Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?

Como participar da campanha pela DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA?
LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA KIT COLETA Todo cidadão/cidadã pode buscar voluntariamente as assinaturas para o projeto. Disponibilizamos abaixo um kit com o material necessário para o diálogo nas ruas. Clique na imagem acima.

Seguidores

#naovaitergolpe

#naovaitergolpe
Acesse Frente Brasil Popular

terça-feira, 20 de agosto de 2019

XIX Bienal Internacional do Livro 2019 Riocentro -- Sessão de autógrafo do livro "Fronteiras da Realidade - Contos para meditar e rir... ou chorar"



A sessão de autógrafos do meu livro "Fronteiras da Realidade - contos para meditar e rir... ou chorar", na XIX Bienal Internacional do Livro no Rio de Janeiro, acontecerá no dia 02 de setembro, das 19h00 às 19h50, no estande da Chiado 
Editora, no Riocentro, Pavilhão Verde, N100. Espero vocês lá!

Livraria Martins Fontes Paulista tem o livro "Fronteiras da
Realidade - contos para meditar e rir... ou chorar" disponível em estoque. 
Entrega em 2 dias úteis para a cidade de São Paulo (para pedidos efetuados até as 11h; após este horário, entrega em 3 dias úteis).
Outras localidades:
- Grande São Paulo e Interior de SP: de 2 a 6 dias úteis
- Outras Capitais: de 2 a 6 dias úteis
- Interior de Outros Estados: de 5 a 15 dias úteis
- Os pedidos serão atendidos conforme a disponibilidade de estoque.
Clique AQUI e faça seu pedido.
Você também pode comprar por telefone:
11 2167-9900

***
PressAA

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Oração de São Cipriano para exorcizar fantasmas da alienação e destronar Bolsonaro, Moro, Dallagnol et caterva



A Igreja Batista do Bacacheri, em Curitiba, lançou campanha para que seus fiéis rezem pelo procurador Deltan Dallagnol, que está com os dias contados na lava jato.

Em mensagens que circulam nas redes sociais, membros da igreja dizem que o afastamento pode ocorrer na semana que vem e rogam por “um movimento de profunda intercessão”.



o texto que circula é o seguinte:
Pedimos suas orações pelo nosso irmão DELTAN Dallagnol Procurador Federal Coordenador da Operação Lava Jato (ele além Procurador Federal é membro da Igreja Batista do Bacacheri em Curitiba. O seu pastor é o Roberto Silvado que caminha conosco no GKPN junto com o Dr Elias Dantas. Os dois pediram hoje oração e intercessão intensa por ele.
Além dele estar sendo duramente atacado, agora a ofensiva se volta, também, contra seus pais. Existe um movimento intenso e vergonhosamente orquestrado para retirá-lo da coordenação da força tarefa na próxima semana. E HÁ UMA GRANDE POSSIBILIDADE DISSO ACONTECER AINDA NA SEMANA QUE VEM!!!
Vamos fazer um movimento de profunda intercessão. Vamos mobilizar nossos conhecidos a se articularem nas mídias sociais através de hashtags como #DeltanNaLavaJato, #EuConfioNoDeltan.
***
Oração de São Cipriano para exorcizar fantasmas da alienação e destronar Bolsonaro, Moro, Dallagnol et caterva

Por São Cipriano Atroz



Eu, Cipriano Atroz, servo do Deus destronado, fiel aos seus princípios, a quem amo de todo o meu coração, garanto que me pesa por vos amar vivendo num mundo de alienação, onde mais vale um pássaro na mão do que dois voando.

Porém reconheço que vós, meu Deus marginalizado mas eternamente meu Senhor, sempre vos lembrastes deste vosso ingrato servo Cipriano Atroz, que durante a primeira infância foi amigo-irmão do teu filho unigênito, Jesus, mas que, na sucessão de minhas pueris etapas existenciais, da segunda infância até esta velha infância atualmente vivida, passou a considerá-lo tão somente um “boa-praça”, aquele de quem a gente só se lembra quando os falsos amigos, que são os verdadeiros inimigos, mostram o pau com que matam as lombrigas que incomodam suas panças.

Agradeço-vos, meu Deus latente, de todo o meu coração, os benefícios que de vós sempre recebi durante toda a minha existência, mesmo que de forma clandestina, como eu sempre gostei, porém acanhado, para que ninguém soubesse que sou teu seguidor. Pois agora, ó Deus das criaturas pueris, dai-me força e fé para que eu possa desligar tudo quanto involuntariamente liguei, aquilo que equivocadamente invoquei, sempre em vosso santíssimo nome, mas nem sempre com uma santificada intenção.

É certo, ó Deus do banco de reserva, que me declaro vosso verdadeiro servo e vos considero titular, dizendo-vos: “Deus, forte e poderoso, que morrestes no cadafalso de Curitiba, onde o Deus em exercício tinha altar banhado a ouro, como os templos da Bahia e Minas, louvado sejais para sempre!” (Atire contra o espelho um bibelô dourado em forma de bezerro.)

Ó Deus relegado ao posto de quebra-galho, vós vistes as malícias deste vosso servo Cipriano Atroz, as tais malícias pelas quais fui conduzido durante uma eternidade relativa, debaixo do poder golpista de (citar o primeiro nome que assomar à sua atrofiada mente), quando eu ainda não tinha noção do que representava o vosso santo nome e ligava as mulheres a delicioso “pecado”, ligava as nuvens do céu à realidade celestial, ligava a imensidão das águas do mar a reles tsunamis. Vós bem sabeis que, pelas minhas malícias, minhas pequenas e grandes malícias, ligava as mulheres prenhes à “irresponsabilidade” de pobre parir, e tantas outras ligações que fiz entre preconceitos e conveniências, sempre em teu nome, sem notar que Belzebu usava as mais sutis das camuflagens para assumir a tua imagem, e eu caía aos pés daquele altar como um esperto otário feliz.

Agora, ó Deus em mim redivivo, que durante muitos anos foi colocado na condição de Deus alternativo, está na hora de Vós serdes reconduzido ao trono, desmascarando culpados pela nova ordem universal ditada pelo Deus em exercício e operada pelos seus capachos, vampiros travestidos de anjos barrocos. Invoco o teu esconso poder, a fim de que sejam desfeitas e desligadas as bruxarias e feitiçarias, venham das máquinas ou do corpo dessas maquiavélicas criaturas: Sérgio Moro e Deltan Dallagnol (cite o nome de quem mais você acaba de se lembrar). Pois vos chamo, meu Deus escanteado, para que, com o teu poder, rompais todos os ligamentos dos homens e das mulheres com as ideias macabras desses estúpidos falsos semideuses.

Caia a chuva da verdade sobre cabeças pensantes, para que as mulheres tenham seus filhos, e eles estejam livres de qualquer ligamento atroz. Desligue o mar de hipocrisia, para que os pescadores possam pescar a verdade. Livres de qualquer perigo. Desligue toda estupidez que está conectada a estas desencaminhadas criaturas (cite-as desembestado, durante um minuto, e pare, porque é gente pra caramba!). E eu desligo, desalfineto, rasgo e desfaço tudo que esteja se lambuzando em algum poço profundo de minha mente. Não como num passe de mágica, mas gradativamente, amadurecendo, aprendendo a viver minha última infância.

Se necessário for, resgato os monstros que no meu coração se afogam, transformando-os em garimpeiros-ourives a garimpar cascalhos e lapidá-los, criando estátuas que se derreterão ao sol, quando finalmente serão desfeitos todos os males ou maus feitos, feitiços, encantamentos ou superstições, além de destruir as artes diabólicas que fui capaz de realizar de forma inconsciente, descontrolada e irracional, ou aquelas que simplesmente utilizo de forma igualmente alienada.

O reinado do senhor das trevas está chegando ao fim. 


Não mais existirão igrejas caça-níqueis. Não mais existirão canalhas fantasiados de homens de bem. Não mais existirão rampeiras travestidas de santa, nem santa decaída se esbaldando em bordel.  

Finalmente, Vós sereis reconduzido ao trono, ó Deus verdadeiro

Amém.

Fonte de inspiração: O verdadeiro Livro de São Cipriano)

____________________

Ilustração: APIC - Atrocious International Piracy of Cartoons


PressAA

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Greengowald é o Sol, que vive a brilhar! Greengowald é a liderança que nós vamos coroar!


Greengowald é o Sol, que vive a brilhar!
Greengowald é a liderança que nós vamos coroar!



Trunk liga pro Bozo...

─ Alô, meu amo!
 É o Bozo?
─ Sim, meu amo, é este seu criado, às suas ordens!
 Preste bem atenção!
 Tô de antena ligada, meu amo, pode falar.
 Finalmente concluímos o plano para acabar com a liderança do Lula.
 Eu sabia, meu amo! Nin Trunk uí nóis Trunstik.
 Que merda você quis dizer com isso?
 Nóis cunfia em vossa míster Trunk excelência, meu amo!
 Pare de me chamar de meu amo, seu vira-lata!
 Sim, meu amo, vou parar! Mas me fale do plano pra acabar de uma vez por todas com a liderança do molusco!
 A primeira coisa que você e Toro têm que fazer é prender o Greengowald...
 Prender o Greengowald?!
 Isso mesmo, prender o Greengowald.
 Isso é fácil, com a vossa permissão, a gente joga o sujeito em Bangu, numa cela de estupradores que estão no seguro.
 Você tá doido, seu demente! Eu pensava que você era apenas um idiota, mas é um verdadeiro aloprado!
 Desculpe, míster Trunk, perdão, excelência, eu pensei que...
 Pensou?! Ora, você não foi colocado aí pra pensar, babaca, mas somente pra cumprir ordens.
 Às suas ordens, meu Trunk amo! Desculpe, eu quis dizer te amo... Mas continue, fale mais do plano pra acabar com a liderança do... é... desculpe a má palavra, é... do Lula. O que tem a prisão do Greengowald a ver com o fim da liderança do naine, como Toro chama o molusco?
 Nine? Por que o Toro chama Lula de Nine?
 Naine né nove em inglês?!
 Sim, e daí?
─ Toro se refere ao fato de que o molusco só tem nove dedos.
 Ah, sei, entendi. Mas vamos ao que nos interessa. Nós aqui estamos acompanhando a evolução da liderança de Greengowald sobre as esquerdas aí no Brasil.
 Até aí, tô entendendo...
 Você se lembra do dia em que o Lula foi preso? A multidão tentando barrar a ação da polícia, os discursos, as negociações para ele se entregar sem qualquer confronto das forças de segurança com o povo...
 Eu já havia esquecido, mas, se vossa mister excelência quer que eu me lembre, eu me lembro!
 Estamos sabendo que está programado, para o dia 13, um grande protesto contra seu governo. Nosso plano é o seguinte, já que as militâncias políticas de esquerda estão protegendo o Greengowald, como aconteceu em Parati e na ABI, você vai prendê-lo no dia 13, arrancar o nosso Greengowald do meio do povo, deixando pra trás muita gente ferida, sangrando e, se possível, uma meia dúzia de presunto no asfalto!
 Perfeito! Entendi perfeitamente! O molusco foi preso sem um tiro, sem uma cacetada, nem mesmo um grito de teje preso! Foi tudo muito fácil! Mas agora, no caso do Greengowald, vai ser uma batalha...
 É, você não é tão burro assim. Tá ficando esperto...
 Peraí! E depois, o que a gente faz com o Greengowald? Leva ele pra onde?
 Ora, pra carceragem da Polícia Federal no Rio de Janeiro. O resto fica por nossa conta...
 Como assim?
 Vamos fazer a multidão invadir a Superintendência da Polícia Federal e tirar o Greengowald de lá. Vai ser uma coisa tipo Queda da Bastilha. Enquanto isso, vocês transferem o Lula pra Tremembé...
 Tremembé?
 Isso mesmo. Cela comum, coletiva, daquelas que não cabe mais ninguém com mais de cinquenta quilos. E agora, entendeu o plano? Entendeu que, assim, Greengowald assume a liderança das esquerdas no Brasil, e o Lula cai no esquecimento...
 Perfeito, míster Trunk das Américas! Perfeito, excelência! Já tô ouvindo a multidão gritar "Greengowald é o Sol, que vive a brilhar! Greengowald é a liderança que nós vamos coroar!"


***

PressAA

Ilustração: AIPC - Atrocious International Piracy of Cartoon

domingo, 11 de agosto de 2019

Gravata indecente


Gravata indecente

por Fernando Soares Campos




── Porra, cara! tu deverias ter sido eleito o canalha do ano!
── Quem dera! Não estou com essa bola toda! 
── A meu ver, na condição de ministro desse governo, ainda não pintou ninguém que chegue nem perto do teu cinismo! 
── Acho que você está desinformado, tem outros aí muito bons, mas, em todo caso, obrigado, tenho me esforçado para ser o melhor. 
── E tua mulher?! Puta que pariu! Não deve existir outra fêmea mais cretina! 
── Um clone da mãe! 
── É verdade, ninguém pode negar as semelhanças.
── Velha esperta aquela, enterrou cinco maridos ricos.
── E teus filhos? Como estão indo os teus filhos? 
── Ih! você até me fez lembrar de que preciso pagar à empreiteira que está fazendo as reformas aqui em casa. 
── O que tem o cu a ver com as calças? Perguntei pelos teus filhos. 
── É que estou instalando grades nos corredores a fim de dificultar o acesso deles ao meu quarto. Vá que, de uma hora pra outra, aqueles safados resolvem me matar. O prevenido morreu de velho. 
── Pelo visto tu morrerás mesmo é velhaco. 
── Cada um faz por merecer sua velhacaria em paz. 
── Quais os teus planos para o ano novo? 
── Você já estabeleceu a minha meta...
── Eu! 
── Sim, você, eu quero ser eleito o canalha do ano! 
── Mas fala um pouco dos teus filhos. 
── Bom, você sabe que estou dando um duro danado pra fazer de um deles o meu sucessor. 
── Pelo visto o mais novo está bastante desencaminhado... dá uns ares de bom moço.
── Ora! são arroubos da juventude, isso passa, deixa o menino se divertir. Todo mundo sabe como essas coisas funcionam... hoje, revolucionário; amanhã, reacionário... 
── É verdade, me lembrei de que tu foste vice-presidente do Centro Acadêmico. 
── Lembrou-se?! Pois eu nem me lembrava mais disso. 
── Olha, faltam apenas dois minutos para a virada do ano. 
── Tem razão, vou descer, estão todos me esperando no deque da piscina.
── Será que aquele viadinho colunista social veio? 
── E por acaso aquele fresco perde um réveillon aqui em casa?! 
── Nem ele nem aquele deputadozinho corrupto. 
── O canastrão Global Tucão d'Loca também não. 
── E a piranha da tua secretária? 
── Essa não pode faltar, já virou tradição, no final da festa ela vem aqui pro quarto e me faz o primeiro boquete do ano. Você vai ver. Sai daqui correndo, vai levar o cheque pro marido. 
── Olha a hora, agora só faltam dois minutos pra virada! 
── Tou indo, tou indo... Tchau!
Saiu do quarto apressado.
── Ei! volta aqui, tu não arrumaste a gravata! ── gritou o espelho, mas ele já não podia ouvi-lo.
No jardim, sua mulher o recebeu com um largo sorriso, porém observou que a sua gravata estava desalinhada. Tentando ajeitá-la, ela falou:
── Querido, essa gravata está indecente!

***

PressAA

Ilustração: AIPC - Atrocious International Piracy of Cartoon

quinta-feira, 8 de agosto de 2019

Glenn Greenwald, Julian Assange e Edward Snowden - O show continua




Glenn Greenwald, Julian Assange e Edward Snowden - O show continua

por Fernando Soares Campos

As agências de espionagem não perdoam, matam!

Mas Glenn Greenwald está vivinho da silva e bem na fita com a esquerda brasileira. 

Greenwald é a glória de Moro, Dallagnol, Bolsonaro et caterva.

Greenwald é o FHC que saiu do frio e nunca vai entrar numa fria.

Glenn Greenwald foi e continua sendo perseguido, ameaçado nos Estados Unidos? Não parece.

O papel de perseguidor de Glenn Greenwald ficou por conta do teatro dos horrores brasileiros.

Enquanto isso...

Jeremy Hammond está na cadeia

Jeremyhammond.jpg
Aaron Hillel Swartz no cemitério


 "Se não fosse ele [Edward Snowden] e a rede de informações filtradas através de Glenn Greenwald, Laura Poitras e Barton Gellman, as exorbitâncias do programa de vigilância da NSA, executado com a cumplicidade das maiores empresas da internet, jamais teriam chegado ao conhecimento público , Laura Poitras e Barton Gellman, as exorbitâncias do programa de vigilância da NSA, executado com a cumplicidade das maiores empresas da internet, jamais teriam chegado ao conhecimento público". ("Os rebeldes da banda larga", Observatório da Imprensa, por Sérgio Augusto em 31/12/2013)

Se é assim, por que Glenn Greenwald tem trânsito livre nos Estados Unidos, enquanto Julian Assange e Edward Snowden são perseguidos de maneira ferrenha? Assange está preso e Snowden exilado na Rússia.

Colocar Glenn Greenwald, Julian Assange e Edward Snowden no mesmo saco de todos os acusados de vazamento de “ciber-documentos” e denúncias contra o governo e empresas dos Estados Unidos e seus parceiros mais graduados é fazer o jogo do “todos são iguais”. A mídia empresarial não se ocupa de muitas outras pessoas que estão em condições semelhantes mundo afora. Por que tanto interesse em falar desses de forma que ninguém sabe quando estão defendendo ou acusando? Por que esses viraram estrela e até continuam em perfeita liberdade, como Glenn Greenwald? (As agências de espionagem não perdoam, matam).

O que Glenn Greenwald quer dizer com “auto-exílio”? Se algum deles assumir que optou por um tal de “auto-exílio”(Que droga é isso?!), estará dizendo que em seu país de origem não sofria perseguição, apenas discordavam da ilegalidade nas operações de monitoramento ilegal, que eles usaram, usam e abusam para fazer “ciber-ativismo”, “ciber-libertação”(?). Pede exílio quem se sente ameaçado, quem é realmente perseguido, quem está na iminência de ser violentado. Afinal, Glenn Greenwald foi e continua sendo perseguido, ameaçado? Não parece.


Por que pregar uma tal de “ciber-desobediência civil”, se não podem ou não têm culhões para pregar e praticar a desobediência civil no dia-a-dia, objetivamente, discordando de leis injustas? 

Enquanto Intercept de Glenn Greenwald, aliado à velha mídia golpista, distrai a militância com o show da Vaza Jato, e o desgoverno entreguista de Bolsonaro ataca os trabalhadores, destrói a previdência pública, colocando-a na privada.

Perfis e trechos extraídos de Wikipédia:

 Jeremy Hammond (nascido em 8 de janeiro de 1985), ativista americano foi preso por agentes do FBI no bairro de Bridgeport em Chicago por ações relacionadas ao vazamento de e-mails da Stratfor em 2012–13 . A acusação foi revelada no dia seguinte no tribunal do distrito federal de Lower Manhattan . Ele é um dos seis indivíduos dos Estados Unidos, Inglaterra e Irlanda indiciados. 

Aaron Hillel Swartz (Chicago8 de novembro de 1986 – Nova York11 de janeiro de 2013) foi um programador estadunidense, escritor, ativista político e hackativista. Um dos criadores do feed RSS e cofundador do Reddit e da organização ativista online Demand Progress. Swartz foi um dos arquitetos das licenças Creative Commons (CC). Sua contribuição não se resume ao plano técnico. Era membro do Centro Experimental de Ética da Universidade Harvard e também se tornou um notório ativista pela democratização da informação na web, manifestando-se contra projetos de lei, tais como o Stop Online Piracy Act (SOPA).
Na noite de 11 de janeiro de 2013, Swartz foi encontrado por sua parceira, Taren Stinebrickner-Kauffman, morto em seu apartamento no Brooklyn. Uma porta-voz dos Examinadores Médicos de Nova York informou que ele havia se enforcado. Nenhuma nota de suicídio foi encontrada. A família de Swartz e sua parceira criaram um site memorial em que se emitiu uma declaração, dizendo: "Ele usou suas habilidades prodigiosas como um programador e tecnólogo não para se enriquecer, mas para tornar a Internet e o mundo mais justos e um lugar melhor".
Dias antes do funeral de Swartz, Lawrence Lessig elogiou seu amigo e algum cliente em um ensaio, como o "Procurador Bully". Ele denunciou a desproporcionalidade da acusação de Swartz e disse: "A questão que este governo precisa responder é por que foi tão necessário que Aaron Swartz seja rotulado como um" criminoso". "Para os 18 meses de negociações, que era o que ele não estava disposto a aceitar". Cory Doctorow, escreveu: "Aaron teve uma combinação imbatível de visão política, habilidade técnica e inteligência sobre as pessoas e os problemas. Eu acho que ele poderia ter revolucionado a política americana (e mundial). Seu legado ainda pode fazê-lo."

***


PressAA

Ilustração: AIPC - Atrocius International Piracy of Cartoons

.

quarta-feira, 1 de maio de 2019

Todas as ciências relacionam-se filosoficamente entre si. Lógico!



Todas as ciências relacionam-se filosoficamente entre si. Lógico!

por Fernando Soares Campos (*)

A Associação Nacional de Pós-graduação em Filosofia (ANPOF) e associações abaixo mencionadas repudiam veementemente as falas recentes do atual presidente da república e de seu ministro da educação sobre o ensino e a pesquisa na área de humanidades, especificamente em filosofia e sociologia.
As declarações do ministro e do presidente revelam ignorância sobre os estudos na área, sobre sua relevância, seus custos, seu público e ainda sobre a natureza da universidade. Esta ignorância, relevável no público em geral, é inadmissível em pessoas que ocupam por um tempo determinado funções públicas tão importantes para a formação escolar e universitária, para a pesquisa acadêmica em geral e para o futuro de nosso país.
O ministro Abraham Weintraub afirmou que retirará recursos das faculdades de Filosofia e de Sociologia, que seriam cursos “para pessoas já muito ricas, de elite”, para investir “em faculdades que geram retorno de fato: enfermagem, veterinária, engenharia e medicina”.
Leia completo AQUI 
Na quinta-feira, 25/4, quando da live semanal com Bolsonaro e Cia, o atual ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse que, às crianças e aos jovens estudantes, as escolas devem ensinar “Primeiro, habilidades de poder ler, escrever e fazer conta. A segunda coisa mais importante: um ofício que gere renda para a pessoa, bem estar para a família dela e que melhore a sociedade em sua volta”.
Estudar e praticar as ciências que exigem habilitação em qualquer ramo da matemática, que seja uma simples operação aritmética, ou que envolva álgebra, geometria, finanças, estatística, probabilidade, podendo ser aplicada a uma atividade relacionada com a física, química, geografia, engenharia, economia, entre tantas outras matérias, exige o desenvolvimento de raciocínio lógico. E o caráter lógico da matemática relaciona esta matéria, intrinsecamente, à essência do pensamento filosófico.
Quais as chances de alguém se tornar, por exemplo, físico, químico ou matemático, alcançando o grau de cientista, estudando tão somente matérias das denominadas áreas de ciências exatas?
Acredito que ninguém pode exercer sua capacidade analítica, na busca pelo conhecimento, em qualquer área do saber, prescindindo de qualquer dos processos cognitivos, tais como: percepção, atenção, memória, imaginação, associação, raciocínio, juízo e linguagem. Isso vale para a elaboração de princípios éticos ou para a resolução de equações matemáticas.
Em qualquer processo racional, os elementos que compõem a função cognitiva atuam solidariamente entre si, sem a exclusão de qualquer deles.

Todas as ciências são exatamente humanas

As ciências podem realmente ser identificadas em separado, classificadas em campos distintos, tais como humanas e exatas?
Creio que uma ciência só poderia ser tratada como “exata” se não houvesse mais qualquer possibilidade de evolução do conhecimento que faz de si uma ciência.
Alguém que detenha um bom nível de conhecimento em áreas diversas poderia dizer que não há mais nada a acrescentar ou corrigir em (citando apenas alguns exemplos) física,  química, engenharia ou tecnologia da informática? Creio que não. Portanto, em nenhuma dessas matérias, não há nada exato, rigorosamente preciso ou perfeitamente infalível. Se não há verdade absoluta, não podemos atribuir a qualquer ciência a qualificação de exata.
Ensine alguém apenas a “ler, escrever e fazer conta”, como querem o ministro da Educação e o presidente da República, e obtenha uma gramática e uma tabuada de carne e osso.
Negando ao estudante o direito ao desenvolvimento intelectual, que é obtido por meio essencialmente filosófico, resta-lhe apenas o papel de um “aplicativo”, um software humano utilizado como corretor ortográfico, ou para sugerir formas sintáticas, além de servir de calculadora andante, enfim, um androide, um ser frio, que só responde a estímulos externos, incapaz de pensar por si próprio.
Imagine Albert Einstein elaborando a Teoria da Relatividade, despojado de interesses e elementos filosóficos. Imaginou? Pois nem próprio Einstein, que afirmava ser a imaginação mais importante que o conhecimento, conseguia imaginar a separação entre as ciências ditas exatas e a filosofia. 

“Einstein defende que, quando se trata de questões polêmicas, um físico não pode, simplesmente, submeter a interpretação de sua teoria a um filósofo, ele mesmo precisa ser um deles. Para ele, o conhecimento de filosofia proporciona ao cientista uma independência de julgamento que o permite decidir com mais propriedade sobre seus fundamentos teóricos (Howard, 2005).”  (Trecho extraído de “A SUPOSTA MUDANÇA EPISTEMOLÓGICA DE ALBERT EINSTEIN” − Gustavo Henrique Moraes e Ricardo Avelar Sotomaior Karam − Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC.)
 Se as escolas tiverem o exclusivo objetivo de preparar pessoas para o mercado de trabalho, promovendo-lhes conhecimentos para uso prático, poderemos formar técnicos e engenheiros, enfermeiros e médicos, biólogos, químicos e seus respectivos auxiliares, todos extremamente importantes para o desenvolvimento social e econômico de uma nação. Entretanto, nessas condições, ficaríamos eternamente dependentes dos cérebros pensantes, produtores de conhecimento, pois não se forma cientistas com elementos que simplesmente sabem interpretar plantas, fazer contas e escrever relatórios, ou identificar fórmulas, ministrar medicamentos e cuidar de pacientes. Estes precisam estar permanentemente atentos ao cumprimento de regras e preceitos estabelecidos por aqueles que observaram comportamentos, ações e reações, de forma sistemática e objetiva, ou seja, cientificamente, até concluir sobre os procedimentos a serem adotados pelos que se prepararam apenas para executá-los.
Não se pode conceber um indivíduo pensante cujo pensamento limita-se ao estreito universo de sua formação profissional. Assim sendo, se um cientista atuante em qualquer área do conhecimento necessita de embasamento filosófico, ao filósofo é obrigatório possuir conhecimentos básicos nas diversas áreas científicas, podendo aprofundá-los em algum campo de seu interesse intelectual.
Quando Einstein afirmou que “em momentos de crise, só a imaginação é mais importante que o conhecimento”, ele não diminuiu − muito menos negou − a precípua importância do conhecimento para a ampliação das verdades conhecidas. Ele certamente estava se referindo à imaginação como o veículo propulsor do conhecimento.
Há muitos anos digo para os meus filhos que, mais importante que ter muito conhecimento, é saber empregar o conhecimento que se tenha, seja muito ou pouco, até porque os conceitos de muito e pouco são, einsteinianamente falando, relativos.

Inter e transdisciplinaridade das universidades

O presidente da República e seus colaboradores diretos têm obrigação de saber que, quando falamos de conhecimento, estamos falando também de valor agregado a tudo que produzimos.
Segundo Gerhard de Haan, membro do InstitutFutur, de Berlim, "Nos novos setores da economia, os preços são ditados pelo conhecimento. De cada vez que compramos um computador ou um medicamento, 70% a 80% do seu preço corresponde ao conhecimento científico, ao know-how que foi aplicado nesse produto". Confira AQUI
A universidade é uma instituição de ensino superior que deve funcionar sempre sob sistemas inter e transdisciplinares. Portanto, se limitarmos o conhecimento a qualquer área do ensino formal, reduzindo e até eliminando investimentos em alguma delas em favor de outras, empobreceremos a nossa produção de bens e serviços. Assim, mesmo os produtos industrializados que exportarmos terão as características das nossas commodities de mais baixo valor agregado, visto que, à nossa produção industrial, adicionaremos muita mão de obra autóctone, mas com o conhecimento importado, tecnologia sujeita a pagamento de royalties a quem detém sobre esta a propriedade intelectual patenteada, mesmo sobre aquilo que um dia foi desenvolvido em território nacional e entregue de mão beijada ao capital apátrida,  pelos vendilhões da Pátria.

(*) Fernando Soares Campos é escritor, autor de "Fronteiras da Realidade" - Contos para meditar e rir... ou chorar - Chiado Editora - Portugal - 2018 

.

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Alagoas tem CSA na Série A do Brasileirão, com Marta na torcida, e Turismo de Primeira Classe



Alagoas tem CSA na Série A do Brasileirão, com Marta na torcida, e Turismo de Primeira Classe

por Fernando Soares Campos(*)

O CSA - Centro Sportivo Alagoano -, clube centenário, conquistou mais que o simples acesso à Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol, o Brasileirão: fez uma escalada inédita no futebol nacional, partiu da Série D e, em 3 anos consecutivos (2016/17/18), chegou à Série A, um resultado nunca antes obtido por outra equipe desde que foi estabelecida a fórmula de disputa por séries.

Em 2019, o CSA estará compondo o quadro formado pela elite dos clubes brasileiros e disputando o principal certame nacional. Daí, se a equipe continuar nesse ritmo de ascensão, o Azulão, como é carinhosamente tratado pela sua torcida, pode chamar a atenção do mundo esportivo ao conquistar uma vaga entre os representantes brasileiros na Copa Libertadores da América. Que ninguém duvide, pois o clube que tem a jogadora Marta como “talismã” tem suas chances aumentadas.  

A conquista histórica do CSA, passando a ocupar posição na elite do futebol nacional, contou com a participação ativa de sua mais ilustre torcedora, a jogadora Marta, alagoana de Dois Riachos, município do Médio Sertão Alagoano, eleita pela FIFA, seis vezes, a melhor do mundo. Marta acompanha todos os movimentos do clube como se estivesse cumprindo um juramento matrimonial: “Eu, Marta, recebo a ti, CSA, como meu legítimo clube. Prometo ser fiel, amar-te e respeitar-te, na alegria e na tristeza, na vitória e na derrota, por todas as partidas da nossa vida". 

Ela esteve presente em Caxias do Sul (RS), no sábado (24), quando da vitória que carimbou o acesso do clube à Série A do Brasileirão. Marta acompanhou os principais jogos do Azulão no estádio Rei Pelé, em Maceió, e não poderia faltar à final da Série B, partida decisiva contra o Juventude. Ela foi até o estádio Alfredo Jaconi e conferiu a goleada: CSA 4 x 0 Juventude, o que gerou festivas comemorações na capital alagoana durante todo o final de semana.

Curiosidades

Você sabia?

Luiz Felipe Scolari, Felipão, chegou ao CSA em 1981, clube no qual conquistou o seu primeiro e único título como jogador. Ele era o capitão do time e, após a saída do então treinador, Walmir Louruz, assumiu as funções de treinador da equipe. 

O cantor Djavan, alagoano de Maceió, ainda muito jovem, jogou no CSA. Ele tinha tudo para crescer como futebolista, mas preferiu a carreira musical. Como diria Benito Di Paula: "Seria muito bom, seria muito legal, se cantor ou compositor pudesse ser ator e jogador de futebol".

Além de futebol e boa música, o que mais tem Alagoas? 

O litoral alagoano é comparado ao que de mais belo possa existir no Mar do Caribe. Tal semelhança faz com que a região seja intitulada de "Caribe Brasileiro". Somente Maceió conta com quarenta quilômetros de orla deslumbrante. Em todo o Estado, situa-se a Costa dos Corais, a segunda maior barreira de corais do mundo, onde se pode apreciar as belezas paradisíacas das praias dos litorais norte e sul do Estado e desfrutar das piscinas naturais e da pureza de suas águas cristalinas, em diversos tons azulados e esverdeados. Além da semelhança com as praias caribenhas, também caberia denominações como "Polinésia Atlântica", "O nosso Tahiti", ou mesmo dizer como na música de Caetano: "O Hawaí, seja aqui, tudo o que sonhares". 

Confira as imagens assistindo ao clip da música "Minha Sereia", interpretada pelo cantor-compositor alagoano Carlos Moura: 

Minha Sereia
Mergulhar no azul piscina
No mar de Pajuçara
Deixar o sol bater no meu rosto
Ai que gosto me dá

Mergulhar no azul piscina
No mar de Pajuçara
Deixar o sol bater no meu rosto
Ai que gosto me dá

E as jangadas partindo pra o mar
Pra pescar, minha sereia
Maceió, minha sereia
Maceió, minha sereia

Para assistir ao vídeo e ouvir a música, clique AQUI 

A orla principal de Maceió, com extensão de cerca de seis quilômetros, é formada pelas praias de Pajuçara, Ponta Verde e Jatiúca. Nessa região concentram-se os melhores a mais modernos hotéis da cidade, além dos concorridos quiosques de praia e os melhores restaurantes, onde se serve desde as bebidas de marca internacionalmente conhecidas até cachaças artesanais de alta qualidade. Também é aí que se encontram tradicionais delícias gastronômicas: camarão, tapioca, petiscos de frutos do mar, sururu ao leite de coco, peixes, ou mesmo carne de sol com queijo de coalho, tudo especialmente preparado à maneira nordestina. 

Onde se hospedar?
Ponta Verde é praia protegida por barreiras de corais. Nos dias em que os ventos estão mais fortes, torna-se favorável a prática de esportes náuticos como windsurf, caiaque e stand up paddle, também conhecido como SUP, que consiste em remar em pé em cima de um pranchão, deslizando sobre as águas mornas e cristalinas do mar de Maceió.
O Holiday Inn Express Maceió é uma das melhores opções de hospedagem na capital alagoana. Localizado a apenas 150 metros da Praia de Ponta Verde, o hotel oferece acomodações confortáveis com WiFi gratuito, acesso à piscina, ao terraço e à academia. No café da manhã, incluso no preço da diária, é servido um bufê completo, suficiente para o hóspede começar o dia bem disposto.  
Confira todas as vantagens de se hospedar no Holiday inn Express Maceió.
Para reserva, clique Aqui 
(*)Fernando Soares Campos é escritor, autor de "Fronteiras da Realidade - contos para meditar e rir... ou chorar" - Chiado Editora - Portugal - 2018. 

.