A APOSENTADORIA DO JOSÉ SERRA
Raul Longo

Encontrei no site do Azenha – www.viomundo.com.br uma série de sugestões de atividades muito atinentes ao espírito empreendedor de José Serra, para o pós-eleições. O autor daquela relação, muito preocupado com o futuro do tucano – não sem razão, pois sem o que fazer só abrem o bico pra dizer besteira (vide FHC) – ao final da lista solicita aos leitores que apontem outras sugestões, caso lhes ocorra alguma.
De fato ocorreu-me, mas por um problema da página ou algo que eu tenha digitado errado, não houve meio de enviar. Voltei lá para copiar aquela  relação aqui e, desajeitado que sou, não consegui encontrar mais.
No entanto, tomando como exemplo a persistência do próprio Serra (só falta candidatar-se a síndico) e por puro senso humanitário (outro FHC de bico aberto será tortura em massa!) insisto aqui em distribuir minha sugestão para o privatista preencher seu ócio futuro.
Não que necessite, evidentemente! É só ler o livro do Amaury Ribeiro, “Privataria Tucana”, para se verificar que o patriarca já garantiu a segurança financeira dos tataranetos da Verônica Serra. Mas se os tucanos não fazem nada além quando ocupam o governo, se além do nada forem alijados dos estipêndios públicos, comissões e desvios, vão todos abrir o bico!
Divulgue e entre nessa campanha altruística. Vá lá no Vi o Mundo e procure a página das sugestões de atividades para José Serra no pós derrota eleitoral no próximo outubro. Aqui faço minha parte:
Sugestão: Associar-se ao Ali Kamel numa indústria de Origami e no evento de inauguração convidar o perito Roberto Molina para um workshop sobre como transformar bolinha de papel em míssil teleguiado.