pelo menos seis disparos, sendo que Carlos foi atingido por três deles. O menor morreu no local antes da chegada do socorro.

Carlos Eduardo não tinha nenhuma passagem pela polícia e segundo alguns familiares e amigos nunca teve envolvimento com drogas. À polícia, a mãe do menor informou que o mesmo teria passado o dia todo na feira, trabalhando como carroceiro.

Vingança

Ainda segundo informações levantadas pela polícia, descobriu-se que o menor é irmão de um jovem já conhecido da polícia. Carlos era irmão de Fernando Maciel, o popular “Nandinho”, que atualmente se encontra preso na delegacia de Palmeira dos Índios.

Para a polícia, de início, o crime pode ter ligação com a briga pelo tráfico de drogas, isso porque Nandinho já teria se envolvido em outras ocorrências com bandidos rivais, de outro bairro no município.

O crime contra o irmão do acusado seria apenas uma retaliação contra Nandinho.

Investigação

Agentes da Polícia Civil, lotados na 2ª Delegacia Regional de Polícia de Santana do Ipanema, estiveram no local do crime para também coletar os primeiros levantamentos. Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) foi acionada para realizar a remoção do corpo do menor.

________________________

Leia também no TU...
Ex-Prefeita Renilde Bulhões e Isnaldo Bulhões
Por volta das 22hs deste sábado (03) quatro homens armados com pistolas estaconaram o veiculo Astra em frente à casa da prefeita, três desceram do carro invadiram a casa de arma em punho anunciando o assalto, de imediato colocaram algumas pessoas em um dos quartos da casa, Gildo- irmão do vereador Papatudo; Moacir Junior do DETRAN; Rivaldo- irmão do ex-vereador Jose Lucas, Paulo Ventão- filho do ex-vereador Miguel da Barriguda; Marcelo Melo- genro da prefeita; Cizenando Gaia - filho do vereador Luciano Gaia e o vereador Enaldo do Detran.

D
epois do arrastão onde levaram dinheiro, jóias, celulares das vitimas colocaram em outro quarto a prefeita Renilde Bulhões e o ex-Conselheiro dpTCE/AL Isnaldo Bulhões.

Depois de um silêncio dentro da residência Gildo, irmão do vereador Papatudo, que foi colocado no quarto com outras 5 cinco pessoas, conseguiu esconder o celular e ligou para o irmão (Papatudo), que acionou a policia, após chegar ao local, os marginais já teriam indo embora e as pessoas foram liberadas dos quartos.
Equipes do 7º Batalhão da Rádio Patrulha e Pelopes realizaram buscas na região e não encontraram os elementos que agiram também em São José da Tapera.  

O delegado de plantão na regional de Santana do Ipanema é Edvaldo Alves, que responde pela delegacia de São Jose da Tapera. Um policial civil de plantão disse que a captura dos assaltantes está sendo realizada pela PM, já que a equipe de plantão é pequena e não pode se afastar da delegacia
sertao24horas //

___________________________________________


Confira alguns "supostos" detalhes que podem esclarecer melhor essa história mal contada...

Quarta-feira, 7 de março de 2012

"Lampião" redivivo nos sertões nordestinos




Bando traz terror ao Sertão de Alagoas relembrando os tempos do Cangaço
por Sérgio Campos*

Um bando que age com uma média de 15 homens, divididos em pelo menos cinco veículos, vem trazendo pânico aos sertanejos e já preocupa a cúpula da segurança pública de Alagoas.

Com ações rápidas e audaciosas, os ataques do bando também se caracterizam pela violência e pressão psicológica em suas vítimas.

Atentos às causas que levam à violência, sabemos que os ataques em bando já são bastante conhecidos dos habitantes dos sertões nordestinos. Entre as décadas de 20 e 30 cangaceiros agiam em vários estados do Nordeste, e, para que os ataques chegassem ao fim, as polícias das regiões atingidas se uniram numa caçada implacável aos vários grupos de cangaceiros, e no dia 28 de julho de 1938, depois de uma ação conjunta entre as polícias de Alagoas, Sergipe e Bahia, o principal nome do Cangaço, Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, tombou na localidade de Angicos, sertão sergipano, depois de ser surpreendido durante a madrugada.

Corre por aí que Lampião e seu bando não entravam em Santana do Ipanema, limitando-se a apreciar a cidade lá do Alto do Cruzeiro. Entretanto, lendo a obra do escritor Breno Accioly, nosso conterrâneo, constatamos que o famoso Rei do Cangaço fazia regulares visitas "ao município" e que Breno, ainda menino, "foi mandado para a casa do Pe. Francisco Macedo, em Palmeira dos Índios, por causa de Lampião". Daí podemos deduzir que provavelmente Lampião, por um certo período, adentrava à nossa cidade.

(Para ler artigo completo, clique no título)
__________________________________________
Leia mais sobre o Casal 38-AK47-171 Renilde-Isnaldo Bulhões e famiglia...

Isnaldinho Filho se safa graças ao ministro Gilmar Mendes...

STF garante volta ao mandato de deputados estaduais alagoanos suspeitos de corrupção

Publicado por Pax em 13/07/2009
Marco Antonio Soalheiro – Repórter da Agência Brasil
Brasília – Por determinação do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, oito deputados estaduais afastados do mandato temporariamente por suposto crime de improbidade administrativa na Assembléia Legislativa de Alagoas poderão voltar ao mandato.
O grupo é  investigado por supostamente ter contraído empréstimos bancários fraudulentos, garantidos e pagos com dinheiro público. Eles teriam desviado aproximadamente R$ 300 milhões por meio de um esquema desarticulado pela Operação Taturana, da Polícia Federal.
Foram  beneficiados pela decisão os deputados Cícero Ferro, Marcos Ferreira, João Beltrão, Arthur Lira, Nelito Gomes de Barros e Isnaldo Bulhões Filho, todos do PMN, além de Dudu Albuquerque e Antônio Albuquerque, ambos sem partido. Eles tinham sido afastados em março de 2008, após decisão liminar do juiz Gustavo Souza Lima, da 16ª Vara Cível de Maceió.
Ao acolher hoje pedido de liminar dos parlamentares, Mendes ressaltou que “o afastamento de deputado estadual de suas funções por decisão precária do Poder Judiciário revela-se em descompasso” com o princípio constitucional da separação dos poderes e a ordem pública.
Mendes lembrou ainda não haver dúvidas sobre a urgência do caso, “tendo em vista o caráter temporalmente limitado dos mandatos eletivos e o fato de que os deputados estaduais afetados pela decisão impugnada encontram-se afastados de seus cargos há tempo considerável”.
Segundo o presidente do STF, a Casa Legislativa estadual funciona, desde março de 2008, “em descompasso com a vontade popular externada nas urnas”.

Para entender um pouco mais sobre Santana do Ipanema, A Pérola do Sertão alagoano, leia também...

Quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Alagoas: petista assassinado, radialista abatido a tiros e o enterro de "Franz Kafka"



Fernando Soares Campos

Foi assassinado o presidente do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores em Campo Alegre (AL), Genildo Correia Soares, no domingo (29/11). As características do assassinato apontam para mais um dos rotineiros crimes de mando que acontecem em Alagoas. O assassino que abateu Renildo com tiros de pistola ponto 40 chegou à cidade num Palio, identificou a vítima, aproximou-se desta, disparou vários tiros à queima roupa e fugiu do local do crime no veículo de placa fria.

Genildo do PT, como era conhecido, havia denunciado dois vereadores que, nas eleições do ano passado, haviam utilizado a ambulância do município para transportar cimento, que provavelmente seria utilizado como moeda de compra de voto.

O ex-superintendente da Polícia Federal em Alagoas, delegado Pinto de Lula, pré-candidato ao Senado pelo PT, está empenhado na apuração do crime.

Em dezembro de 2007, Pinto de Luna comandou a Operação Taturana. Esta operação conjunta da PF com a Receita Federal foi deflagrada com o cumprimento de 85 mandados de busca e apreensão e 40 mandados de prisão. Entre os detidos e levados para a carceragem da PF estava um ex-governador. A Operação Taturana, que visou desbaratar uma quadrilha de deputados estaduais envolvidos no roubo de R$ 300 milhões dos cofres públicos, culminou com o afastamento de deputados estaduais de seus cargos, os quais o STF mandou de volta à Assembleia, onde se encontram acomodados em suas confortáveis poltronas e entocados nos gabinetes refrigerados, cuidando para que não venham a ser condenados pelo que ainda são acusados.

Os deputados e seus cúmplices foram denunciados por estelionato, formação de quadrilha, crime contra o sistema financeiro, peculato e lavagem de dinheiro.

Modus Operandi da quadrilha:

1º - Os deputados se apropriavam da verba de pessoal do gabinete, mediante o depósito dos valores em conta corrente de "laranjas".

2º - Contraiam, pelos bancos conveniados, empréstimos consignados em nome de falsos servidores, ou servidores sem condição financeira, sendo os valores destinados aos deputados por meio de "laranjas".

3º - Obtenção de empréstimos em consignação pelos próprios deputados, de valores muito elevados, com as parcelas descontadas diretamente da verba de gabinete, nada a ver com as suas remunerações do cargo; o pagamento das prestações eram feitos com as verbas de gabinete, os empréstimos eram muito altos, não havia como levantá-los utilizando a remuneração do deputado.

4º - Comprovação da verba de custeio dos gabinetes com utilização de notas fiscais frias.

5º - Restituições do Imposto de Renda fraudulentas, mediante a inclusão de falsos servidores e a inserção de dados manipulados na declaração de imposto retido na fonte.

Veja essa nota no G1, em 13/07/09:

STF devolve mandato a sete deputados em Alagoas

Parlamentares foram afastados por suspeita de desvios na assembleia.

Ao menos 15 dos 27 deputados da atual legislatura foram indiciados.

Sete deputados estaduais alagoanos afastados do mandato por suspeita de corrupção e investigados pela Operação Taturana devem reassumir nesta terça-feira (14) seus cargos na Assembleia Legislativa de Alagoas. Eles foram beneficiados por uma decisão do ministro Gilmar Mendes, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), publicada nesta segunda (13) no Diário Oficial da União.

Antes de viajar para Rússia, Mendes deixou assinada, com data de 6 de julho, a SL-297 (suspensão de liminar), que suspendeu a segunda liminar do juiz Gustavo Souza Lima e devolveu os mandatos aos deputados afastados.

Com isso, serão reconduzidos aos cargos os deputados afastados: Antonio Albuquerque (sem partido), Cícero Ferro (PMN), Marcos Ferreira (PMN), João Beltrão (PMN) Nelito Gomes de Barros (PMN), Dudu Albuquerque (PSB) e Isnaldo Bulhões Junior (PMN). [Grifos meus, mais adiante você verá porque grifei esses dois].

Leia completo:

http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,MUL1228304-5601,00.html
_____________________________________

Terça feira passada (01/12) no plenário da Assembleia Legislativa de Alagoas, os dois deputados petistas Judson Cabral e Paulão cobraram agilidade do governo do Estado nas investigações que possam levar aos responsáveis por mais um crime de mando. O caso do Genildo do PT, assassinado em Campos Alegre.

E o deputado Antonio Albuquerque (PTdoB), um dos que foram presos e imediatamente libertados, quando da Operação Taturana (na ocasião ele era presidente da Assembleia), ironizou, falando de outro assassinato em Alagoas: “Naquela oportunidade, o rapaz assassinado em Limoeiro foi vítima de tiros de pistola 40 e os ocupantes estavam em um veículo Pálio de cor verde, da mesma forma como aconteceu em Campo Alegre. É muito estranho. Eu gostaria que os deputados do PT pedissem ao governo um estudo de balística para confirmar essa suspeita de coincidência das características dos crimes”.

Quer dizer, o sujeito não está preocupado em apurar o crime do Genildo, ocorrido no domingo passado, mas de tumultuar. Ri das acusações dos deputados petistas, debocha.

Em Alagoas se mata com muita facilidade. Os pistoleiros usam tabela de preço. Deputados como Albuquerque, acusado, na Justiça (veja, não é à base de boca a boca não, acusado formalmente), de mandar assassinar, assim, ó, na base do “vai lá e derruba esse sujeito”, agora ri. Acho que ele tentou dar a entender que esse caso de que ele fala foi coisa de petista. É o que entendo.

Afastado junto com ele, no caso da Operação Taturana, o deputado Isnaldo Bulhões Junior (PMN) voltou a ocupar o cargo de deputado. Este “Isnaldinho”, acusado de meter a mão-grande em R$ 13 milhões, é filho do casal Renilde Bulhões e Isnaldo Bulhões; ela, atual prefeita de Santana do Ipanema, reeleita para o cargo, e ele, irmão do ex-governador Geraldo Bulhões, é o atual presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), reeleito para o cargo.

Ano passado fui a Alagoas participar da candidatura de meu irmão, Sérgio Campos (PCB), para prefeito de Santana do Ipanema. Esse deputado, o Isnaldinho, teve a petulância de se aproximar de nós, numa mesa de bar, e nos encarrar, fazendo gestos ameaçadores, olhar de "mau", de quem deixa o recado; enquanto seus capangas se divertiam nas proximidades. Mas isso é fichinha. Ameaçar com os olhos não mata.

Vejamos o caso do jovem radialista Jorge Santos, assassinado em frente à sua residência, lá mesmo em Santana do Ipanema.

Jorge era um camarada afobado, desses que soltam palavrões e até agridem fisicamente, como um dia o fez com o meu próprio irmão, o Sérgio Campos, porque este, na condição de chefe de gabinete do ex-prefeito Marcos Davi, não lhe atendeu com a presteza que ele exigia. Mas Jorge, toda a população da cidade sabe, não passava de um brigão.

Acontece que Jorge Santos passou a atacar Renilde Bulhões, mãe desse deputado envolvido na Operação Taturana, o Isnaldinho.

Certo dia, pistoleiros abateram Jorge em frente à sua casa.

Muita gente foi chamada a depor no inquérito; entre esses, meu irmão, que um capacho dos Bulhões se encarregou de denunciar como principal suspeito de ter mandado matar Jorge Santos. Nem o filho de Jorge nem qualquer santanense de bom senso acreditou nisso, pois meu irmão é tido como uma pessoa de paz, de bem.

Estava eu lá em Alagoas, dando palpites na campanha do meu irmão, uma mistura de marqueteiro de botequim e coordenador de campanha.

O vereador Afonso Gaia, um dos raros a fazer oposição aos Bulhões (pagou caro por isso) veio até a casa do meu irmão e nos contou a verdadeira história do assassinato de Jorge Santos. Ele nos disse que o Isnaldinho Bulhões cobrou um favor que havia feito ao deputado Cícero Ferro [No JusBrasil] (acusado de assassinato), e este mandou matar Jorge Santos, em pagamento do favor.

Mas a maior parte dos sujeitos está de volta à Assembléia, ocupando seus cargos e se protegendo contra a Justiça.

Veja essa última notícia que tenho sobre os sujeitos em questão:

Deputado Cícero Ferro volta a ser afastado da ALE

O desembargador Orlando Manso determinou o afastamento do deputado estadual Cícero Ferro (PMN) do cargo na Assembleia Legislativa do Estado. As primeiras informações dão conta que o afastamento atende a um pedido do Ministério Público Estadual em função da acusação de participação no assassinato do vereador por Delmiro Gouveia, Fernando Aldo.

Ferro, que havia retomado seu mandato após mais de um ano afastado por decisão da Justiça devido ao seu indiciamento na operação Taturana da Polícia Federal, deverá ser afastado em 24 horas, conforme determinação do TJ.

O deputado Cícero Ferro recebeu uma intimação de um oficial de justiça com a decisão do TJ, momentos após o encerramento da sessão que não foi realizada por falta de quórum. Ainda surpreso com a decisão, Ferro e outros parlamentares presentes reuniram-se a portas fechadas para discutir o assunto.

O advogado do deputado Cícero Ferro, Welton Roberto, que até então não havia sido informado sobre a decisão, afirmou que logo que se inteirar da decisão ingressará com uma reclamação no Superior Tribunal Federal para garantir seu retorno à ALE.

"O ministro Gilmar Mendes já havia deixado claro que ninguém (juiz, desembargador), pode afastar um parlamentar de seu mandato", disse Roberto.

No dia 04 de agosto o procurador-geral de Justiça, Eduardo Tavares participou de uma reunião com técnicos para estudar o possível afastamento dos quatro deputados, que além da acusação de desvio de R$ 300 milhões da ALE, são acusados de assassinato: Antônio Albuquerque (sem partido), Cícero Ferro (PMN), Marcos Barbosa (PPS) e João Beltrão (PMN).

Informações de bastidores dão conta que os deputados temem que o afastamento de Ferro abra precedentes para o afastamento dos demais.

Ao final da reunião os parlamentares anunciaram uma sessão especial, às 20h, para discutir o assunto.

Alagoas24horas
http://www.correiodopovo-al.com.br/v2/article/Politica/5813/

__________________________________

Eles são valentes, gostam de matar, estão viciados em matar. Nem são chegados a processar alguém. Sabem que, se, por exemplo, me processassem por ter publicado isso, ficariam apenas de saco cheio; sabem que as minhas acusações não dariam em nada e, em caso de levar à Justiça, apenas tumultuariam um pouco suas infames existências. Preferem mandar matar.

Enquanto estive em Santana do Ipanema, fui ameaçado por telefone e perseguido por uma caminhonete à noite, nas estradas do sertão. Apenas ameaçavam, era período eleitoral, a PF estava na cidade, eles descobriram o QG dos federais.

Depois das eleições, quando eu já havia retornado ao Rio, escrevi essas denúncias e tentei publicá-las no site do PRAVDA, do qual sou colaborador. O editor me pediu desculpas, disse que precisava consultar Moscou (ele trabalha em Lisboa, na edição para a CPLP), pois eu estava acusando sem provas. Eu dei razão a ele, afinal, eu não estava publicando em um jornal irresponsável qualquer. Mesmo assumindo a responsabilidade, mas o jornal não pode se comprometer.

Nessa época este blog estava praticamente desativado, há mais de um ano eu não postava nada. Reativei o blog, troquei o nome de outro blog para Agência Assaz Atroz, criei mais um, o agência assaz atroz (pressa) – redação, e aqui estou. Bom, sem provas, mas disposto a responder a processo e preparado para receber bala, publico isso aí, para o esclarecimento do público.

Mas aviso: eles, se já não possuem, mas podem obter meu endereço com muita facilidade. Afinal, tenho uma filha e um outro irmão (não o Sérgio, que ele não se passa pra isso) nas mãos deles, trabalhando pra eles, a troco de ninharia, por cargos de “confiança” e contratação com o objetivo de lhes servir de cabos eleitorais. Fazer o quê? Isso é problemas deles, de suas consciências.

Essa outra matéria aí embaixo vai a título de ilustração, para que o leitor tenha uma visão mais ampla do que é Alagoas hoje.

Para mim, o título ideal deveria ser: O enterro de Kafka em Alagoas


Sofrimento em vida e na morte. Essa é a triste sina de um jovem alagoano.

Sua culpa?

Ser pobre.

Burocracia: A incrível saga da família que levou quatro dias para enterrar um filho

Jovem, Abrãao Santos de 21 anos foi morto a tiros no sábado em Coruripe

por Angelo Farias


Uma história absurda que mostra desrespeito total ao ser humano foi presenciada pela equipe do Cadaminuto que acompanha a saga da família do jovem Abraão Santos, 21 anos, morto a tiros no sábado em Coruripe.

A família do jovem que passava pela dor de perder um ente presenciou a falta de rabecões no Estado e ao ver terminado o trabalho do Instituto de Criminalística (Que também demorou bastante para chegar deixando o corpo do jovem exposto no local por várias horas) decidiu pagar o transporte do corpo por uma funerária.

Sem ser informado sobre quais procedimentos deveriam fazer, os familiares de Abraão levaram o corpo para Sergipe, onde a maioria da família reside e local de nascimento do rapaz, mas depois do velório o Cemitério não aceitou enterrar o rapaz por conta da falta do documento necessário do IML, já que se tratava de uma vítima de arma de fogo.

Não restou outra alternativa para a família que não fosse retornar no domingo para o IML de Arapiraca para que o procedimento correto fosse adotado,mas ao chegar a instituição a família descobriu que a guia não é liberada no domingo.

A família esperou até a segunda-feira com o corpo do rapaz, mas tiveram outra triste surpresa quando o funcionário do IML disse que não poderia fazer a necropsia, pois a morte do jovem tinha acontecido em Coruripe e a jurisdição seria do IML em Maceió.

Desesperada a família decidiu apelar para a imprensa, o caso ganhou repercussão em Arapiraca e após muita negociação um médico do IML decidiu enfim fazer o procedimento e liberar na noite de ontem o corpo do rapaz, que só deve ser enterrado hoje, se não houver mais problemas.

http://www.cadaminuto.com.br/noticia/2009/12/01/burocracia-a-incrivel-saga-da-familia-que-levou-quatro-dias-para-enterrar-um-filho

_______________________________________

Morte e vida sertaneja
por Sérgio Campos, colaborando com esta Agência Assaz Atroz

Essa triste história acontecida na zona da mata, me fez recordar duas acontecidas no aqui em Santana do Ipanema, sertão alagoano.

Na primeira, um morador teria ido a residência de um desses políticos abutres, que ficam esperando a pobre vítima da miséria, a fim de abatê-lo na hora do voto, na intenção de pedir uma ajuda para poder enterrar seu pai. Não era período eleitoral; como se costuma dizer por aqui, “não era tempo de política”. Já começou pelo mau atendimento na pomposa residência do político, ao mandar dizer que não podia atender naquele momento, mesmo tendo sido avisado que era urgente. Depois de longa espera, veio atender o humilhado eleitor, que informou, cabisbaixo, o acontecido. O pobre coitado esperou pacientemente um tempão para ouvir do cara-de-pau que não tinha dinheiro naquele momento e que só poderia ajudar outro dia.

Daí, mesmo diante do triste momento, o sertanejo ainda encontrou um espaço para o deboche, e pediu um real, o que deixou sujeito curioso, daí ele perguntou: “Para que o senhor quer um real?”. O matuto já de pé, com o chapéu sobre a barriga, disse olhando nos olhos do canalha: “É para salgar o corpo doutor, enquanto eu espero a ajuda”.

O segundo caso é, talvez, ainda mais bizarro e humilhante.

Uma mãe desesperada vai à Câmara de Vereadores, à prefeitura e, por último, depois de ser jogada de um lado para o outro, vai à residência de um vereador que também era secretário do então prefeito. Já sem lágrimas a mãe relata o caso: tinha perdido, por desnutrição, dois filhos gêmeos, e não tinha um centavo para realizar os sepultamentos. O traste, mostrando-se “benevolente”, não se fez de rogado, pra se ver livre daquele problema, assinou a nota e enviou a pobre genitora enlutada para a funerária. Sem saber ler, e ainda traumatizada com o ocorrido, a mãe saiu às pressas em busca dos caixões dos filhos menores, não sem antes agradecer pela "caridade".

A surpresa foi na hora de receber do dono da funerária os pequenos caixões que ela esperava para sepultar os filhos. A nota autorizava apenas um caixão, e recomendava que fosse do tamanho que desse pra enterrar os dois juntos. Depois, procurado para explicar o porquê daquela atitude, o vereador-secretário explicou que era contenção de despesas.
_______________________

Sempre que vou a Alagoas, visitar minha mãe, meus irmãos, meus parentes e desfrutar a companhia de amigos, costumam me perguntar: "Fernando, como é que você se arranja com toda aquela violência no Rio?!"

Geralmente respondo: "Bom, eu já informei à turma do crime organizado que sou alagoano".

"Gente da gente!"

Há quem acredite, por isso volto... vivo!

.

PressAA
Nota Assaz Atual: Em outubro do ano passado (2012), estive em Santana do Ipanema e contei ao meu irmão Sérgio Campos que certa manhã acordei, depois uma noite de angelical orgia, e, ainda na cama, falei para a doutora Anita Aquino Carvalho, que ainda bocejava sonolenta:

- Vou te contar uma coisa que preferi deixar pra te contar hoje, porque não sei qual será a sua reação...
- Vai, conta logo, quero dormir mais um pouco - falou meio desdenhosa.
- Ontem me ligaram de Alagoas pedindo para excluir aquele artigo...
Ela despertou de vez, rolou de banda, com o dedo em riste bem colado na ponta do meu nariz, e disse:
- Pois não vai tirar não!
Bom, aqui em casa é assim: quem manda sou eu; ela apenas concorda comigo.

_______________________________________________________________________________


Cineastas denuncian conspiración mediática para agredir Siria

16 SEPTIEMBRE 2013 HAGA UN COMENTARIO
Jorge Sanjinés, cineasta boliviano. Foto: Archivo.
Jorge Sanjinés, cineasta boliviano. Foto: Archivo.
Un grupo de documentalistas latinoamericanos y caribeños denunciaron la construcción mediática de un escenario para justificar una eventual agresión a Siria.
Realizadores de renombre mundial, como el chileno Miguel Litín y el boliviano Jorge Sanjinés, deploraron “el uso de la mentira y el engaño para lograr el consentimiento del mundo a este atentado a la vida y a la soberanía de los pueblos”.
El texto, divulgado por el sitio Rebelión.org, ha sido firmado por unos 70 cineastas de Venezuela, Argentina, Bolivia, Cuba, Perú, México, Costa Rica, Chile, Brasil, Nicaragua, Paraguay, Guatemala, Puerto Rico, Ecuador,
República Dominicana, Honduras y Colombia.
A su vez, hicieron un llamado a la conciencia humana para “vencer las fuerzas minoritarias pero poderosas, que no dejan transitar al mundo por el camino de la vida, la justicia y la paz”.
El pretexto del uso de armas químicas contra civiles es esgrimido por el gobierno de Estados Unidos para fundamentar un ataque contra la administración del presidente de Siria, Bashar al Assad.
El guión de esta película parece similar al empleado en guerras previas, una treta recreada desde el propio Hollywood por el filme “Wag the Dog”, sobre la manipulación mediática con fines políticos.
En el documento, los documentalistas alertaron sobre las ficciones que busca aquiescencia a una guerra de proporciones y consecuencias incalculables.
De entrada, los firmantes ponen en duda el uso de armas químicas por el Ejército sirio, ataque desmentido por múltiples argumentos, testimonios y confesiones incluso de los grupos opositores.
“Este ataque se sumaría a 33 meses de “guerra civil” auspiciada y pagada por potencias extranjeras, con el uso de mercenarios, que ha cobrado ya mas de 100 mil muertes”, prosigue el texto.
(Con información de Prensa Latina)
Clique no título e leia também...

Al menos una docena de muertos en tiroteo de Washington

16 SEPTIEMBRE 2013 13 COMENTARIOS
Por Deborah Charles y Phil Stewart
Policías acordonan los alrededores de un siitio donde hubo un tiroteo en Washington DC, cerca del Astillero Naval, el lunes 16 de septiembre de 2013. Un funcionario de defensa dijo que varias personas han muerto y otras resultaron heridas en el tiroteo. Foto: AP.
Policías acordonan los alrededores de un siitio donde hubo un tiroteo en Washington DC, cerca del Astillero Naval, el lunes 16 de septiembre de 2013. Un funcionario de defensa dijo que varias personas han muerto y otras resultaron heridas en el tiroteo. Foto: AP.
_______________________________________________________________________________

De...

...para a PressAA...

43º FDB - Como se preparar para ser um fornecedor da Petrobras
O Brasil está prestes iniciar de forma incisiva a exploração e produção de grandes reservas de petróleo e gás natural. Os impactos dessas atividades sobre a economia e o desenvolvimento do país poderão ser tão positivos quanto negativos. Isso dependerá da capacidade do país de direcionar os lucros do pré-sal para setores importantes ao desenvolvimento socioeconômico do país.
Essa edição da série de Fóruns de Debates Brasilianas.org abordará os elementos necessários para elevar o grau de participação de empresas nacionais na rede de fornecedores da Petrobras, com destaque para os desafios da indústria petroleira para atender as exigências do Conteúdo Local.

13h30: Credenciamento e Wellcome Coffe 

PROGRAMAÇÃO
14h00 Abertura: A Política industrial para a cadeia de petróleo e gás     
15h00 1º Painel: Os desafios tecnológicos no setor de Petróleo e Gás Natural
16h00 2º Painel: Os desafios para atender as exigências de Conteúdo Local
17h30: Encerramento

Data 26 de setembro de2013
Hotel Intercontinental
Alameda Santos, 1123 - Jardim Paulista - São Paulo
Informações e Inscrições pelo site www.advivo.com.br/seminarios
11 3667-2818 Ramal 24 ou eventos@advivo.com.br
Convite individual e vagas limitadas.



________________________________________________

Ilustração: AIPC – Atrocious International Piracy of Cartoons

________________________________________________


PressAA


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário