Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas. Clique na imagem acima.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

ALERTA e CHAMADA A LUTA: VETO PRESIDENCIAL 'debatido' a portas fechadas




  • tá feia a coisa. a outra parte do VETO a das MULTI NACIONAIS tá sendo 'debatida' a portas fechadas. pelo sorriso na foto o Natal vai ser BOM PARA POUCOS. e claro não estamos incluidos nesse poucos.

  • URGE lutarmos. O PETROLEO É NOSSO. Fora Muilti nacionais.

    E para ciência  fica o FATO:

    O primeiro político a levantar a questão dos royalties do petróleo no Brasil foi Leonel Brizola, quando do seu primeiro mandato de governador do Rio de Janeiro (1983/1987). À época o próprio jornal O GLOBO considerou a idéia correta para surpresa de muitos.

    O que acontece hoje é que os royalties pagos aos governos estaduais e transferidos às prefeituras, nem pelos estados e nem pelas prefeituras, têm se prestado à saúde, a educação, ao saneamento básico, a políticas de preservação e recuperação ambiental, nada disso. Servem a empreiteiras, às próprias companhias petrolíferas, aos que destroem os estados, as cidades, trazendo sérios prejuízos aos cidadãos.

    Há um fato grave nisso daí. A descoberta de petróleo em Anchieta, Espírito Santo, por exemplo, trouxe para cidade, um paraíso ecológico, um grande número de migrantes e nenhuma forma de abrigá-los foi gerada pelo governo estadual, pelo governo municipal, pelas empresas, ao contrário, foram vítimas da exploração costumeira que o capital faz ao trabalho, a população local viu a cidade ser destruída pelo "progresso", Anchieta hoje é apenas uma pequena sombra do que era, Anchieta hoje é a face visível do problema da predação ambiental produzida pelo petróleo. Os royalties, que deveriam servir para evitar essa situação, beneficiam as elites, apenas as elites.

    Esse é um fato pouco discutido, até porque o governo federal não exerce fiscalização sobre o uso desses royalties, os tribunais de contas estaduais são órgãos de faz de conta, almoxarifado de políticos em fim de carreira, de amigos dos governadores, de cabos eleitorais qualificados e nada fazem de concreto, quando fazem tocam apenas na superfície para dar sinal de vida, enfim, essa questão dos royalties precisa ser discutida de forma mais objetiva, ampla, com participação popular, com transparência no uso desses recursos, criando mecanismos legais para que de fato cumpram o seu papel, a sua razão de ser. 



    Importantes Links para esclarecimento:

    http://juntosomos-fortes.blogspot.com.br/2011/08/no-debate-dos-royalties-do-petroleo.html

    http://juntosomos-fortes.blogspot.com.br/2011/09/quadrilhasempresas-querem-o-pre-sal-o.html
  • Nenhum comentário:

    Postar um comentário